NO UNIVERSO DOS X-MEN...

Em febre das séries de super-heróis, The Gifted valoriza drama familiar

Fotos: Divulgação/Fox

Natalie Alyn Lind, Percy Hynes White, Amy Acker e Stephen Moyer durante fuga de The Gifted - Fotos: Divulgação/Fox

Natalie Alyn Lind, Percy Hynes White, Amy Acker e Stephen Moyer durante fuga de The Gifted

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 03/10/2017, às 05h36

Em 2012, com a estreia de Arrow, teve início uma onda de séries de super-herói nunca antes vista na televisão. Cinco anos depois, o Arqueiro ganhou a companhia de mais de uma dezena de produções do gênero. Até 2018, serão mais oito. Em meio a essa febre televisiva de poderosos, The Gifted estreia nesta terça (3) na Fox com o diferencial de focar mais nas relações familiares do que nas super-habilidades de seus heróis.

A série se passa no universo dos X-Men e alguns mutantes dos quadrinhos têm papel coadjuvante na história. Mas os protagonistas são personagens criados para o programa: a família Strucker, formada por um casal humano que descobre que seus dois filhos têm habilidades especiais.

O patriarca Reed (Stephen Moyer, de True Blood) é um advogado que passou anos incriminando mutantes por crimes e atentados e precisa largar toda a vida que construiu para manter os filhos em segurança. A mãe, Caitlin (Amy Acker, de Angel), é uma enfermeira capaz de qualquer coisa para que a família fique unida.

A primogênita, Lauren (Natalie Alyn Lind), é uma garota popular no colégio que consegue criar campos de energia. O caçula, Andy (Percy Hynes White), por sua vez, é o oposto da irmã: um garoto nerd, que sofre bullying dos populares e tem dificuldade para lidar com seus poderes.

Para ajudar os Strucker a fugir dos agentes que caçam os habilidosos, Reed procura um grupo de mutantes que vive no submundo do Texas. O líder é Eclipse (Sean Teale), que pode emitir luz e rajadas de energia de seu corpo. Há também Blink (Jamie Chung), que pode criar portais de teletransporte (e a única que já tinha dado as caras no cinema, então vivida pela chinesa Fan Bingbing); e Pássaro Trovejante (Blair Redford), com força sobre-humana e os cinco sentidos apurados.

Emma Dumont é a mutante Polaris, que controla o magnetismo e provoca disputa entre heróis

O grupo de mutantes fica completo com Polaris (Emma Dumont), namorada de Eclipse que manipula o magnetismo e acaba presa com base na Lei Antimutante e condenada por Reed. Dessa forma, o patriarca precisará ganhar a confiança do líder mutante para que ele tope ajudar o homem responsável pela prisão de sua amada.

No primeiro episódio, The Gifted mistura drama e ação na medida certa. Os efeitos especiais para os poderes impressionam e a costura da trama é feita com maestria pelo diretor Bryan Singer, responsável por levar os X-Men para o cinema pela primeira vez em 2000 e que também comandou outros três filmes dos mutantes.

Fãs dos X-Men encontrarão na série uma adaptação muito mais próxima dos quadrinhos do que Legion, lançada em fevereiro deste ano. Enquanto a produção do FX é mais cabeçuda e exige atenção do público o tempo todo, The Gifted tem um clima mais leve e despretensioso, mas nem por isso menos interessante.

Também há algumas piadas internas espalhadas pela série que farão a alegria dos fanáticos: da já tradicional aparição de Stan Lee, criador dos X-Men, até o toque de celular de um personagem que reproduz a música-tema do desenho dos mutantes que fez muito sucesso na década de 1990.

The Gifted será exibida toda terça-feira, às 22h30, na Fox, apenas um dia após a transmissão do episódio nos Estados Unidos.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Irmão na mira

Bob Weinstein durante fórum em Hollywood; produtor é acusado de assédio sexual - Divulgação Após o produtor Harvey Weinstein ser acusado de assédio, abuso sexual e estupro, o irmão dele, Bob, também se tornou alvo de denúncias. Ambos são os fundadores dos estúdios The Weinstein Company, entre os mais ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Bibi merece redenção em A Força do Querer?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook