Vida após Ritinha

Isis Valverde é cotada para viver rival de Alinne Moraes em novela espírita

Divulgação/TV Globo

Isis Valverde em gravação de A Força do Querer; atriz deve voltar à TV em novela das seis - Divulgação/TV Globo

Isis Valverde em gravação de A Força do Querer; atriz deve voltar à TV em novela das seis

DANIEL CASTRO - Publicado em 31/01/2018, às 06h07

Depois de interpretar a sereia Ritinha de A Força do Querer, Isis Valverde está cotada para ser uma das protagonistas de O Avesso da Vida, novela das seis prevista para estrear em setembro. Sua personagem será rival da de Alinne Moraes. Alexandre Nero e Gabriel Leone completam o quarteto principal, adianta o Notícias da TV com exclusividade.

De Elizabeth Jhin, autora cuja obra é marcada pela presença do espiritismo, O Avesso da Vida levará seus principais personagens a viajar pelo tempo por meio de fundamentos religiosos e fantásticos. A produção terá duas histórias, ambientadas em um intervalo de cem anos, correndo simultaneamente.

Na trama, uma equipe de cinema chega a uma cidade do interior de Minas Gerais para fazer um filme sobre um crime famoso, sem solução, ocorrido há muito tempo. Inexplicavelmente, a atriz principal do longa se vê transportada para a época do assassinato.

A Globo iniciou a pré-produção de O Avesso da Vida na semana passada. Isis, Alinne, Nero e Leone são os primeiros nomes escolhidos para a novela, mas ainda não estão confirmados. A novela substituirá Orgulho & Paixão, que entra no lugar de Tempo de Amar em março.

Nero e Leone estão atualmente gravando Onde Nascem Os Fortes, próxima novela das onze, a estrear em abril. A trama espírita, se confirmada a escalação de Leone, será o primeiro trabalho como protagonista do jovem ator, que despontou em Verdades Secretas (2015) e que passou a emplacar uma novela atrás da outra (em 2016, ele fez Velho Chico e, no ano passado, esteve em Os Dias Eram Assim).

A direção de O Avesso da Vida será de Pedro Vasconcelos, parceiro de Elizabeth em novelas como Além do Tempo (2015), Amor Eterno Amor (2012) e Escrito nas Estrelas (2010).

Elizabeth Jhin se especializou em tramas que tratam de espiritualidade, com pinceladas de doutrinas do espiritismo (mas sem explicitá-las para não espantar o público católico ou de outras religiões).

Foi assim com Anjo de Mim (1996) e Além do Tempo, nas quais ela tratou de reencarnação, outras vidas e carma (o preço que se paga por atitudes tomadas no passado e/ou em existências anteriores).

Em Eterna Magia (2007), primeira novela que assinou sozinha como autora principal, Elizabeth usou bruxas e mitologia irlandesa como tempero para uma história de romance e conflito entre clãs rivais.

A autora também abordou reencarnação em Escrito nas Estrelas e Amor Eterno Amor, sempre tendo como pano de fundo uma história de amor que atravessa a própria existência e se estende por várias vidas.


Com LUCIANO GUARALDO 

 

 

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook