Crise

Rodrigo Faro mentiu para equipe sobre ameaça de deixar a Record

Edu Moraes/TV Record
Rodrigo Faro interpreta desentupidor em gravação de O Melhor do Brasil do próximo domingo
Por DANIEL CASTRO, em 24/01/2014 · Atualizado às 16h35

O apresentador Rodrigo Faro mentiu para sua equipe ao afirmar que deixaria a Record caso a cúpula da emissora insistisse em mudar a direção de seu programa e transferir a produção para o Rio de Janeiro.

Anteontem (22), após reunião com a direção da Record, Faro convocou os cerca de 30 profissionais que produzem O Melhor do Brasil e comunicou que: 1) o programa vai mudar de nome; 2) a atração não será mais dirigida por Rita Fonseca; 3) a produção será deslocada quase totalmente para o Rio de Janeiro.

Para sua equipe, Faro se mostrou indignado com as mudanças, que implicariam a demissão ou remanejamento de quase todos os profissionais. Ele disse aos produtores que não iria aceitá-las, porque não julgava correto se desfazer de um time que "roeu o osso" justamente no momento em que a Record irá investir em seu programa, que vem perdendo para Eliana, do SBT, no Ibope.

Faro ainda disse à produção que teria ameaçado deixar a Record. Relatou que, ao ser questionado pela cúpula da rede para onde iria, teria dito "para minha casa em Miami". Isso foi testemunhado, repita-se, por 30 pessoas.

O "desabafo" de Faro à equipe, no entanto, aos poucos está sendo desconstruído. Primeiro, o presidente do Comitê Artístico da Record, Mafran Dutra, se reuniu ontem com a produção de O Melhor do Brasil para tentar apagar o incêndio. Dutra negou que o programa irá se transferir para o Rio. Afirmou que apenas um novo quadro poderá ser gravado no RecNov, porque exige um estúdio de 1.000 metros quadrados de área.

Faro havia dito à sua equipe que apenas uma base do programa seria mantida em São Paulo, que todo o programa seria gravado no Rio.

A versão de que Faro teria enfrentado a cúpula da Record e ameaçado deixar a emissora, com a qual tem contrato até 2017, também está sendo contestada. Uma fonte do Notícias da TV relata que Faro reagiu ao comunicado das mudanças como um bom-moço: "Tudo bem, mudanças são bem-vindas", teria dito o apresentador aos bispos.

A mudança na direção e no nome do programa, contudo, estão sendo confirmadas. Para o lugar de Rita Fonseca, a Record negocia com Ricardo Mantoanelli, de Patrulha Salvadora, do SBT.

Faro viajou logo após a reunião com a equipe. Para observadores, ele teria atuado como um ator para sua produção. "Ele quis mostrar que está solidário com a equipe, porque a mudança de diretor vai mexer com a vida de muita gente. Muitos perderão emprego", diz uma fonte.

O Notícias da TV vem tentando falar com Faro desde a tarde de quinta-feira, sem sucesso.

LEIA TAMBÉM:

Análise: Bispo impõe estratégia de igreja e tumultua Record

Record muda tudo no Melhor do Brasil, e Rodrigo Faro ameaça sair

Globo perde audiência de uma 'Serra Pelada' após Amor à Vida

Na reta final, Amor à Vida bate recorde em São Paulo: 44 pontos

Gentili muda dia de Cabrini e tira Christina Rocha e Gabi das quartas


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Compartilhe:

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links.

Copa do Brasil

A final da Copa do Brasil, entre Cruzeiro e Atlético-MG, na última quarta-feira (26), rendeu à Globo Minas o recorde de audiência em 2014. A vitória do Galo cravou 50 pontos em Belo Horizonte, superando o último capítulo de Amor à Vida, em 31 de janeiro (48,2), e as partidas da seleção brasileira na Copa do Mundo (41 pontos). O jogo foi transmitido para todo o Brasil, menos para São Paulo.