Oscar da TV

Sem Game of Thrones, Emmy vira terra de ninguém e abre espaço para zebras

Divulgação/Netflix

Millie Bobby Brown em Stranger Things: será que a adolescente desbancará adultas no Emmy? - Divulgação/Netflix

Millie Bobby Brown em Stranger Things: será que a adolescente desbancará adultas no Emmy?

JOÃO DA PAZ - Publicado em 12/07/2017, às 06h07

Pela primeira vez em sete anos, Game of Thrones estará fora do Emmy. A ausência se deve porque a nova temporada do drama da HBO estreará após o prazo final de inscrição. Sem a série favorita, que venceu 53% (12 de 23) das categorias disputadas no ano passado, zebras podem surgir, democratizando a luta pela estatueta. Os indicados para a 69ª edição do Emmy serão conhecidos nesta quinta (13), às 12h30.

Por ter vencido o último Globo de Ouro, e por ser uma série elogiada, The Crown sai na frente na corrida pelo maior prêmio do Oscar da TV. Mas sem muita vantagem. The Americans, a queridinha da mídia norte-americana, é um nome forte, assim como Better Call Saul, que exibiu sua melhor temporada até o momento, e a novata e arrebatadora Stranger Things.

As novatas The Handmaid’s Tale e Westworld também têm chances de aparecerem entre as indicadas. Já o elogiado e maluco retorno de Twin Peaks só poderá entrar no Emmy no ano que vem, pois não exibiu a quantidade mínima de episódios antes de 31 de maio, último dia de inscrição.

Vagas abertas
Entre as principais categorias de atuação, cinco vagas foram ocupadas por integrantes de Game of Thrones em 2016: três atrizes coadjuvantes (Emilia Clarke, Lena Headey e Maisie Williams) e dois atores coadjuvantes (Kit Harington e Peter Dinklage). A batalha para ocupar esses lugares é acirrada.

A briga pela estatueta de atriz coadjuvante deve uma das mais interessantes neste ano. Não há uma favorita disparada e até a desconhecida Chrissy Metz, muito elogiada por sua atuação em This Is Us, tem chance de levar o prêmio. Outra zebra nessa categoria pode vir de Stranger Things, com a adolescente Millie Bobby Brown ou com a veterana Winona Ryder, caso uma delas supere as representantes de Orange Is the New Black (Uzo Aduba) e Westworld (Thandie Newton).

reprodução/hbo

O ator Oliver Bell viveu um robô em Westworld; efeitos especiais para disputar o Oscar da TV

Do lado dos homens, dois atores de Better Call Saul têm tudo para cravar um espaço na cerimônia entre os coadjuvantes: Jonathan Banks e Michael McKean.

Assim como McKean, Christian Slater (Mr. Robot) esteve ausente na premiação do ano passado e receberia como vitória uma indicação em 2017. Três nomes de séries novatas também podem entrar no jogo: John Lithgow (The Crown), Jeffrey Wright (Westworld) e Ron Cephas Jones (This Is Us).

Substituta de GoT
No ano passado, Game of Thrones ganhou 9 dos 15 prêmios disputados nas categorias técnicas, de figurino a maquiagem. A HBO espera que parte dessas indicações fique em casa, com a superproduzida Westworld.

No Globo de Ouro deste ano, o drama futurista foi bem, com três indicações (série, atriz e atriz coadjuvante). No Emmy, tem a oportunidade de se destacar nas categorias técnicas e se mostrar em condições de ser uma substituta digna de Game of Thrones após o fim do drama fantasioso, daqui a duas temporadas.

A 69ª edição do Emmy será realizada em 17 de setembro, com apresentação do comediante Stephen Colbert.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Ficha técnica: War for the Planet of the Apes. EUA/Canadá/Nova Zelândia, 2017, 140 min. Direção: Matt Reeves. Elenco: Andy Serkis, Woody Harrelson, Steve Zahn, Karin Konoval, Toby Kebbell. Disponível no Now.

Sinopse: Os macacos liderados por Caesar (Serkis) enfrentam os humanos do sanguinário Coronel (Harrelson) em uma batalha mortal. Depois de sofrer várias perdas, Caesar precisa lutar contra seus instintos mais sombrios para vingar sua espécie. Tem início uma nova guerra que vai redefinir o futuro do planeta.

Por que assistir: Indicado ao Oscar de efeitos visuais, o longa rendeu protestos contra a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que optou por não indicar Serkis como melhor ator, já que a performance dele se deu por meio da captura de movimentos. Um dos mais badalados atores nesse segmento, Serkis dá show como Caesar, passando emoção na voz e nas expressões faciais do macaco com personalidade humana e muitos conflitos.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Mulheres em foco

Claudia Winkleman (à esq.) e Tess Daly, apresentadoras da BBC: salário menor - Reprodução/BBC A BBC, principal rede de TV do Reino Unido, anunciou um novo plano de carreira que melhorará a vida das funcionárias da empresa. Diretora da versão escocesa da emissora, Donalda MacKinnon será a responsável pelo ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Com quem Maria Vitória deve ficar em Tempo de Amar?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook