Novela das seis

Tempo de Amar: Lucerne chora ao revelar drama da filha perdida na França

Reprodução/TV Globo

Regina Duarte (Lucerne) em cena de Tempo de Amar; cafetina não sabe o paradeiro da filha - Reprodução/TV Globo

Regina Duarte (Lucerne) em cena de Tempo de Amar; cafetina não sabe o paradeiro da filha

ODARA GALLO - Publicado em 01/02/2018, às 05h59

Lucerne (Regina Duarte) revelará seu drama do passado nos próximos capítulos de Tempo de Amar. Em conversa com Gilberte (Maria Eduarda Carvalho), a cafetina justificará suas várias faces na trama como forma de disfarçar o grande sofrimento de ter se separado da filha. Assim como a protagonista Maria Vitória (Vitória Strada) e sua mãe, Celeste Hermínia (Marisa Orth), a dona do cabaré teve uma criança arrancada dos braços na Europa, antes de partir para o Brasil.

Gilberte verá Lucerne melancólica olhando para a foto de uma menininha e perguntará o motivo da tristeza. "Ando tomada por lembranças, Gigi. Às vezes, não sei se as levo comigo, ou se são elas que me arrastam pela vida afora", responderá.

"Essa foto é mesmo da senhora quando pequena, como disse-me um dia?", insistirá a ruiva. "Você sabe que não, minha querida. Eu menti para você, tentando esconder uma imensa dor de mim mesma. Essa menina triste é minha filha", revelará.

A dançarina ficará chocada ao saber do segredo da patroa. "Nós estávamos na França nos anos turbulentos que precederam a Primeira Grande Guerra. Eram tempos difíceis como você não pode imaginar. Minha filha, Gigi... Minha menina foi levada de mim", relembrará a personagem de Regina Duarte, sofrida.

"Ela foi tirada da senhora?", perguntará Gilberte. "Sim. Eu nunca soube por quem e nem para onde. Estava tudo tão confuso naqueles dias. Havia muito medo. Famílias inteiras foram desfeitas. Não sei se por crueldade ou por engano, levaram a minha Cecília", relatará Lucerne.

"Eu a procurei, obsessivamente, durante anos e anos... Em vão. Tudo que tenho é essa foto e a certeza de que, um dia, ainda vou saber de minha filha. Cecília era encantadora. Eu rezo tanto para que tenha sido amparada por alguma boa família, Gigi", emendará a dona do cabaré.

"Agora entendo por que a senhora vai tanto à igreja. E apoia tanto os orfanatos", comentará a dançarina. "Entende também por que eu disfarço-me em muitas faces? A guerreira, a trapaceira, a sedutora, a galhofeira... A francesa de Botucatu. Todas elas são uma tentativa de esconder que não sou uma mulher completa. Falta um pedaço", justificará ela, aos prantos.

A cena está prevista para ir ao ar no dia 26 de fevereiro.

 

 

Últimas de Tempo de Amar

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook