Fuga zumbi

Depois de temporada arrastada, pirataria de Walking Dead cai 50% no Brasil

Divulgação/AMC

Andrew Lincoln em imagem de Mercy, primeiro episódio da oitava temporada de Walking Dead - Divulgação/AMC

Andrew Lincoln em imagem de Mercy, primeiro episódio da oitava temporada de Walking Dead

REDAÇÃO - Publicado em 25/10/2017, às 05h03

A estreia do oitavo ano de Walking Dead perdeu público tanto na TV quanto na pirataria online. Downloads ilegais do episódio Mercy, exibido no domingo (22), caíram pela metade no Brasil e nos Estados Unidos. Já a evasão de telespectadores no canal AMC, em comparação com o começo da temporada anterior, foi de 33%. A falta de um gancho imperdível e a temporada anterior maçante contribuíram para a fuga de público.

No mundo todo, a pirataria da nova fase da série de zumbis teve uma queda de 42%, contabilizando o período de 24 horas após o episódio ir ao ar, segundo levantamento da empresa alemã Tecxipio, especializada em mensurar tráfego na internet.

A baixa na pirataria pode ser vista com bons olhos, caso a análise seja feita ao observar que o canal AMC, em parceria com a Fox International, exibe o drama zumbi em 125 países; na maioria deles, menos de 24 horas depois da estreia nos Estados Unidos. Ou seja: o telespectador não americano tem como acompanhar a série simultaneamente sem apelar para meios ilegais.

O mais provável, no entanto, é que o público tenha perdido interesse pela série, mesmo depois de uma agressiva ação do AMC para promover o duelo entre o herói  Rick Grimes (Andrew Lincoln) e o vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan), rotulado de Guerra Total, menção ao arco importante e explosivo contado na história em quadrinhos homônima na qual a série se baseia.

Apesar da queda, Walking Dead ainda é uma das séries mais assistidas da TV norte-americana entre o público adulto (de 18 a 49 anos): o número de telespectadores nessa faixa é maior do que o de The Big Bang Theory (CBS) e This Is Us (NBC).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

True Detective

True Detective

Ficha técnica: Drama, EUA, 2014. Criação: Nic Pizzolatto. Elenco: Matthew McConaughey, Woody Harrelson, Michelle Monaghan, Colin Farrell, Rachel McAdams, Taylor Kitsch, Vince Vaughn. Disponível na HBO e no Now.

Sinopse: A produção da HBO tem a proposta de a cada temporada retratar uma investigação criminal diferente. A primeira traz a caça a um serial killer, narrada em um intervalo de 17 anos. Já a segunda mostra três policiais californianos envolvidos em um caso sobre a morte de um empresário, que leva à descoberta de uma rede de corrupção.

Por que assistir: As duas temporadas são interessantes e têm seus pontos fortes, mas a de estreia é de longe a melhor, comparada a um filme de longa duração. Com cinco Emmys, incluindo melhor direção (Cary Joji Fukunaga), a trama cheia de referências filosóficas e cristãs foi sucesso de público e agradou à imprensa. Chama muito a atenção as atuações afiadas de Woody Harrelson e Matthew McCounahey, os detetives da trama.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Britannia na Fox

O dinamarquês Nikolaj Lie Kaas em cena da série Britannia: estreia em 1º de abril - Divulgação/Sky Atlantic A superprodução Britannia, que mostra o avanço dos romanos sobre o território britânico, chegará ao Brasil em 1º de abril, no canal Fox Premium 2. Criada por Jez Butterworth, de 007 Contra Spectre, a série ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Com quem Maria Vitória deve ficar em Tempo de Amar?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook