Não está fácil pra ninguém!

Crise econômica chega a desenho animado: Bob Esponja é demitido

Divulgação/Nickelodeon
O desolado Bob Esponja recebe visita do seu amigo Patrick no episódio Bob Esponja, Vocé está Demitido
Por REDAÇÃO, em 31/10/2013 · Atualizado às 14h34

A crise econômica chegará ao desenho animado Bob Esponja, cujo principal público é infantil. Segundo o jornal New York Post, o personagem Bob Esponja será demitido do Siri Cascudo, restaurante em que trabalha há 14 anos.

O episódio SpongeBob, You're Fired (Bob Esponja, Você está Demitido) vai ao ar nos Estados Unidos no próximo dia 11 pelo canal Nickelodeon. Ainda não há previsão de quando o episódio será exibido no Brasil.

Na história, nem a cidade submarina Fenda do Biquíni fica livre das dificuldades econômicas enfrentadas pelas empresas no mundo acima do mar. O ganancioso dono do restaurante Siri Cascudo, Seu Sirigueijo, demite Bob Esponja por perceber o quanto irá poupar se tirar o leal funcionário da folha de pagamento.

Bob Esponja, com sua boa vontade peculiar, pede até para trabalhar de graça, mas Seu Sirigueijo​ não aceita por considerar isso ilegal. Além disso, ele perderia a licença do estabelecimento.

O presidente de conteúdo do Nickelodeon, Russell Hicks, disse ao Post que "como sempre, apesar desse contratempo, o otimismo eterno de Bob Esponja irá prevalecer, dando uma mensagem positiva para todos".

Compartilhe:

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links.

Família liberada

Em maio, a própria Globo reclassificou A Grande Família de livre para imprópria para menores de 14 anos, tornando-a inadequada para exibição antes das 21h. Mas o Ministério da Justiça não concordou. Em despacho publicado hoje (31) no Diário Oficial, reclassificou a série como imprópria para menores de 12 anos (20h). Ou seja, A Grande Família é mais leve para o governo do que para a Globo.