ESTREIA NESTA TERÇA

Do tráfico à redenção: Poderosa vira evangélica na volta de Cidade dos Homens

Fotos João Cotta/TV Globo

Roberta Rodrigues, Bussaka Kabengele, Darlan Cunha e Douglas Silva em cena da minissérie - Fotos João Cotta/TV Globo

Roberta Rodrigues, Bussaka Kabengele, Darlan Cunha e Douglas Silva em cena da minissérie

MÁRCIA PEREIRA, no Rio de Janeiro - Publicado em 01/01/2018, às 06h13

Laranjinha (Darlan Cunha) vai se deparar com a volta da mãe de seu filho, Poderosa (Roberta Rodrigues), na nova temporada de Cidade dos Homens, que estreia nesta terça (2). A periguete deixou o programa em 2005, quando estava envolvida com o tráfico. Agora evangélica, a personagem vai brigar pela guarda de Davi (Luan Pessoa). O drama será equilibrado com cenas de ação, já que Acerola (Douglas Silva) se envolverá com a bandidagem.

"Pegamos o herói da série para exercitar um certo machismo quando ele vê que a ex-mulher tem o direito de rever o filho. Sai da construção clássica do Laranjinha, que na temporada passada enfrentou até traficante pelo menino", adianta Marton Olympio, autor da minisssérie que reestreia nesta terça (2) na Globo.

Roberta Rodrigues diz que o retorno de Poderosa é mais bacana porque ela se redime e busca a chance de ser uma mãe para o seu filho. "Passaram-se dez anos, isso não será esquecido. A Poderosa sofreu também porque ela não era uma boa pessoa. Abriu mão por amor. Ia fazer o quê? Levar o filho para a loucura, passar fome com ele na rua?", defende a atriz.

Ela afirma que o fato de a periguete voltar evangélica não é o que justifica a sua redenção. Roberta vê a religião da personagem como um caminho para sua mudança, algo que lhe deu esperança. Ressalta que não tem fanatismo na trama, porque isso só geraria preconceito.

"Ela grava um CD e se transforma em cantora, o que sempre foi seu sonho. A fé a transforma em uma pessoa melhor. Foi um caminho. A religião foi uma espécie de psicólogo, algo que centra essa mulher", comenta a atriz.

Acerola (Douglas Silva) se meterá em enrascada e Laranjinha (Darlan Cunha) brigará pelo filho

Se Poderosa fará o público ver um outro lado de Laranjinha, Acerola também terá novos dilemas por causa do desemprego. "Ele é um pai de família que tem a responsabilidade de ser o provedor da casa, ele tem dois filhos", fala Douglas Silva. 

Na trama, o personagem fica desesperado porque sua mulher é quem está bancando a casa. Passa a fazer pequenos trabalhos para um bandido e acaba sendo obrigado a entregar uma carga roubada. "Vive uma situação perigosa", adianta.

Participação de Thiago Martins
A história começará a partir de uma bala perdida que atinge a escola da comunidade. Esse será o gancho para entrelaçar as experiências diferentes que os dois protagonistas vão viver e ainda trazer um outro antigo personagem. João Vitor (Thiago Martins) virou professor. No ar em Pega Pega como Júlio, o ator gravou sua participação nas folgas de gravação da novela das sete.

O diretor Pedro Morelli afirma que, mesmo virando minissérie, Cidade dos Homens continua sendo uma série de TV que é feita como cinema.

"Nasceu do curta Palace 2 [2000], que serviu de laboratório para o Fernando [Meirelles] ver como faria o filme Cidade de Deus [2002]. Tem uma estética única, cinematográfica, que destoa de tudo o que a gente está acostumado a ver na TV.  Toda a estrutura é de cinema, e neste ano está ainda mais cinematográfica do que foi no ano passado", diz Morelli.

Cidade dos Homens foi uma série que ficou no ar entre 2002 e 2005, deu origem a um longa-metragem e parou durante 12 anos. Voltou a ser apresentada em janeiro de 2017. Agora, será exibida como minissérie em quatro capítulos, que irão ao ar de terça (2) a sexta (5), na faixa das 23h30, na Globo.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Superbonita

Superbonita

Ficha técnica: Variedades, Brasil, 2006. Direção: Fernanda Novaes. Elenco: Karol Conka. Disponível no GNT Play e no Now.

Sinopse: Convidadas famosas, pessoas comuns, especialistas em saúde e cosmética e influenciadoras digitais dão suas opiniões sobre um tema relacionado à aparência e ao corpo feminino a cada episódio. Elas procuram expor suas experiências, suas inseguranças e suas dicas sobre os assuntos, na luta contra a ditadura da beleza e pela maior liberdade de expressão corporal.

Por que assistir: O programa, que já foi apresentado por personalidades como Taís Araújo, Luana Piovani e Ivete Sangalo, hoje é comandado pela cantora Karol Conka, que colabora com os debates de cada episódio fazendo raps sobre os temas. Superbonita ensina dicas práticas para incrementar o visual das telespectadoras e também insiste em um discurso totalmente voltado para a autoestima e a saúde da mulher, sem ditar regras de certo ou errado sobre beleza. 

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Plastificada

Fabíola Reipert com a Cobra Judite; ela voltará das férias com sem rugas no rosto - Reprodução/RecordTV Jornalista que vive cutucando as celebridades que apelam ao bisturi para aparentarem mais jovens, a fofoqueira Fabíola Reipert trocou suas férias no Balanço Geral por uma temporada em uma famosa clínica de cirurgia plástica de ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Mais um BBB vem por aí e...

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook