PARA VER NO FERIADO

De pastor possuído a bispo gay: sete produções que questionam a fé

Divulgação

Dominic Cooper caracterizado como o reverendo transgressor Jesse Custer, de Preacher - Divulgação

Dominic Cooper caracterizado como o reverendo transgressor Jesse Custer, de Preacher

FERNANDA LOPES e JOÃO DA PAZ - Publicado em 12/04/2017, às 18h24

Nos últimos anos, séries e filmes que questionam a fé têm se tornado cada vez mais frequentes. Desde A Última Tentação de Cristo (1988), que chocou o público ao mostrar Jesus Cristo em crise existencial, o tema evoluiu em outras produções, que pegaram ainda mais pesado, explorando a religião e suas organizações de forma muito mais transgressora, irritando profundamente os fiéis e líderes de igrejas. 

Em Preacher, por exemplo, o personagem principal é um pastor que aparece frenquentemente fumando e bebendo. Para piorar, ele é possuído por uma entidade sobrenatural, uma mistura de anjo com demônio. Já no documentário Love Free or Die, o protagonista é um bispo que se assumiu gay e luta contra a homofobia no catolicismo.

A seguir, dicas para você passar o feriado da Paixão Cristo vendo filmes e séries que trazem uma abordagem contestadora do cristianismo:

divulgação

O bispo da Igreja Católica Gene Robinson e seu companheiro, Mark, em Love Free or Die

Love Free or Die, o bispo homossexual (Clarovídeo)
O documentário Love Free or Die (2012) acompanha a trajetória de Gene Robinson, o primeiro bispo da história da Igreja Católica a assumir sua homossexualidade. Em sua consagração, em 2003, o americano usou colete à prova de balas por baixo dos trajes religiosos, tamanha discórdia que causou. Robinson tem um relacionamento amoroso com outro homem, luta contra a homofobia e estimula outros líderes religiosos a saírem do armário

divulgação/amc

Dominic Cooper faz um reverendo que fuma e bebe dentro de uma pequena igreja no Texas

Preacher, o reverendo endemoniado (Crackle)
Na série Preacher, Jesse Custer (Dominic Cooper) é um filho de pastor com a boa intenção de revitalizar uma pequena igreja localizada em uma cidade do interior do Texas, Estados Unidos. O fracasso na missão só é superado após ele ser possuído por uma manifestação sobrenatural, chamada Gênesis, que é a junção de um anjo com um demônio.

A entidade tentou possuir outros religiosos ao redor do mundo, de padre a satanista, mas só encontrou abrigo no corpo de Jesse. O reverendo beberrão e fumante agora tem o poder do convencimento e começa a atrair fieis à sua congregação. A temporada de estreia de Preacher teve dez episódios. O drama é exibido nos EUA no canal AMC (o mesmo de Walking Dead e Breaking Bad), e o segundo ano estreia em junho.

Divulgação

Os atores Audrey Tatou e Tom Hanks em cena do controverso filme O Código da Vinci

O Código Da Vinci, revelações controversas do cristianismo (Netflix)
Inspirado no livro homônimo de Dan Brown, O Código da Vinci (2006) tem o especialista em símbolos Robert Langdom (Tom Hanks) como protagonista. Antes de ser assassinado, o curador do Museu do Louvre, na França, deixou a ele a missão de desvendar enigmas, que levariam a grandes e polêmicas revelações do cristianismo, sobre a vida e as atitudes de Jesus Cristo. A trama também questiona a autoridade e a ética de grupos católicos tradicionalíssimos, como o Opus Dei e a sociedade secreta Priorado de Sião.

divulgação/own

Em Greenleaf, a atriz Merle Dandridge interpreta a filha de bispo líder de uma megaigreja 

Greenleaf, escândalos em uma igreja evangélica (Netflix)
A família Greenleaf esconde segredos que vão da pedofilia à homossexualidade. Chefiado pelo bispo James (Keith David), o clã está à frente de uma megaigreja evangélica chamada Calvary Fellowship World Ministries, suspeita de desviar doações (dízimos e ofertas).

Enquanto cuida dos fiéis, o bispo luta para manter sua família unida. Uma filha acabou de morrer (aparentemente foi um suicídio), a outra largou o ministério para ser jornalista, e seu único filho homem trai a mulher com a secretária do pai _o casal é apresentado transando nas instalações da igreja, ela com uma Bíblia na mão. Além disso, duas netas dele usam maconha e cocaína na surdina. A série Greenleaf é exibida nos EUA no canal de Oprah Winfrey.

divulgação

O ator Willem Dafoe em cena como Jesus Cristo, que reflete sobre sua vida e sua crucificação

A Última Tentação de Cristo, Jesus em crise existencial (Clarovídeo)
Em vez de mostrar o Jesus Cristo mártir e salvador que os fiéis conhecem da Bíblia e dos filmes religiosos tradicionais, o diretor Martin Scorsese criou uma personalidade diferente no filme A Última Tentação de Cristo (1988). Jesus aparece como um carpinteiro que constrói as cruzes nas quais eram pregados os criminosos da época e vivia um grande dilema interior, por ser um judeu que colaborava para a dolorosa morte de outros judeus. Na trama, ele enfrenta sentimentos de luxúria e depressão.

O personagem, interpretado por Willem Dafoe, também tem uma relação turbulenta com seus discípulos, que encaram seus ensinamentos como ameaçadores. Ao ser crucificado, Jesus imagina como seria sua vida se fosse um homem comum, e não o filho de Deus. Pelo filme, Scorsese foi indicado ao Oscar de melhor direção em 1989.

divulgação/showtime

O ator Jeremy Irons viveu o mulherengo e corrupto papa Alexandre VI na série Os Bórgias

Os Bórgias, a decadência da Igreja Católica (HBO Go)
O canal Showtime causou polêmica com Os Bórgias, série exibida entre 2011 e 2013. O drama retratou a ascendência de Rodrigo Bórgia, diácono, político e administrador que se tornou o papa Alexandre VI, em 1492. A gestão dele como chefe maior da Igreja Católica durou até 1503 e foi marcada por corrupção e pela decadência do prestígio do catolicismo no Renascimento. Alexandre VI foi o primeiro papa com filhos reconhecidos, todos eles de relações com amantes.

A série explora como Alexandre VI chegou ao topo da maior igreja do mundo: ele apostou em troca de favores, como posições na igrejas e terras, para conseguir vencer a eleição para papa. Apesar de tanta ilegalidade, ele acreditava que estava fazendo o certo. O drama foi cancelado na terceira temporada. Atualmente, a série está disponível na íntegra na plataforma online da HBO.

divulgação

A Papisa Joana, protagonizado por Johana Wokalek, explora antiga lenda da Europa

A Papisa Joana, uma mulher na elite do clero (Netflix)
O filme A Papisa Joana (2009) explora uma famosa lenda europeia cuja veracidade nunca foi comprovada. No século 9, a camponesa alemã Joana teria se fingido de homem para estudar teologia e ascender na hierarquia da Igreja Católica, chegando até a posição de papa sem que ninguém descobrisse sua verdadeira identidade.

A história é considerada falsa pela maioria dos historiadores, provavelmente originária de uma sátira contra o sistema papal. Desde Pedro, discípulo de Jesus e primeiro líder da fé católica, 265 homens já foram consagrados como papa, nenhuma mulher.


COMO ASSINAR:

Crackle: Somente assinantes do combo (TV, internet e telefone) da Oi e da operadora TVN têm acesso à plataforma. Site: crackle.com.br

HBO Go: A assinatura do serviço custa R$ 34,90/mês (somente para moradores do Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Bahia e Distrito Federal). Nas operadoras de TV paga, o pacote HBO/Max (dez canais), mais a plataforma HBO Go, sai por R$ 30/mês. Site: hbogo.com.br

Netflix: Existem três planos de assinatura: com duas telas (R$ 19,90/mês), duas telas + HD (R$ 22,90/mês) e quatro telas + HD e 4K (R$ 29,90/mês). Site: netflix.com.br

Clarovídeo: O acervo é grátis para os assinantes de quase todos os pacotes da Net e da Claro HD (exceto para o pacote Fácil).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Premier League

O técnico Pep Guardiola em entrevista a João Castelo-Branco, da ESPN - Reprodução/ESPN A ESPN anunciou nesta quarta-feira (28) que renovou os direitos de transmissão da Premier League no Brasil até 2022. O Campeonato Inglês já faz parte da programação do canal há 15 temporadas. Assim como a ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem você torce para vencer o Show dos Famosos?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook