Novela das nove

Análise: Repetitiva, A Lei do Amor parece cachorro tentando morder o próprio rabo

Reprodução/Globo

Pedro (Reynaldo Gianecchini) descobriu que tem duas filhas ao longo de A Lei do Amor - Reprodução/Globo

Pedro (Reynaldo Gianecchini) descobriu que tem duas filhas ao longo de A Lei do Amor

RAPHAEL SCIRE - Publicado em 18/02/2017, às 07h20

Mudanças fazem parte do processo de qualquer obra aberta e longa como as telenovelas, mas o que se vê em A Lei do Amor, a trama das nove da Globo, é que tantas foram as alterações que a história chegou a um ponto de desgaste no qual os autores começam a repetir situações já usadas no próprio folhetim. Como um cachorro que tenta morder o próprio rabo, A Lei do Amor se movimenta, mas gira ao redor de si mesma.

Pedro (Reynaldo Gianechinni) descobriu duas filhas que desconhecia. A primeira vez foi Letícia (Isabella Santoni), fruto de seu relacionamento com Helô (Cláudia Abreu). A descoberta gerou conflitos iniciais, mas Letícia sofreu um choque de personalidade e, de garota pentelha, passou a mocinha passiva que aceita sem maiores questionamentos as viradas do destino _inclusive o fato de o marido, Tiago (Humberto Carrão), viver choramingando pelos cantos, atormentado pelo fantasma de Isabela/Marina (Alice Wegmann).

Algum tempo depois, o mesmo Pedro recebe a notícia de que tem outra filha, dessa vez com a angolana Laura (Heloísa Jorge), em uma tentativa de gerar algum desgaste no romance pouco conflituoso com Helô. O "inusitado" não deixou de ser notado por outro personagem da novela, Elio (João Campos), que lembrou a Pedro que ele foi "duas vezes vítima da mesma situação, com duas mulheres diferentes".

Laura, por sua vez, é peça de um jogo também já utilizado em A Lei do Amor. A situação da mulher que volta do passado para abalar um relacionamento foi artimanha de Tião (José Mayer) para separar o casal principal. Engraçado é que o próprio vilão confessou ter se inspirado em uma armação de Magnólia (Vera Holtz), que trouxe Beth (Regiane Alves) do exterior para minar a reaproximação de Vitória (Camila Morgado) e Augusto (Ricardo Tozzi).

Nas próximas semanas, o romance de Helô e Pedro será baqueado do mesmo jeito que foi no início da novela: após um flagrante do mocinho na cama com outra mulher. Na primeira fase, os dois se separaram depois que Helô (Isabelle Drummond) viu Pedro (Chay Suede) na cama com Suzana (Gabriela Duarte). Agora, a heroína ficará surpresa ao testemunhar a traição do amado com Laura. E mais uma vez esconderá de Pedro que espera um filho dele. Puxado...

Por fim, um tópico que ainda vai acontecer mas dá pistas de que se trata de uma história requentada. Aline (Arianne Botelho), a ótima megerinha que sumiu da novela por uns tempos, voltará a dar as caras na fictícia São Dimas para atormentar a tudo e a todos. O choque da vez será a descoberta da nova profissão da moça, prostituta de luxo.

Em uma clara alusão à novela Verdades Secretas (2015), A Lei do Amor tentou explorar o universo da prostituição duas vezes anteriormente: com Camila (Bruna Hamú), que apanhou de Tião e logo se afastou da "vida fácil", e com Jéssica (Marcella Rica). No início, Jéssica tinha ares de vilania e fazia de tudo para afrontar a mãe, Salete (Claudia Raia).

Agora, quem passará a infernizar a progenitora é Aline. Sua volta irá expor o difícil relacionamento que tem com Yara (Emanuelle Araújo). A assistente de Helô não aceitará a vida que a filha leva e fará de tudo para tirá-la da prostituição, tal qual Salete fez com Jéssica.

Isso sem contar o recurso da câmera escondida, explorado três vezes em A Lei do Amor: primeiro por Magnólia para monitorar Fausto (Tarcísio Meira), depois por Pedro e Ana Luisa (Bianca Müller) para acompanhar a movimentação no quarto de Ciro. Por sua vez, o filho de Silvia (Regina Braga) usou uma caneta com microcâmera para gravar a confissão dos crimes de Magnólia. Pegadinha com o público?

Não há como negar que A Lei do Amor é uma novela movimentada, com acontecimentos que não a deixam cair no marasmo, mas o que se acompanha é um dinamismo pouco criativo da história, que chega à reta final completamente desfigurada e apelando para o recurso da repetição. Não precisava.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Datena vice-líder

O apresentador José Luíz Datena na edição de ontem (27) do Brasil Urgente - Reprodução/Band Na iminência da greve geral no país inteiro, os noticiosos da Band tiveram bom desempenho de audiência ontem (27). O Brasil Urgente nacional, exibido das 16h às 18h30, registrou 5,3 pontos na Grande São Paulo ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem é seu personagem favorito de A Força do Querer?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook