#Fiasco

Walking Dead perde popularidade no Twitter e fica atrás de reality e humorístico

Divulgação/AMC

Andrew Lincoln na oitava temporada de Walking Dead; série não é mais a mesma no Twitter - Divulgação/AMC

Andrew Lincoln na oitava temporada de Walking Dead; série não é mais a mesma no Twitter

JOÃO DA PAZ - Publicado em 05/12/2017, às 15h52

A má fase de The Walking Dead não se restringe aos números de audiência, os piores em cinco anos. De acordo com levantamento do Twitter, divulgado nesta terça-feira (5), o drama zumbi termina 2017 apenas como o sexto programa mais comentado da TV norte-americana na rede social, atrás do reality Big Brother e do humorístico Saturday Night Live.

Há dois anos, Walikng Dead ocupava o primeiro lugar no levantamento anual feito pela própria rede social com usuários dos Estados Unidos. No ano passado, a série ficou em segundo, atrás de Game of Thrones, que repetiu a liderança em 2017.

Neste ano, o Twitter se transformou em um canal para os fãs de Walking Dead exporem suas frustações com a série. Se em 2015 as postagens eram positivas, elogiavam as eletrizantes cenas de ação e os ataques contra zumbis, agora os internautas usam a rede social para reclamar: desde as poucas aparições do vilão da vez, Negan (Jeffrey Dean Morgan), até o andamento arrastado da história.

A vice-liderança do ranking de 2017 é de Stranger Things, fenômeno da Netflix que teve um lançamento de segunda temporada muito mais badalado do que o do ano de estreia. A série sobrenatural com protagonistas adolescentes virou coqueluche e tem presença forte na cultura pop.

Em seguida aparece o Big Brother, com sua 19ª edição; o reality é uma atração da rede CBS, a mesma que exibe os sucessos The Big Bang Theory e NCIS.

Na quarta posição, outra atração da Netflix que causou um furacão nas redes sociais: 13 Reasons Why. Inspirada no livro Os 13 Porquês (2007), a trama sobre uma adolescente suicida extrapolou o entretenimento e rendeu discussão em programas jornalísticos, por discutir abertamente o suicídio, tema considerado tabu.

O top 5 é encerrado por Saturday Night Live, programa de esquetes que está na 43ª temporada. Ele mantém seu vigor principalmente nas críticas e ironias feitas contra o atual presidente norte-americano, Donald Trump. Além disso, em seu elenco está uma das humoristas mais populares dos EUA, Kate McKinnon, vencedora do Emmy deste ano na categoria atriz coadjuvante em série de comédia.

Confira os dez programas da TV norte-americana mais comentados no Twitter em 2017; entre parênteses, as emissoras que os exibem no Brasil:

1) Game of Thrones (HBO);
2) Stranger Things (Netflix);
3) Big Brother;
4) 13 Reasons Why (Netflix);
5) Saturday Night Live (Canal Sony);
6) The Walking Dead (Fox);
7) Grey's Anatomy (Canal Sony);
8) The Voice (Canal Sony);
9) Supernatural (Warner);
10) Pretty Little Liars (Netflix).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Vikings

Vikings

Ficha técnica: Aventura, Histórico, Irlanda/Canadá, 2013. Criação: Michael Hirst. Elenco: Travis Fimmel, Katheryn Winnick, Gustaf Skarsgård, Alexander Ludwig. Disponível no Now.

Sinopse: A série mostra a história do viking Ragner Lothbrok (Travis Fimmel), um dos mais conhecidos heróis nórdicos e considerado o flagelo da Inglaterra e da França. Entre o romance com Lagertha (Katheryn Winnick) e a relação com os três filhos, há guerras, destruição e muita pilhagem.

Por que assistir: A primeira produção de ficção do History Channel já foi indicada a 11 categorias técnicas do Emmy, de efeitos especiais a maquiagem, mas também chama a atenção por seu elenco: a quinta temporada conta com o reforço de Jonathan Rhys Meyers, ganhador do Globo de Ouro e do festival de Monte-Carlo. Com muita violência e mulheres empoderadas, a série tem atrativos para todos os públicos.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Amor acaba

Gillian Jacobs e Paul Rust em Love; comédia termina com a terceira temporada - Divulgação/Netflix A terceira temporada de Love será a última. A comédia da Netflix, do showrunner Judd Apatow (Girls), retornará com novos episódios em 9 de março, com a oportunidade de dar um desfecho apropriado à história ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem você gostaria que substituísse Cátia Fonseca no Mulheres?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook
Fechar