Novela das seis

Tempo de Amar: Maria Vitória descobre que é filha de Celeste Hermínia

Reprodução/TV Globo

Vitória Strada (Maria Vitória) e Marisa Orth (Celeste Hermínia) em cenas de Tempo de Amar - Reprodução/TV Globo

Vitória Strada (Maria Vitória) e Marisa Orth (Celeste Hermínia) em cenas de Tempo de Amar

ODARA GALLO - Publicado em 11/11/2017, às 08h43

Maria Vitória (Vitória Strada) descobrirá que foi vítima de uma farsa ao reencontrar sua mãe. A mocinha de Tempo de Amar ficará surpresa com a revelação de que é filha de Celeste Hermínia (Marisa Orth) e que a separação das duas foi armada por Delfina (Letícia Sabatella), amante de José Augusto (Tony Ramos).

O reencontro de mãe e filha está previsto para ir ao ar em 13 de dezembro na cena em que a cantora de fado quase se afoga na praia e é socorrida por Maria Vitória. A personagem de Vitória Strada, que acreditava ter perdido a mãe quando ainda era um bebê, se apresentará após o salvamento.

"Tu quem és?", perguntará a fadista. "Sou Maria Vitória, de Morros Verdes. Filha de tua amiga Mafalda", responderá a mocinha, que a essa altura da trama já terá reencontrado sua tia, Alzira (Deborah Evelyn). "Eu sou Mafalda. Eu sou tua mãe!", revelará Celeste.

"Não entendo... Se a senhora é minha mãe, por que me deixou em Portugal? Por que me abandonou?", cobrará Maria Vitória. "Não te abandonei. Fui forçada a deixar-te", esclarecerá a cantora, ainda emocionada pelo reencontro.

Separação
Celeste Hermínia explicará que, logo após do nascimento da filha, descobriu que José Augusto tinha um caso com Delfina e que Tereza (Olivia Torres) era fruto dessa relação. "Tereza é minha irmã? Meu Deus! Nós fomos criadas juntas, mas como amigas. E foi por esse motivo que a senhora me abandonou?", questionará a protagonista.

"Não. Tu virias comigo para o Brasil. Eu planejei tudo. Sairia da Quinta contigo em um dia em que José Augusto estivesse viajando", contará a cantora. No meio da fala, entrará uma cena em flashback em que ela aparecerá pronta para fugir com o bebê quando o pai de Maria Vitória aparece.

"E meu pai impediu a senhora de levar-me?", questionará a personagem de Vitória Strada. "Eu tentei resistir. Eu briguei por ti", responderá a mãe. Celeste Hermínia lembrará José Augusto já estava sabendo de sua fuga e se antecipou em pedir a guarda da filha. A cantora acabou expulsa de casa por policiais depois de ter Maria Vitória arrancada de seus braços.

"Ainda vi José Augusto contigo no colo, à porta da casa. Vi o ódio que ele sentia por mim. E quanto ódio eu tive dele. Fui levada para a cidade do Porto, onde embarcaram-me à força no navio. Os policiais vigiaram-me até que o navio zarpou", lembrará a fadista, sofrida.

"Sempre me disseram que minha mãe tinha morrido de pneumonia, na cidade do Porto", dirá a mocinha, impactada com a revelação.

"Quase morri. Mas foi de sofrimento. Reconstruí minha vida. Conquistei fama e sucesso com meu fado. Mas sempre senti esse vazio imenso no coração. Tua ausência sempre foi maior do que tudo", responderá Celeste Hermínia.

 

 

Últimas de Tempo de Amar

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook