Downloads ilegais

Brasileiros lideram ranking mundial de pirataria de séries

Divulgação/HBO

A atriz Emilia Clarke como Daenerys Targaryen em episódio da quarta temporada de Game of Thrones - Divulgação/HBO

A atriz Emilia Clarke como Daenerys Targaryen em episódio da quarta temporada de Game of Thrones

JOÃO DA PAZ - Publicado em 20/08/2014, às 15h02

Levantamento divulgado nesta quarta (20) revela dados impressionantes sobre a pirataria de séries de televisão. O Brasil é o país que tem o maior número de usuários fazendo downloads ilegais. Entre abril e junho, 7,2 milhões de brasileiros baixaram pelo menos um episódio na internet, sem pagar nada por ele. Outro dado surpreendente: a série Game of Thrones tem quatro vezes mais audiência entre "piratas" do que na TV norte-americana.

O estudo foi feito pelo instituto Tru Optik, dos Estados Unidos. Foram compilados os dados de downloads feitos pelo sistema de compartilhamento P2P, do inglês peer-to-peer, pessoa para pessoa em tradução livre. O destaque dado ao Brasil é pelo número de IPs (protocolo de internet, vulgarmente conhecido por endereço de computador) que baixaram séries via torrents, programas que permitem a troca de arquivos entre usuários.

O Brasil supera os Estados Unidos, segundo lugar no ranking de pirataria por indivíduos, com 6,7 milhões de usuários baixando ilegalmente, e a Austrália (5,3 milhões).

A série Game of Thrones (GoT) é a mais pirateada em todo o mundo. De abril a junho, 298 milhões de downloads da série foram realizados no mundo todo. No mesmo período, a série esteve no ar na TV por assinatura. Nos Estados Unidos, os dez episódios da quarta temporada acumularam 68 milhões de telespectadores.

Os números relacionados a Game of Thrones comprovam a popularidade da série em todo o mundo e a dificuldade de se conseguir assisti-la pelo meio convencional, mesmo com o esforço da HBO em transmitir os episódios em tempo real para outros países (Brasil, por exemplo). A explicação está no preço dos canais HBO, os mais caros nos pacotes de TV por assinatura em todo o mundo.

A série mais assistida entre os norte-americanos, The Big Bang Theory, aparece com destaque no ranking de downloads ilegais, atrás apenas de Game of Thrones (mas bem atrás): 63,2 milhões de episódios baixados. A sétima temporada da série nerd rendeu para a rede CBS 20,44 milhões de telespectadores por episódio.

Como surpresa na lista figura Orange is The New Black, popular série da Netflix. Sucesso no provedor de vídeos por streaming, foi baixada ilegalmente 60,8 milhões de vezes no segundo trimestre deste ano.

Confira a lista com as dez séries com maiores números de downloads ilícitos no segundo quarto de 2014:

1 - Game of Thrones: 298,9 milhões de downloads

2 - The Big Bang Theory: 63,2 milhões

3 - Orange is The New Black: 60,8 milhões

4 - Mad Men: 55,7 milhões

5 - Arrow: 53,2 milhões

6 - How I Met Your Mother: 51,5 milhões

7 - The 100: 50,1 milhões

8 - Fargo: 46,8 milhões

9 - Modern Family: 44,7 milhões

10 - 24: Live Another Day: 43,8 milhões


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Vikings

Vikings

Ficha técnica: Aventura, Histórico, Irlanda/Canadá, 2013. Criação: Michael Hirst. Elenco: Travis Fimmel, Katheryn Winnick, Gustaf Skarsgård, Alexander Ludwig. Disponível no Now.

Sinopse: A série mostra a história do viking Ragner Lothbrok (Travis Fimmel), um dos mais conhecidos heróis nórdicos e considerado o flagelo da Inglaterra e da França. Entre o romance com Lagertha (Katheryn Winnick) e a relação com os três filhos, há guerras, destruição e muita pilhagem.

Por que assistir: A primeira produção de ficção do History Channel já foi indicada a 11 categorias técnicas do Emmy, de efeitos especiais a maquiagem, mas também chama a atenção por seu elenco: a quinta temporada conta com o reforço de Jonathan Rhys Meyers, ganhador do Globo de Ouro e do festival de Monte-Carlo. Com muita violência e mulheres empoderadas, a série tem atrativos para todos os públicos.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Amor acaba

Gillian Jacobs e Paul Rust em Love; comédia termina com a terceira temporada - Divulgação/Netflix A terceira temporada de Love será a última. A comédia da Netflix, do showrunner Judd Apatow (Girls), retornará com novos episódios em 9 de março, com a oportunidade de dar um desfecho apropriado à história ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem você gostaria que substituísse Cátia Fonseca no Mulheres?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook