Super-ultra-HD

Fabricante lança TV de até R$ 100 mil que só serve para duas séries da Globo

Fotos Divulgação/Samsung

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso apresentam novo televisor da Samsung, anteontem - Fotos Divulgação/Samsung

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso apresentam novo televisor da Samsung, anteontem

FERNANDA LOPES - Publicado em 20/07/2016, às 07h04

A Samsung lançou uma nova linha de televisores que prometem imagens em super-ultra-alta definição (SUHD), em uma evolução da TV 4K. Os aparelhos custam de R$ 6.599 a R$ 99.999 e trazem tecnologias que melhoram a projeção de cor e de luz das imagens, mas, símbolos máximos da cultura do obsolescência, chegam às lojas fadados à irrelevância: só servem para assistir a duas séries da Globo e a produções da Netflix, já que ainda há pouquíssimos títulos em 4K para o consumidor brasileiro. Tanto na Globo quanto na Netflix, o telespectador terá que usar a rede de internet para usufruir do benefício.

O diferencial dos novos televisores da Samsung são os pontos quânticos, cristais que substituem os filtros de cor e proporcionam imagens mais vivas. Há também a tecnologia HDR, que equilibra melhor os níveis de brilho e contraste das produções. A questão fundamental, no entanto, permanece: quais produções?

De acordo com o diretor de tecnologia para entretenimento da Globo, Paulo Rabello, a emissora já tem cerca de 50 câmeras capazes de capturar imagens em 4K HDR, mas não tem intenção de produzir novela com essa tecnologia porque a TV aberta está limitada ao HDTV _o sinal aberto não tem largura de banda suficiente para trafegar imagens em 4K, oito vezes mais nítidas do que as de HD.

Por isso, a própria Globo prefere fazer apenas "pílulas e conteúdos específicos" em ultra HD. Até agora, só estão disponíveis no Globo Play, sua plataforma de conteúdo via internet, duas séries em 4K HDR: Dupla Identidade (2014) e Ligações Perigosas (2016). Rabello afirma que há planos de ampliar o catálogo para quatro séries, com a inclusão de Justiça (que estreia na TV em 22 de agosto) e Vade Retro (prevista para 2017).

Quem adquirir a nova SUHD TV da Samsung terá que direcionar seu consumo a produtos da Netflix, que apresenta um catálogo de 65 atrações em 4K. Entre as séries da plataforma que estão disponíveis em ultra HD estão House of Cards, Unbreakable Kimmy Schmidt, Sense8 e Orange Is the New Black.

Além de uma conta na Netflix, é importante que o dono de uma TV com tecnologia 4K HDR tenha ótima conexão de banda larga em sua residência. Erico Traldi, gerente sênior da divisão de áudio e vídeo da Samsung, afirma que, para consumir conteúdo em altíssima resolução, é preciso uma banda de pelo menos 10 megabits de velocidade. A Globo vai ainda mais longe: recomenda no mínimo 30 megas.

A Samsung e sua principal concorrente, a LG, já trabalham no desenvolvimento de TVs em 8K de até 98 polegadas, com resolução ainda mais próxima das imagens formadas pela retina humana. Traldi diz, no entanto, que esses aparelhos ainda são protótipos e não há previsão para a comercialização no Brasil.

Imagem de divulgação da nova linha de televisores da Samsung, com tecnologia 4K HDR

SUHD em tempos de crise

Nos aparelhos da nova linha, a Samsung investiu também no desenvolvimento de um novo controle remoto para chamar a atenção dos consumidores. O "one control" tem menos botões e é capaz de reconhecer e comandar outros dispositivos conectados à TV, como aparelhos de DVD e blu-ray.

A inovação, no entanto, sai cara. A linha de TVs SUHD já está à venda no país, com aparelhos de 49 a 65 polegadas a partir de R$ 6.599. O modelo maior, de 88 polegadas, será vendido a partir de setembro apenas por encomenda e terá o custo nada modesto de R$ 99.999 _o que dá para comprar um Ix35 da Hyundai. A Samsung oferecerá desconto para quem desejar trocar suas TVs de LED da marca pelos modelos novos.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Datena vice-líder

O apresentador José Luíz Datena na edição de ontem (27) do Brasil Urgente - Reprodução/Band Na iminência da greve geral no país inteiro, os noticiosos da Band tiveram bom desempenho de audiência ontem (27). O Brasil Urgente nacional, exibido das 16h às 18h30, registrou 5,3 pontos na Grande São Paulo ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem é seu personagem favorito de A Força do Querer?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook