Já nas lojas

Fácil de mexer como o celular e com Ultra HD, TV Android custa R$ 5 mil

Fotos Reprodução

Apresentação da TV Android, que está à venda no Brasil; aparelho tem navegação simples  - Fotos Reprodução

Apresentação da TV Android, que está à venda no Brasil; aparelho tem navegação simples

EDUARDO BONJOCH - Publicado em 17/09/2015, às 18h25

Com sete modelos já à venda nas lojas do Brasil (e mais quatro chegando até outubro), a TV Android é uma das novidades do setor de eletroeletrônicos para tentar driblar a crise e fisgar o consumidor neste final de ano. Baseada na plataforma do Google, hoje a mais utilizada em smartphones e tablets no mundo, essa tecnologia está apoiada em três características: a facilidade de navegação, igual à do celular; a ampla variedade de jogos, que transformam o televisor em videogame; e a conexão simples com qualquer dispositivo portátil. Mas o preço, pesquisado nas principais lojas on-line, pode assustar: a partir de R$ 4.999, custo da TV Sony de 49 polegadas, a menorzinha da lista.

Ao todo, a Sony tem em linha sete televisores Android. Quatro (de 49, 55, 65 e 75 polegadas) trazem resolução Ultra HD (ou 4K) e são capazes de exibir imagens mais nítidas e detalhadas de conteúdos desse tipo, algo ainda muito raro. A maior é a mais cara sai por R$ 17.499. Com 50, 55 e 75 polegadas, as outras três são full HD.

Os quatro primeiros modelos da Philips com sistema Android só chegarão às lojas em outubro. Quem quiser esperar poderá economizar na compra. Segundo o fabricante, serão telas de 49, 50 e 55 polegadas, todas com resolução Ultra HD e preços variando de R$ 3.999 a R$ 6.199.

As mudanças mais interessantes das novas TVs vieram com a plataforma Android, nova aposta do Google nessa área após algumas tentativas fracassadas. Agora, a ideia é que a familiaridade do usuário com a tecnologia no celular influencie a compra de televisores.

Nessa primeira fase, a Google Play Store oferece cerca de 120 aplicativos (vários gratuitos) já adaptados para as novas TVs. Na lista, estão jogos, serviços de filmes, como YouTube, Netflix e Google Play Filmes (para comprar ou alugar); e de músicas, como Google Play Música (que permite salvar seus álbuns favoritos na nuvem ou fazer streaming das faixas).

A comunicação com dispositivos portáteis também ficou mais simples. Com a adaptação do Chromecast (pen-drive que conecta qualquer TV à internet) para a TV Android, fotos e vídeos do celular ou do notebook também podem ser transmitidos para a tela grande com um único clique.

Embora não seja uma novidade, a busca de conteúdo por voz deixou de ser um mico e está mais eficiente na TV Android. Essa ferramenta utiliza a mesma tecnologia do Google para reconhecer e procurar as palavras na internet. O recurso pode ser acionado através de um smartphone ou pelo controle remoto com microfone integrado.

Nos novos modelos, a busca de conteúdo por voz pode ser feita pelo smartphone

Jogos simples

Assim como nos smartphones com sistema Android, a ampla variedade de jogos também é outro ponto forte da plataforma em sua versão para TV. Mas, diferentemente dos videogames e até dos celulares, os televisores não conseguem rodar jogos mais avançados por conta de suas limitações técnicas, sobretudo no processamento.

“A TV não vai substituir o videogame porque os jogos disponíveis para tela grande são mais simples, o que evita travamentos”, explica Alex dos Santos, consultor em áudio e vídeo há mais de dez anos. Na lista divulgada pelo Google, estão títulos como Badland, Asphalt 8, Meu Malvado Favorito e The Walking Dead. Portanto, esqueça de jogar a última versão de Call Of Duty, Far Cry 4 ou de outro sucesso atual no mundo dos videogames diretamente na sua TV Android sem a ajuda de um console.

Quando o televisor se transforma em videogame, o usuário pode jogar através do próprio controle remoto, do smartphone ou de um joystick. O modelo Dualshock 4, do PlayStation 4, por exemplo, funciona via Bluetooth (sem fio) nas novas TVs da Sony. Para partidas com vários jogadores, as TVs Android permitem o uso de até quatro joysticks simultaneamente.

Além disso, o usuário pode começar o jogo no celular e terminar na tela grande. “A TV Android se comunica facilmente com a maioria dos smartphones, que já traz navegador compatível com a linguagem HTML 5”, afirma Marcelo Gonçalves, gerente de comunicação e marketing da Sony Brasil. “Celulares com a versão Lollipop do sistema Android oferecem algumas vantagens de navegação, que tornam as operações mais intuitivas em relação a outras plataformas."


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Demissão na Record

O apresentador Marcão do Povo, demitido da Record de Brasília nesta quarta (18) - Reprodução/Record Após chamar a cantora Ludmilla de "macaca", o apresentador Marcão do Povo, da Record de Brasília, foi demitido. Ele apresentava o Balanço Geral na emissora local e nesta quarta-feira (18) já foi substituído por Dionísio ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

O que falta para A Lei do Amor ser um grande sucesso?

Redes sociais

Últimas notícias