A Vida Secreta dos Casais

HBO coloca homem trans grávido em nova série nacional: 'Fizemos antes'

Divulgação/HBO

Os atores Adam Franco e Candy Mel em cena de A Vida Secreta dos Casais, da HBO - Divulgação/HBO

Os atores Adam Franco e Candy Mel em cena de A Vida Secreta dos Casais, da HBO

FERNANDA LOPES - Publicado em 03/10/2017, às 05h54

Meses antes de Ivan (Carol Duarte) aparecer grávido em A Força do Querer, Bruna Lombardi já havia escrito e gravado cenas de um homem transexual que espera um bebê. O personagem faz parte da trama de A Vida Secreta dos Casais, série da HBO que estreou no último domingo (1º).

A atriz é criadora e roteirista da atração e também interpreta a protagonista Sophia, uma terapeuta sexual que recebe em seu instituto casais que desejam melhorar seus relacionamentos e seus desempenhos na cama. Um deles é formado por um homem trans e uma mulher trans.

"Tratamos de tudo [na série]. Fizemos antes [da Globo]. Mas que bom que está na novela, eu gostaria de ver isso em todos os lugares, todos os veículos. A diversidade e a inclusão só trazem força e riqueza para todas as nossas existências", afirma Kim Riccelli, diretor da produção da HBO.

Os personagens são interpretados por Candy Mel e Adam Franco, ambos com histórico de militância e representatividade trans na mídia. Candy é vocalista da Banda Uó, apresentadora do Estação Plural, da TV Brasil, e foi a primeira mulher trans a estrelar uma campanha publicitária de uma grande marca de cosméticos.

Já Franco tem um canal de YouTube em que compartilha detalhes de sua transição para o masculino. "Estou até vermelho de tanta emoção. Tem muita representatividade sim, a gente estava lá representando a gente mesmo, bate muito com a [minha] história. Eu adorei fazer essa série", disse em vídeo publicado no último domingo.

Franco e Candy aparecem no décimo de 12 episódios. Em cada um deles, a personagem Sophia tenta ajudar casais a superarem barreiras, entenderem seus sentimentos e conhecerem melhor suas personalidades.

Este é o primeiro trabalho de Bruna Lombardi na TV em dez anos, e ela acredita que, assim como logo de cara sentiu familiaridade com Sophia, o público também se identificará com os dramas sentimentais e sexuais dos personagens.

"A relação dela com pacientes cresce [ao longo da série]. Acho que traduz muito a maneira que eu quero ver o mundo e que o mundo seja. Quero que as pessoas sejam verdadeiras, transparentes, autênticas. Somos pessoas de camadas, não somos lineares, unidimensionais. O mais legal é fazer com que isso seja explorado de vários ângulos e que, no fluxo da relação, isso seja transformador para os dois. Qualquer tipo de relação", discursa Bruna.

divulgação/hbo

Sophia (Bruna Lombardi) atende paciente em seu instituto na série A Vida Secreta dos Casais

Educação sexual
Além de explorar as nuances de relacionamentos e identidades sexuais, não falta sexo (quase explícito) em A Vida Secreta dos Casais. Logo nos primeiros minutos do episódio de estreia, várias cenas de pessoas nuas, com movimentos sexuais e expressões de prazer, tomaram conta da tela do canal.

Sem pudores nas gravações, elenco e direção afirmam que o sexo da série não tem a intenção de ofender ninguém e acreditam que a história pode até ajudar na teoria e na prática dos telespectadores sobre o assunto.

"Estamos num momento do planeta em que muito do sexo foi e ainda é visto de forma exploradora, gerando grandes e terríveis distorções. Ninguém pode se chocar com sexo sendo fruto dele. Acho que a visão dessas pessoas [conservadoras] está muito voltada para esse universo grotesco que se tornou um sinônimo de sexo, mas que absolutamente não é a verdadeira tradução", diz Bruna Lombardi.

"O sexo não é usado de uma maneira gratuita [na série], é bem delicado e acho que pode ajudar muita gente. É um serviço social quase", defende o ator Alejandro Claveaux.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Irmão na mira

Bob Weinstein durante fórum em Hollywood; produtor é acusado de assédio sexual - Divulgação Após o produtor Harvey Weinstein ser acusado de assédio, abuso sexual e estupro, o irmão dele, Bob, também se tornou alvo de denúncias. Ambos são os fundadores dos estúdios The Weinstein Company, entre os mais ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Bibi merece redenção em A Força do Querer?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook