Recap S08E07

Walking Dead engrena com derrota de vilão e hesitação de professor pardal

Divulgação/AMC

O ator Josh McDermitt em cena do sétimo episódio da oitava temporada de Walking Dead - Divulgação/AMC

O ator Josh McDermitt em cena do sétimo episódio da oitava temporada de Walking Dead

JOÃO DA PAZ - Publicado em 04/12/2017, às 05h03

[Atenção: este texto contém spoilers]

No caminho para a tradicional pausa de final de ano, The Walking Dead volta a ficar interessante com um novo revés de Negan (Jeffrey Dean Morgan) e um convite para entender a mente hesitante de Eugene Porter (Josh McDermitt), o professor pardal da trama. O episódio exibido ontem (3) foi o penúltimo antes das férias da oitava temporada do drama zumbi.

Homem fiel de Rick Grimes (Andrew Lincoln) até um tempo atrás e agora soldado de Negan, Eugene é o símbolo de como uma pessoa mais aleatória se comportaria em um mundo rodeado de mortos-vivos. O vira-casaca mostrou que quer fazer o bem a qualquer custo, embora tenha uma ficha corrida nada exemplar no quesito honestidade.

Por isso, para se redimir, ele vive em uma gangorra entre revelar a Negan ou não a identidade do traidor infiltrado entre os Salvadores: é Dwight (Austin Amelio), só para constar.

Embora não tenha conseguido dedurá-lo, ficou clara a intenção, ao menos momentânea, de Eugene de ser leal ao vilão, que enxerga a ingenuidade do cientista de araque de longe e força uma aproximação para tirar proveito.

Um plano bolado por Eugene tinha tudo para dar certo se não fosse impedido por Dwight. Ele criou uma engenhoca, uma pipa motorizada com direito a iPod embutido, para tentar espantar os zumbis da porta da fábrica, o lar dos Salvadores, na base do barulho. O fracasso não lhe esmoreceu. Logo depois, apresentou outra ideia para seu chefe.

Eugene dá sinais de ser a personificação exata do mantra "Eu Sou Negan", dito pelos Salvadores na base da intimidação exercida pelo vilão. Se em um dia mostrou compaixão ao padre Gabriel (Seth Gilliam) e ofereceu ajuda, agora Eugene não se importa se o padre morrer. O que interessa no final das contas é o time de Negan vencer.

Zumbis invadiram
Eugene veio com essa ideia de matar os zumbis após eles invadirem a fábrica. Isso porque, do outro lado, Daryl (Norman Reedus) e Tara (Alanna Masterson), com a ajuda de Morgan (Lennie James), executaram com perfeição uma tática ousada: um caminhão derrubou uma das portas do santuário e os mortos-vivos invadiram o lugar.

Porém, a ação não foi autorizada e nem sequer discutida com Rick, em tese o líder do trio. Eles armaram tudo enquanto o xerife estava cativo pela turma do lixão. Depois que escapou do julgo dos catadores e conseguiu, enfim, firmar uma parceira com o grupo liderado por Janis (Pollyanna McIntosh), Rick foi na direção da fábrica e ficou espantado ao vê-la toda livre, sem zumbis ao redor. Seus súditos terão algo a explicar.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Vikings

Vikings

Ficha técnica: Aventura, Histórico, Irlanda/Canadá, 2013. Criação: Michael Hirst. Elenco: Travis Fimmel, Katheryn Winnick, Gustaf Skarsgård, Alexander Ludwig. Disponível no Now.

Sinopse: A série mostra a história do viking Ragner Lothbrok (Travis Fimmel), um dos mais conhecidos heróis nórdicos e considerado o flagelo da Inglaterra e da França. Entre o romance com Lagertha (Katheryn Winnick) e a relação com os três filhos, há guerras, destruição e muita pilhagem.

Por que assistir: A primeira produção de ficção do History Channel já foi indicada a 11 categorias técnicas do Emmy, de efeitos especiais a maquiagem, mas também chama a atenção por seu elenco: a quinta temporada conta com o reforço de Jonathan Rhys Meyers, ganhador do Globo de Ouro e do festival de Monte-Carlo. Com muita violência e mulheres empoderadas, a série tem atrativos para todos os públicos.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Amor acaba

Gillian Jacobs e Paul Rust em Love; comédia termina com a terceira temporada - Divulgação/Netflix A terceira temporada de Love será a última. A comédia da Netflix, do showrunner Judd Apatow (Girls), retornará com novos episódios em 9 de março, com a oportunidade de dar um desfecho apropriado à história ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem você gostaria que substituísse Cátia Fonseca no Mulheres?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook
Fechar