Mais porrada

Globo vai transmitir revanche de Anderson Silva no UFC

Jeff Hedges/UFC
Anderson Silva diante de Chris Weidman na luta de 6 de julho, quando perdeu cinturão dos pesos-médios
Por DANIEL CASTRO, em 01/11/2013 · Atualizado às 11h53

[Texto originalmente publicado em 29/10/2013 - 6h]

A Globo conseguiu negociar com o UFC e vai transmitir a revanche de Anderson Silva contra Chris Weidman pelo título mundial de pesos-médios, a ser disputado em Las Vegas em 28 de dezembro. Em julho, o principal nome brasileiro do MMA perdeu para Weidman.

A TV por assinatura, no entanto, terá prioridade. A Globo irá exibir a luta com atraso de meia hora, o que privilegia o canal de pay-per-view Combate, da própria Globo.

No último domingo, o Notícias da TV revelou que a Globo travou nas últimas semanas intensa luta de bastidores para transmitir a revanche de Anderson Silva. A emissora já tinha esgotado sua cota de transmissões de eventos do UFC neste ano.

A reportagem mostrou que a entrada da TV Globo na parceria com o UFC, em 2012, multiplicou por 12 o número de assinantes do canal Combate. O canal tinha então cerca de 30 mil assinantes. Hoje, são mais de 360 mil.

O UFC também disparou. Suas receitas no Brasil saltaram de US$ 6 milhões para US$ 130 milhões. 

Compartilhe:

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links.

Outubro arrepiante

A campanha Outubro Arrepiante, criada pelo canal pago Space para divulgar a programação especial com filmes de terror, foi o sétimo vídeo brasileiro mais visto do YouTube. Desde o lançamento, em 1° de outubro, até esta segunda (24), acumula 1,9 milhão de acessos. Assista à campanha do Space: