ANÁLISE | TELEDRAMATURGIA

Com vilã impetuosa em Rock Story, Alinne Moraes chega ao auge na carreira

Reprodução/Globo

Alinne Moraes em cena como a antagonista vaidosa e impulsiva Diana, de Rock Story - Reprodução/Globo

Alinne Moraes em cena como a antagonista vaidosa e impulsiva Diana, de Rock Story

RAPHAEL SCIRE - Publicado em 27/02/2017, às 08h10

Quando o elenco de Rock Story, novela das sete da Globo, ainda estava em fase de escalação, a primeira opção pensada para a mocinha da história foi Alinne Moraes. Mas a atriz pediu para trocar de papel, queria dar vida à vilã Diana. Uma das personagens mais completas do folhetim, a antagonista possibilita à intérprete um salto qualitativo na sua carreira na televisão.

Em capítulos recentes, a vilã vem passando por uma verdadeira reviravolta. Depois do recurso manjado do casamento desfeito à beira do altar, quando abandonou Léo Régis (Rafael Vitti), a filha de Gordo (Herson Capri) finalmente confessou que ainda ama Gui (Vladimir Brichta) e que agora fará de tudo para reconquistar o ex.

Embora não seja uma vilã arquetípica, que passa a novela inteira tramando suas maldades para conseguir alcançar seus objetivos, Diana é o principal conflito para melar o romance do roqueiro com Julia (Nathalia Dill).

Impetuosa e vaidosa, no início gostava de ver Gui se rastejando atrás dela. Como mãe, é extremamente exigente com a filha Chiara (Lara Cariello), a quem também aliena para se aproximar do amor de sua vida. São pequenas "maldades" que deixam claro seu papel de antagonista, mas não chegam a caracterizá-la com perversidade.

O grande objetivo de Diana, agora, passará a ser reconstruir sua família. É justamente nessa busca que a personagem passa por modificações das mais interessantes. Humana, sofre com o desprezo de Gui. Ao mesmo tempo, isso fará com que ela aja friamente, a ponto de não medir esforços para tirar Julia de seu caminho. Será Diana quem denunciará a rival, após descobrir que a bailarina é procurada pela polícia.

Por outro lado, a diretora artística passará a enfrentar a hostilidade de Léo Régis, cada vez mais obcecado em se vingar do abandono no altar. Sem dinheiro para sustentar a gravadora que tem junto com o pai, ela verá o ex namorado se aliar a uma concorrente para destruir a empresa que administra. Tudo, é claro, armado por Lázaro (João Vicente de Castro), para quem Diana não dá a mínima, mesmo sabendo da paixão que o empresário nutre por ela.

Trata-se de mais uma maneira que a autora, Maria Helena Nascimento, encontrou para amaciar a vilania de Diana. É certo que a mocinha de Nathalia Dill não sofre rejeição, mas Julia encontra em Diana um polo oposto forte o suficiente para dividir a torcida do público. E Alinne Moraes, sem dúvida, contribui para essa identificação.

A virada da personagem trouxe uma exposição positiva ao trabalho de Alinne. Nas nuances sutis da personagem, que mistura impetuosidade com arrogância, passando pelo verdadeiro sofrimento de ter sido a responsável pela ruína da própria família ao trair Gui com Léo, a atriz conseguiu encontrar o tom exato da interpretação de Diana.

Só para título de comparação, ela não repete o histrionismo de outra vilã a que deu vida, Maria Silvia, de Duas Caras (2007), nem chega perto da doçura de Lívia, a mocinha de Além do Tempo (2015), outro bom momento de sua carreira.

Ao pedir para mudar de personagem, Alinne Moraes certamente deve ter enxergado os potenciais dramáticos que Diana possibilitaria. Foi uma troca acertada e, no ritmo que anda a história, não é nada difícil o público começar a torcer para que a antagonista tenha um final feliz digno de mocinha. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Irmãos à Obra: O Duelo

Irmãos à Obra: O Duelo

Ficha técnica: Irmãos à Obra: O Duelo. Canadá, 2013, 42 min. Elenco: Jonathan Scott, Drew Scott, JD Scott, David Bromstad. Disponível no Discovery Home & Health e no Now.

Sinopse: Os irmãos gêmeos idênticos Jonathan e Drew Scott são especialistas em obras e reformas de residências e transformam ambientes de casas das pessoas que se inscrevem. Em Irmãos à Obra: O Duelo, os dois competem entre si em desafios semanais para fazer reformas capazes de aumentar o valor dos imóveis. A equipe que conseguir valorizar mais a casa em que trabalhou é a vencedora do episódio.

Por que assistir: Jonathan, Drew e os profissionais que trabalham nas reformas usam orçamentos reais das pessoas que os "contratam". Ou seja, além do entretenimento de ver o antes e o depois das transformações, as obras seguem padrões reais de decoração, sem luxo extremo e fora da realidade, o que serve de inspiração aos telespectadores.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Novo The Voice

As cantoras Hailee Steinfeld e Kelly Clarkson estão na 14ª temporada do The Voice - Divulgação/Sony A partir do dia 28, o canal Sony transmitirá a 14ª temporada do The Voice, em sua versão norte-americana. Os episódios inéditos contam com uma nova técnica: a cantora Kelly Clarkson. Vencedora primeira temporada do ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Com quem Maria Vitória deve ficar em Tempo de Amar?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook