CARNAVAL COM ROUPA

Globeleza sambando nua é herança da escravidão, afirma feminista

Reprodução/TV Globo

Vestida, a Globeleza Érika Moura dança frevo na nova vinheta de Carnaval da Globo - Reprodução/TV Globo

Vestida, a Globeleza Érika Moura dança frevo na nova vinheta de Carnaval da Globo

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 10/01/2017, às 05h40

A vinheta do Carnaval Globeleza deste ano, em que a paulistana Érika Moura aparece vestida e dançando outros estilos além do samba, dividiu a internet. Para a cientista social Carla Cristina Garcia, professora de Estudos Feministas da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), a emissora agiu corretamente ao encerrar um ciclo, iniciado em 1991, em que a personagem sempre apareceu nua.

"Eu não acho apenas que a Globo acertou, ela demorou a vestir a Globeleza", defende. "Não tinha mais como não vestir e passar mais um ano cedendo aos estereótipos da mulher negra sambando nua. Utilizar o corpo da mulher negra como sinônimo de cultura brasileira é uma herança do tempo da escravidão, que já deveria ter sido abandonada há tempos".

Autora dos livros Breve História do Feminismo e "Ovelhas na Névoa: Um Estudo Sobre as Mulheres e a Loucura, a professora diz ainda que a emissora, pela importância que tem, precisa dar o exemplo para mudar a mentalidade dos brasileiros. "É uma forma de começar a parar com essa hipersexualização das mulheres. Vestir a Globeleza é o primeiro passo para parar com isso de uma vez por todas", afirma.

Para quem tem se mostrado contrário à vinheta, acusando a Globo de se render ao politicamente correto, a professora não poupa palavras: "Não dá para prestar atenção nessas pessoas. É o mesmo tipo de gente ignorante que acredita em racismo inverso, que os heterossexuais são oprimidos e que machismo e feminismo são termos sinônimos".

Segundo a Globo, a vinheta é fruto de muito estudo. "Já há algum tempo estudamos uma maneira de enriquecer a vinheta com outros ritmos que compõem o rico Carnaval brasileiro, que espelhassem a festa que toma conta do país. Chegamos a esse formato que reúne o já tradicional Carnaval de avenida, com símbolos e elementos do frevo, do axé, do maracatu e do bumba-meu-boi, para celebrar a diversidade e a riqueza da festa. O figurino é apenas uma dessas ferramentas. Pela repercussão, podemos dizer que o público está entrando nessa festa conosco", afirmou emissora ao Notícias da TV, via nota de sua área de Comunicação.

"A repercussão que temos é altamente positiva. Até porque o Carnaval é uma festa popular, vanguardista, inclusiva, contestadora. Ampliamos o conceito de Carnaval Globeleza incluindo os outros ritmos que fazem parte da diversidade cultural do Brasil e trazendo para a vinheta o clima de festa que toma conta do país", completa.

reprodução

Érika Moura na nova vinheta, que traz maracatu, axé, frevo, bumba-meu-boi e samba

Aposta na regionalidade
Em comunicado divulgado à imprensa, a Globo informa que a vinheta deste ano é diferente para representar a diversidade da folia pelo país. “Estamos sempre pensando em novidades e agora apostamos na regionalidade, nos diferentes carnavais e em nossa cultura para enriquecer a vinheta com os ritmos que compõem o nosso Carnaval. Fomos a cada região buscar um pouco de cada ritmo, um pouco de cada lugar, para fazer a nossa mistura”, declarou o diretor de arte Alexandre Romano, responsável pela concepção do filme.

Já a autora da "controversa" roupa é a figurinista Rita Comparato, que não teve uma tarefa fácil. "O desafio foi fazer uma releitura do figurino desses carnavais regionais, e não mostrar o que já existe. O colorido, sempre uma marca do Carnaval Globeleza, continua presente. Usamos cores vivas e os outros elementos, como as miçangas, enriqueceram ainda mais a personagem e imprimiram atualidade”, justifica.

Além da vinheta com a Globeleza, a Globo lançará novos filmes de Carnaval, mais ligados a questões de cidadania. Eles mostrarão a importância de não jogar lixo no chão e de não fazer xixi na rua, por exemplo.

Veja a vinheta Globeleza de 2017:

 

► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Stranger Things

Quarteto principal de Stranger Things em cena da segunda temporada: mais terror - Divulgação/Netflix A Netflix aproveitou a San Diego Comic-Con, maior evento de cultura geek do mundo, para apresentar o trailer da segunda temporada de Stranger Things. Situada em 1984, a nova fase mostrará a pequena cidade de ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem é mais mau caráter em A Força do Querer?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook
Click Click