Novela das nove

O Outro Lado do Paraíso: Sophia 'mãos de tesoura' mata Mariano e é pega no flagra

Raquel Cunha/TV Globo

Sophia (Marieta Severo) e Mariano (Juliano Cazarré) em cena; madame matará amante - Raquel Cunha/TV Globo

Sophia (Marieta Severo) e Mariano (Juliano Cazarré) em cena; madame matará amante

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 06/03/2018, às 05h00 - Atualizado às 06h17

Mariano (Juliano Cazarré) vai ser a próxima vítima de Sophia (Marieta Severo) em O Outro Lado do Paraíso. Ele vai chantagear a madame e será surpreendido com tesouradas quando a amante pedir um último abraço. A "mãos de tesoura" vai pular em cima do garimpeiro e gritar "eu te amo" antes de ser flagrada por Zé Victor (Rafael Losso).

"Matou ele de morte bem matada. Não tem o que explicar, dona Sophia. Eu vi quando deu as tesourada. Nem tentei salvar pra não morrer também. A senhora tá ferrada", dirá o chefe do garimpo, que arrancará a tesoura das mãos da patroa.

Ela alegará que só o matou porque foi traída. Afirmará que não aguentou ser trocada pela filha, Lívia (Grazi Massafera). Mas Zé Victor não engolirá a história.

"Teve outras mortes a tesouradas. O Rato [Cesar Ferrario] que era unha e carne com a senhora morreu de tesourada também. Eu lembro aquela tarde que nós saiu e deixou a senhora mais o Rato. Nunca mais viro ele com vida. A situação tá difícil", avisará o pai do filho de Tônia (Patrícia Elizardo).

A mãe de Gael (Sergio Guizé) resolverá jogar limpo. "Matei o Mariano. Deus sabe que nunca pensei em matar, justamente esse homem que eu amava. Mas matei. Me ajuda a sumir com o corpo. Não vai se arrepender. Pega um lençol. Vamos enrolar o corpo do Mariano. Eu estou de carro. Você é forte. Carrega pedra, consegue carregar o corpo também", ordenará Sophia, após sinalizar que ele será recompensado.

Raquel Cunha/Tv Globo

Laerte (Raphael Vianna) foi assassinado por Sophia (Marieta Severo) após fazer chantagem

"Não vou cometer o mesmo erro que cometi com o Rato. Você pega uma pá. Faz uma cova. Enterra. Vou com você", comentará Sophia. Longe do garimpo, eles queimarão lençol, tesoura e até as roupas dela, que ficarão cheias de sangue.

Brinco de recordação
Ela tirará o brinco de Mariano para levar como lembrança. O acessório depois será guardado em uma caixinha de joias no quarto da  madame. O roteiro detalha bem a retirada da recordação, que mais para a frente deverá servir como prova contra a assassina.

Zé Victor vai virar cúmplice da serial killer, avisando o tempo todo que é forte e que não vai morrer como os outros chantageadores. Ele exigirá uma casa e participação nos lucros da mina. A princípio, Sophia fingirá que vai dar o que ele quer.

O caminho que Zé Victor vai pegar é o mesmo traçado por Mariano e todas as vítimas que o público já viu a "maos de tesoura" matar na novela. Antes de receber o abraço da morte, o personagem de Juliano Cazarré também chantageará a patroa.

Repeteco atrás de repeteco
O namorado de Lívia exigirá uma casa para morar com a patricinha e dinheiro para montar um negócio em Pedra Santa. Vai se vangloriar de ter Sophia nas mãos.

Mariano vai investigar a amante depois que Lívia terminar o namoro com ele. Essa história do triângulo amoroso ficará dando voltas até a última semana de março.

reprodução/Tv Globo

Sophia (Marieta Severo) na cena que antecedeu o assassinato de Vanessa (Fernanda Nizzato)

Pressionada pela mãe a largar o garimpeiro e também avisada por Gael (Sergio Guizé) de que Sophia estava aos beijos com Mariano no garimpo, Lívia afirmará que só reatará o namoro com o cabeludo se tiver a permissão da megera para continuar criando Tomaz (Vitor Figueiredo).

Depois de ouvir um zum-zum-zum no bordel, o personagem de Cazarré insistirá para Caetana (Laura Cardoso) contar o que sabe sobre o passado de Sophia. A cafetina revelará que a madame era prostituta e matou um amante com uma tesoura na época em que trabalhava para ela.

Teste fatal
Assim como fez com Laerte (Raphael Vianna), Caetana detalhará o antigo crime que abalou Pedra Santa. Mas, dessa vez, ela ligará a dona do garimpo aos recentes assassinatos a tesouradas. Mariano sairá rindo da cara dela. O garimpeiro não vai acreditar, mas resolverá testar Sophia com a história. 

"Agenor. Lembra desse nome, Sophia? Faz tanto tempo, mas eu descobri. Cê matou esse homem na tesourada. Teu passado taí, Sophia. Matou o Laerte também. Tesourada, igual ao Agenor. E bota na conta a coitada da Vanessa [Fernanda Nizzato]", dirá Mariano.

Sophia ficará surpresa. "E o Rato. Não sei como lidou com o Rato que era enorme. Mas matou. Não tenta dizer que não, Sophia. Se disser que não fez nada disso, saio daqui e conto pra polícia. Vai ter que explicar tudo pra eles", continuará ele.

reprodução/TV Globo

Sophia (Marieta Severo) na cena em que atacou o personagem de Cesar Ferrario na trama

A madame pedirá para a polícia ficar fora da conversa. "É como eu pensava. Eu vendo meu silêncio. Cê arruma uma casa em Pedra Santa e me deixa morar com a Lívia e o menino! Nós três, que eu crio ele como pai. Dá uma grana, pra eu montar um negócio, não quero mais trabalhar aqui. Deixa nós em paz. E eu te deixo em paz, Sophia", vai propor Mariano.

Ele não vai querer ceder, mas perguntará o que motivou Sophia a virar uma assassina em série. "O Laerte quis me chantagear, aquela garota também. O Rato, que era meu homem de confiança, tentou tirar uma fortuna de mim", revelará a mãe de Gael. "Eu não sei como deu conta dele", comentará o garimpeiro.

"Disse que o pneu do carro tinha furado, ele se abaixou pra olhar. Foi fácil", contará a assassina. "Eu tenho você nas mãos, Sophia. Eu te ponho na cadeia a hora que quiser. Mas eu amo a Lívia. Me deixa viver em paz com ela e fico quieto. Só que eu quero uma vida boa, não por mim. Mas pela Lívia e pelo menino que tão acostumado. Combinado?", indagará o cabeludo.

Abraço da morte
Ela dirá "você venceu" para Mariano e começará a choramingar que precisa de uma despedida. "Vamos nos despedir como amigos. Ou melhor, como um casal que um dia se gostou. Me dá um abraço", pedirá. "Cê é maluca por mim, mulher", vai se envaidecer ele. "Um abraço, Mariano. Terminamos com carinho", suplicará ela.

"Dou até um beijo", falará o garimpeiro. "Melhor ainda. Eu quero sentir tua boca, teus braços mais uma vez", sussurrará Sophia. Ele vai abraçar a madame, que tirará da bolsa uma tesoura e enfiará o objeto na barriga do garimpeiro. 

Mariano vai cambalear e será golpeado mais vezes até cair. Sophia vai se atirar sobre o amante. "Eu te amo, Mariano. Eu te amo", gritará até ficar de cara com Zé Victor. As cenas estão previstas para irem ao ar entre os dias 2 e 3 de abril em O Outro Lado do Paraíso.

Mistério no quilombo
A sequência, no entanto, pode não ser a despedida de Juliano Cazarré da trama. Logo após o corpo do garimpeiro ser enterrado, uma cena mostrará a Mãe (Zezé Motta) do quilombo da Formiga preparando seu café com o dia amanhecendo.

Ela ouvirá um barrulho, como um arranhar, e abrirá a porta. "Olha para baixo, como se visse algo ou alguém", indica o roteiro. Depois, ela voltará a aparecer em cena preparando ervas para tratar uma vítima misteriosa que pode ser Mariano.

Além disso, o autor Walcyr Carrasco não escreveu uma despedida ao intérprete do garimpeiro no final do capítulo de sua morte, como tem sido comum o novelista fazer quando um personagem vai desaparecer da novela.


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Leia também

 

 

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Enquete

Quem deve ter o pior final em Deus Salve o Rei?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook