Rei da homofobia

Após polêmica, programa Os Reis dos Patos lucra com comerciais

Divulgação/A&E
O empresário Phil Robertson, protagonista do programa Os Reis dos Patos, foi reintegrado depois de controvérsia
Por REDAÇÃO, em 07/01/2014 · Atualizado às 16h18

O reality show Os Reis dos Patos, programa de não-ficção mais popular da TV paga norte-americana, não foi afetado financeiramente pelas declarações homofóbicas de um de seus protagonistas, o patriarca Phil Robertson. Pelo contrário, os anúncios no programa estão custando 5,5% a mais do que antes da polêmica.

O canal A&E, que suspendeu Robertson no mês passado, mas voltou atrás antes do Ano Novo, está comercializando 30 segundos da quinta temporada de Os Reis dos Patos por US$ 180 mil. Uma inserção comercial na temporada anterior custava US$ 170 mil, de acordo com a revista Variety. A quinta temporada estreia no próximo dia 15.

Com esse novo preço, Os Reis dos Patos tem comercial mais caro que importantes séries da TV aberta dos Estados Unidos, como Glee (US$ 169 mil), How I Met Your Mother (US$ 168 mil), NCIS (US$ 161 mil) e CSI (US$ 107 mil).

Robertson disse à revista GQ que sexo entre pessoas do mesmo sexo é como zoofilia e citou versículo bíblico que diz os homossexuais não "vão herdar o reino de Deus".

A decisão do A&E de rever a suspensão de Robertson foi a única alternativa para o canal recuperar o reality, pois os outros membros estavam dispostos a cancelar o programa caso Robertson continuasse afastado.

Em um primeiro momento, o A&E recebeu elogios por banir Robertson e defender o discurso pró-gay. Mas, ao voltar atrás por causa da pressão do público e de anunciantes, o canal foi alvo de crítimas. Foi compensado, contudo, pelo aumento no faturamento.

Os Reis dos Patos mostra o cotidiano de uma família de barbudos que têm uma empresa produtora de apitos para caça de patos. O programa é exibido no Brasil pelo canal A&E.

LEIA TAMBÉM:

Futuro do maior reality show da TV paga dos EUA está em risco

'Alcoólatra', Cássio Lannes já se vestiu de batman na balada 

Ministério veta Vídeo Show para menores de 10 anos

Aline rouba a cena em Amor à Vida, mas poderá ser morta por César

Apelo sexual é atrativo e ponto forte em Amores Roubados


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Compartilhe:

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links.

Recorde em Império

Com o "peladão" Jairo (Júlio Machado), que ficou nu na frente de Cora (Drica Moraes), e o flagra de José Alfredo (Alexandre Nero) em Téo Pereira (Paulo Betti) e Maurílio (Carmo Dalla Vecchia), ontem (25), a novela Império, da Globo, igualou a maior audiência desde a estreia e bateu recorde às terças-feiras: 36,4 pontos na Grande São Paulo, segundo dados consolidados do Ibope.