PEAK TV

Em nova 'Era de Ouro', TV americana terá mais de 500 séries em 2017

Divulgação/HBO

O ator Jerome Flynn na sétima temporada de Game of Thrones: mais de 500 séries no ar - Divulgação/HBO

O ator Jerome Flynn na sétima temporada de Game of Thrones: mais de 500 séries no ar

JOÃO DA PAZ - Publicado em 09/08/2017, às 16h09

A atual "Era de Ouro" das séries ganhou uma nova marca nesta quinta-feira (9). O presidente do canal FX, John Landgraf, famoso por classificar a fase como Peak TV (TV no Auge), disse que 2017 vai bater um novo recorde na produção de séries. Pela primeira vez, serão realizadas mais de 500 (534) nos Estados Unidos, 79 a mais do que no ano passado. Isso sem contar as produções da Apple, estreante nesse mercado.

Landgraf distribuiu os dados de sua pesquisa em painel no último dia do seminário da TCA (Associação dos Críticos de Televisão dos Estados Unidos).

O streaming é quem mais ajuda no crescimento da Peak TV. Até agora, foram exibidas 62 séries na Netflix, Hulu, Amazon e serviços afins; no mesmo período de 2016, foram 51. Ainda há mais 79 séries de plataformas online que ficarão disponíveis até o final deste ano.

Considerando todos os canais, emissoras e plataformas, até julho foram exibidas 342 séries, 17 a mais do que nos sete primeiros meses do ano passado.

Na TV aberta e nos canais da TV paga, a produção de séries foi estável, de um ano para o outro. Foram exibidas 127 séries nas cinco redes norte-americanas em 2017 contra 118 em 2016, 130 contra 131 nos canais básicos da TV por assinatura e 25 contra 23 entre os canais de conteúdo premium. 

Os números são positivos para o mercado de séries, mas há o receio de que isso seja apenas uma bolha que uma hora vai estourar.

O canal A&E (de Bates Motel) e o WGN (de Manhattan) já desistiram de fazer produções roteirizadas. Como o próprio Landgraf disse há dois anos, a grande oferta de séries levaria o público a naturalmente escolher as atrações de canais de grife, como HBO, FX e Showtime, deixando opções alternativas de lado.

Canais da mesma linha do A&E, não especializados em séries, estão apenas com uma ou duas séries, o último fio que mantém sua presença na Peak TV. É o caso do Bravo (The Girlfriend’s Guide to Divorce), E! (The Royals e The Arrangement) e Lifetime (UnReal).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Reforço na notícia

Julia Duailibi, Patrícia Campos Mello e Fernando Schuler reforçarão o BandNews - Fotos: Divulgação A partir da próxima segunda (21), o BandNews terá três novos colunistas. As jornalistas Julia Duailibi e Patrícia Campos Mello e o cientista político Fernando Schuler vão se juntar à equipe do canal de notícias ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

O que você está achando dos vazamentos de Game of Thrones?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook
Click Click