MALHAÇÃO

Jayme Matarazzo revive trama espírita e vira craque em história mística

Pedro Curi/TV Globo

Jayme Matarazzo como Renato em Malhação: retorno ao misticismo para falar de amor - Pedro Curi/TV Globo

Jayme Matarazzo como Renato em Malhação: retorno ao misticismo para falar de amor

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 30/01/2017, às 05h13

No ar em Malhação há pouco mais de uma semana, Jayme Matarazzo vive uma história de amor inusitada: seu personagem, o professor Renato, vai se envolver com Nanda (Amanda de Godoi). Mas a jovem acredita que sua ligação com o mestre tem uma motivação mística: ela descobre que ele tem um coração transplantado e decide investigar se o órgão era de Filipe (Francisco Vitti), seu ex-noivo, morto na temporada anterior da novela teen.

"A chegada dele traz esse mistério. Ele e a Nanda sentem uma atração que não tem explicação lógica, mas é algo natural para os dois. Pode ser que não seja algo só físico", adianta o ator, que ainda não sabe se o coração de Renato veio mesmo de Filipe. "É nítida essa possibilidade. Mas eu ainda não recebi nenhum roteiro que confirme isso", conta.

O misticismo envolvendo um amor além da vida não é novidade para Jayme: em sua primeira novela, Escrito nas Estrelas (2010), ele interpretou Daniel, um rapaz que morria e, mesmo espírito, tentava separar seu grande amor, Viviane (Nathalia Dill), de seu pai (Humberto Martins). "Estou ficando craque em histórias místicas (risos)", brinca ele. "Achei uma coincidência muito agradável". 

Renato Rocha miranda/tv globo

Jayme (ao centro) com Alexandre Rodrigues e Nathalia Dill em cena de Escrito nas Estrelas

De Escrito nas Estrelas, aliás, Jayme carrega uma crença no misticismo e no inexplicável. "Não defino minha religião, mas a novela me fez navegar por esse mundo místico, que eu respeito muito. Acredito em muitas de suas teorias", explica ele, que faz uma ressalva: "Em Malhação, nós não vamos discutir o espiritismo. Queremos falar sobre o amor".

O ator acha possível que um transplante de coração consiga manter os sentimentos existentes no corpo anterior. "Eu acredito que, apesar de toda a tecnologia que temos, o ser humano ainda não sabe nem a metade das coisas que envolvem o corpo. O coração com certeza é muito mais do que um órgão que apenas bombeia sangue, ele pode carregar sentimentos. Com um transplante você pode receber outras coisas nesse pacotinho", define.

Além da questão mística, Renato está trazendo outras lições de vida para seu intérprete: "Ele é um cara jovem, mas que encarou a morte de perto e ganhou essa nova chance. Então, passa a ter outros valores, decide aproveitar melhor a vida. Eu acho isso muito bonito", diz Jayme, que nega o rótulo de "professor biruta" para seu personagem. "Ele é alto-astral, leva a vida de forma mais leve, o que pode passar a impressão de maluquice. Mas não é!", insiste.

Fã da novela
Pela primeira vez em Malhação, Jayme Matarazzo diz que é fã da novela há muitos anos e valoriza a função social que a trama tem por se comunicar com os jovens. "Por meio de uma história, você consegue passar coisas boas, deixar um legado... Isso me deixa feliz. E Malhação faz isso muito bem, aborda temas polêmicos e importantes com leveza. Acho importante colocar os debates na roda", elogia.

ISABELLA PINHEIRO/TV GLOBO

Jayme Matarazzo e Amanda de Godoi em Malhação: Renato vai movimentar trama de Nanda

A escalação para a novela adolescente, aliás, veio no susto: ele tinha acabado de voltar da lua-de-mel quando foi chamado. "É a primeira vez que pego um papel com o bonde andando, tive de entrar nessa brincadeira com todo mundo já brincando tão bem", conta ele, que se diz renovado ao contracenar com atores jovens.

Renato surgiu tão em cima da hora que Jayme não sabe sequer se o personagem fica na trama até o fim da temporada ou se faz apenas uma participação rápida.

"Acho que é uma aposta do Emanuel Jacobina [autor] para movimentar a trama da Nanda. O público ficou muito órfão com a morte do Filipe, porque era um casal muito querido. Sinto que o autor quis reviver um pouco disso. E a Amanda é uma atriz supertalentosa, que merecia um foguinho na história dela", valoriza.

Os elogios não se resumem à colega de elenco: "Acho que o Jacobina conseguiu amarrar tudo de uma forma genial. É tão bonito pegar o coração como um elo de ligação, discutir o que ele carrega além das veias e artérias, o que é sentir o coração batendo no peito de uma pessoa diferente. E para a terceira pessoa, a Nanda, o que esperar desse receptor? Acho que é uma história que tem tudo para dar certo".


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Tudo sobre esta novela

Últimas de Malhação

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Volta da Rainha

A atriz brasileira Alice Braga em cena da segunda temporada de A Rainha do Sul - Divulgação/USA Network A segunda temporada de A Rainha do Sul estreará no Space em 29 de junho, com episódio duplo e sem intervalos comerciais, a partir das 22h30, com versões dublada e e áudio original com legendas. ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Você gostou do novo cenário do Jornal Nacional?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook