Recap

Refém de criadora, Girls esquece protagonistas na última temporada

Fotos: Divulgação/HBO

A atriz Lena Dunham em cena do último episódio de Girls; comédia terminou ontem (16) - Fotos: Divulgação/HBO

A atriz Lena Dunham em cena do último episódio de Girls; comédia terminou ontem (16)

JOÃO DA PAZ - Publicado em 17/04/2017, às 05h26

[Atenção: contém spoilers]

Na última temporada, Girls se concentrou na complicada jornada da gravidez não planejada da escritora Hannah Horvath (Lena Dunham). Ao se dedicar a essa trama, a série ficou refém da criadora e colocou de escanteio as outras três protagonistas. Elas tiveram desfechos apenas satisfatórios na despedida da comédia da HBO, que chegou ao fim na noite de ontem (16).

Independentemente disso, a melhor e mais relevante temporada de Girls teve ao menos três excelentes episódios que a credenciam ao circuito das principais premiações da TV, a começar com o Emmy. O maior prêmio já recebido por Girls foi o Globo de Ouro de 2013 de melhor comédia, pela elogiada primeira temporada.

Um artifício comum na televisão, seja em série ou novela, a gravidez repentina funcionou em Girls. Durante toda a sexta temporada, o telespectador ficou incerto do que Hannah faria com o seu filho, dúvida que criou uma tensão envolvente. Afinal, a série até então não tinha tratado bem seus bebês: foram dois abortos e um abandono de recém-nascido.

Todos os episódios foram dedicados a Hannah. Quem não estava perto dela para acompanhar sua transformação em uma mulher grávida, e depois mãe solteira, ficou esquecida.

Foi o caso de Shoshanna Shapiro (Zosia Mamet), que teve participações dignas de uma coadjuvante. Ela noivou, e o telespectador ficou sabendo da novidade junto com Hannah, ao entrar de penetra na festinha do novo casal. Shosh teve pouquíssimo tempo de cena e sequer apareceu no último episódio.

Quem também não deu as caras no ponto final de Girls foi a prima de Shosh, Jessa Johansson (Jemima Kirke). A justificativa mais plausível pela sua ausência em grande parte da temporada foi porque ela estava sem se falar com Hannah. Ambas engoliram o choro e o orgulho ao fazerem as pazes no penúltimo episódio. E assim terminou a histórias das duas.

Já a cantora Marnie Michaels (Allison Williams) foi mais ativa, por ser a escolhida por Hannah para ouvir seus desabafos e ser uma tipo de conselheira. Enquanto fazia a vez de melhor amiga, Marnie lidou com dois relacionamentos doentios: com o ex-marido Desi (Ebon Moss-Bachrach) e com o Ray (Alex Karpovsky).

O último episódio de Girls teve um ar de epílogo, por mostrar Hannah com seu filho de cinco meses, chamado de Grover, lidando com as dificuldades de uma mãe de primeira viagem. Com ela estavam sua mãe, Loreen (Becky Ann Baker), e Marnie. O penúltimo episódio foi o que teve o desfecho propriamente dito da história.

 

Andrew Rannells, o Elijah, brilhou na sexta temporada de Girls; ator pode surpreender no Emmy

Boys
O personagem que assumiu o espaço deixado pelo trio de protagonistas na temporada final de Girls foi Elijah (Andrew Rannells), o ex-namorado gay de Hannah. Colega de apartamento de Hannah, foi o homem com mais destaque. Elijah roubou a cena e teve um episódio praticamente seu, sobre um teste para atuar em uma peça na Broadway, distrito teatral de Nova York.

As grandes atuações de Rannells fizeram a mídia norte-americana apostar nele como nome certo no Emmy de melhor ator em série de comédia, com chance de surpreender. O site TV Line, especializado em séries, foi mais longe e sugeriu uma atração derivada de Girls inspirada e centrada em Elijah, intitulada de Boys.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Pedofilia em debate

Finn Wolfhard em cena de Stranger Things: ex-agente dele é acusado de assédio - Divulgação/Netflix O ator Finn Wolfhard, o Mike da série Stranger Things, demitiu seu agente, Tyler Grasham, depois que o homem foi acusado de pedofilia e assédio sexual a um cineasta quando este ainda adolescente. Grasham tem ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

O que você achou do final de A Força do Querer?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook