Tristeza zumbi

De Glenn à filha de Carol: relembre os lutos mais doloridos de Walking Dead

Fotos: Divulgação/AMC

Steven Yeun e Madison Lintz em Walking Dead: mortes desencadearam períodos de tristeza - Fotos: Divulgação/AMC

Steven Yeun e Madison Lintz em Walking Dead: mortes desencadearam períodos de tristeza

JOÃO DA PAZ - Publicado em 17/12/2017, às 06h45

[Atenção: este texto contém spoilers]

A série The Walking Dead está prestes a passar por mais um período de luto profundo. Querido pelos fãs, o jovem Carl Grimes (Chandler Riggs) dará adeus na segunda metade da oitava temporada, que estreia em fevereiro. Sua morte incitará mais dor e inflamará o ódio dos sobreviventes do apocalipse zumbi, como ocorreu anteriormente com as despedidas do carismático Glenn (Steven Yeun) e de Sophia (Madison Lintz), filha de Carol (Melissa McBride).

Carl foi mordido na barriga por um zumbi. Ele mostrou a ferida para o pai, Rick (Andrew Lincoln), no término do oitavo episódio, exibido no último domingo (10). Na volta da série, ele fará um último pedido ao xerife: não mate todos os Salvadores, como são chamados os capangas do vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan).

A reação de Rick, no entanto, deve ser a violência, além de um luto profundo. Afinal, ele quer se vingar de Negan desde as mortes de Glenn e Abraham (Michael Cudlitz). Relembre a seguir os lutos mais doloridos de Waking Dead:

Sophia (Madison Lintz) virou zumbi e o xerife Rick Grimes (Andrew Lincoln) teve de matá-la

Menina zumbi
Uma das histórias mais comoventes de Walking Dead envolveu mãe e filha, Carol e a menina Sophia. Na segunda temporada, a garota de 12 anos desapareceu e deixou a dona de casa aos prantos. Enquanto Carol orava, pedindo a volta da filha, Shane (Jon Bernthal) a perturbava tentando convencê-la de que a criança já estava morta. A busca por Sophia durou dias.

No sétimo episódio, o grupo de sobreviventes se deparou com um bando de zumbis dentro de um celeiro. Todos ficaram em silêncio ao verem uma morta-viva com a roupa de Sophia, uma camiseta com a estampa de um arco-íris _até Shane se calou. Rick tomou coragem e deu um tiro na cabeça da garota morta.

A tragédia deixou Carol, até então uma mulher submissa, sombria e insensível. Ela passou a pegar em armas e a ser uma das personagens mais duronas. Raramente Carol menciona a perda da filha. (Clique aqui e assista o episódio no Now

Após o nascimento de Judith, Carl (Chandler Riggs) conversa com a mãe, Lori (Sarah Callies) 

Filho mata mãe
No quarto episódio da terceira temporada, The Walking Dead teve uma cena digna de novela. Lori Grimes (Sarah Wayne Callies), mulher do protagonista Rick, perdeu muito sangue depois de dar à luz Judith. Quem fez o parto foi Maggie (Lauren Cohan), que tentou deixar Carl distante para não presenciar uma possível fatalidade. Mas ela não teve êxito.

O menino ficou ao lado da mãe durante toda a cesárea improvisada em um presídio abandonado. A criança nasceu bem, saudável, porém a mãe estava debilitada e morrendo aos poucos. Carl tomou uma atitude surpreendente e, antes de Lori virar zumbi, atirou na cabeça da própria mãe.

A morte atormentou o adolescente durante dias. Beth (Emily Kinney) foi escalada para consolá-lo. Carl amadureceu rápido, virou um irmão coruja e buscou forças para seguir na jornada, sem receio de se armar e ajudar na luta pela sobrevivência. (Clique aqui e assista o episódio no Now)

O velhinho Hershel Greene (Scott Wilson) foi decapitado pelo Governador (David Morrissey) 

Decapitação à luz do dia
A crueldade da morte de Hershel Greene (Scott Wilson) chocou todos os fãs da série. No oitavo episódio da quarta temporada, o velhinho boa praça foi decapitado pelo vilão Governador (David Morrissey). Foi o estopim para um intenso tiroteio no lado de fora da prisão em que viviam os protagonistas da série.

Quem mais sentiu a perda foram as filhas de Hershel, Maggie e Beth. Elas testemunharam a morte do pai e ficaram horrorizadas, inertes. Tara Chambler (Alanna Masterson) também ficou sentida, porque estava bem próxima da decapitação.

Hershel gerou uma cena marcante: Michonne (Danai Gurira) enfiou a sua espada na cabeça zumbificada do velhinho, ainda ativa mesmo longe do corpo. (Clique aqui e assista o episódio no Now)

Em cena icônica da série, Daryl (Norman Reedus) carrega corpo morto de Beth (Emily Kinney)

Adeus da inocente
A morte de Beth (Emily Kinney) foi um incidente e provocou ira em Daryl (Norman Reedus). A despedida ocorreu no oitavo episódio da quinta temporada. Beth estava cativa em um hospital, sob o comando de policiais e médicos. Os sobreviventes estavam em busca da loira e não cessaram até encontrá-la.

Em meio a uma negociação de troca de reféns, Beth atacou Dawn Lerner (Christine Woods), uma policial que a subjugava, com uma tesoura. O ataque inesperado fez Dawn disparar uma arma bem na cabeça de Beth.

Daryl reagiu instintivamente e matou Dawn na hora. A cena do herói carregando Beth nos braços ao sair do hospital, com Maggie caindo no chão desesperada ao ver a irmã morta, é uma das mais emotivas da série. Tanto Daryl quanto Maggie sentiram a perda de uma das pessoas mais inocentes da turma. (Clique aqui e assista o episódio no Now)

O ruivo Abraham (Michael Cudlitz) foi uma das vítimas do vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan)

Pauladas sem dó
Entre as mortes que afetaram profundamente todos os personagens de Walking Dead estão as de Glenn e Abraham. No primeiro episódio da sétima temporada, eles foram vítimas de Lucille, o taco de beisebol "vestido" de arame farpado do vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan). 

A dupla foi escolhida por Negan na base do jogo uni-duni-tê. Glenn era o marido de Maggie e a deixou grávida. Abraham estava se aproximando de Sasha (Sonequa Martin-Green) e também teve um caso com Rosita (Christian Serratos). Mesmo assim, todos os sobreviventes do grupo de Rick sentiram as mortes.

A barbárie serviu como combustível para que o grupo procurasse se vingar do vilão durante toda a sétima e oitava temporadas. Maggie, a viúva, não se abateu: assumiu uma postura de maior liderança e se tornou chefe da colônia Hilltop. Sua obsessão é matar Negan.

Notícias da TV Recomenda

The Walking Dead

The Walking Dead

Ficha técnica: Terror, EUA, 2010. Showrunner: Scott Gimple. Elenco: Andrew Lincoln, Norman Reedus, Melissa McBride, Lauren Cohan, Danai Gurira, Chandler Riggs, Jeffrey Dean Morgan. Disponível na Fox e no Now.

Por que assistir: The Walking Dead é mais do que uma simples matança de zumbis (apesar de haver desconcertantes massacres). O drama expõe como o ser humano age na escassez e no caos e precisa da ajuda do outro para sobreviver. E não há espaço para gente frouxa nesse mundo, todos têm de pegar em armas.

Assista agora no NOW

 

 

Enquete

Qual protagonista de Deus Salve o Rei você mataria?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook