PORNÔ SOFT COM CONTEÚDO

Para atores de Sense8, nu frontal masculino e orgia são mais que sexo

Reprodução/Netflix

Atores de Sense8 durante cena de orgia exibida na primeira temporada: tabu desnecessário - Reprodução/Netflix

Atores de Sense8 durante cena de orgia exibida na primeira temporada: tabu desnecessário

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 04/05/2017, às 06h14

Quando foi lançada em junho de 2015, a série Sense8 chamou a atenção por exibir cenas de sexo raramente vistas na teledramaturgia: no sexto episódio, por exemplo, há uma grande orgia envolvendo boa parte do elenco; em outro momento, o ladrão alemão Wolfgang (Max Riemelt) sai de uma piscina completamente nu, com direito a close em seu pênis. No ano passado, em plena época de Natal, um episódio especial juntou os personagens em uma nova orgia, dentro de um banheiro.

No entanto, para os atores da produção da Netflix, que estreia a segunda temporada nesta sexta (5), Sense8 vai muito além da nudez e das cenas de sexo.

"As pessoas não assistem à série só por causa disso. Elas se identificam com a série por outros motivos. A gente sente muito isso, principalmente no Brasil. A diversidade do show fala mais alto", contou a indiana Tina Desai, intérprete da química Kala, durante passagem pelo Brasil na CCXP (Comic-Con Experience).

A sexualidade é uma parte importante da série, criada pelas irmãs transexuais Lana e Lilly Wachowski (também responsáveis pela trilogia Matrix): os oito personagens centrais, chamados de "sensates", são interligados mentalmente e podem vivenciar o que o resto do grupo está sentindo, chegando a invadir o pensamento uns dos outros _apesar de estarem espalhados pelo mundo todo.

Por causa disso, momentos intensos a dois se transformam em experiências coletivas envolvendo todos os personagens.

Murray Close/Netflix

Elenco de Sense8 gravou cenas da segunda temporada na Parada Gay de São Paulo em 2016

Brian J. Smith, que vive o policial americano Will, não gosta que as pessoas prestem tanta atenção ao sexo e que deixem de perceber os outros aspectos da série.

"As irmãs Wachowski têm uma visão bonita sobre sexo, que é um tipo de ligação humana. E Sense8 é uma série sobre ligações humanas. É triste que o sexo fale mais alto simplesmente por estar lá, não deveria ser um tabu", defende.

Já o espanhol Miguel Ángel Silvestre, que vive o ator mexicano Lito, acredita que mostrar o sexo é tão importante como mostrar as alegrias e tristezas dos personagens. "Acho que é uma parte muito importante da empatia humana. É algo que faz parte de todos nós, assim como o amor, as angústias e a saudade", justifica.

Para o público brasileiro, a segunda temporada terá um gostinho especial: uma sequência foi gravada na Parada Gay de São Paulo, no ano passado. E, bem ao estilo Sense8, todos os atores se beijaram muito em cima do trio elétrico na avenida Paulista _com direito a carinhos homossexuais e até com três pessoas ao mesmo tempo.

"É, a gente beijou muito mesmo. O retorno do público ali foi tão mágico que a gente saiu distribuindo beijo para todos os lados (risos)", lembra Silvestre. 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Homeland

Homeland

Ficha técnica: Drama, Policial, EUA, 2011. Criação: Howard Gordon, Alex Gansa. Elenco: Claire Danes, F. Murray Abraham, Damian Lewis, Jake Webber, Elizabeth Marvel. Disponível no Fox Premium e no Now.

Sinopse: Depois de passar oito anos desaparecido, o soldado Nicholas Brody (Damian Lewis) retorna aos Estados Unidos, resgatado pelo exército, e é recebido como herói. Mas a agente da CIA Carrie Mathison (Claire Danes) desconfia que Brody é, na verdade, um espião recrutado pela Al-Qaeda para colocar em prática um ataque terrorista em solo norte-americano.

Por que assistir: A série aborda temas polêmicos da política internacional dos EUA com um roteiro afiado e atuações dignas de prêmios. E já são oito Emmys na conta, inclusive o de melhor drama, em 2012, pelos episódios de estreia. Em uma quase imitação da realidade, a sétima temporada mergulha em um país dividido, após a presidente Keane (Elizabeth Marvel) sofrer um atentado.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Novo The Voice

As cantoras Hailee Steinfeld e Kelly Clarkson estão na 14ª temporada do The Voice - Divulgação/Sony A partir do dia 28, o canal Sony transmitirá a 14ª temporada do The Voice, em sua versão norte-americana. Os episódios inéditos contam com uma nova técnica: a cantora Kelly Clarkson. Vencedora primeira temporada do ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Com quem Maria Vitória deve ficar em Tempo de Amar?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook