Amor Proibido

Censurada em países árabes, nova novela da Band paralisou governo da Turquia

Fotos Divulgação/Band

Os protagonistas de Amor Proibido, produção turca que estreia na Band na segunda (18) - Fotos Divulgação/Band

Os protagonistas de Amor Proibido, produção turca que estreia na Band na segunda (18)

REDAÇÃO - Publicado em 17/12/2017, às 06h55

Estreia nesta segunda (18) Amor Proibido, quinta novela turca na Band. Protagonizada pela grande estrela da Turquia, Beren Saat (de Fatmagül), a trama tem cenas quentes que foram muito criticadas e cortadas em países árabes. Na exibição original, a audiência foi tão grande que até as autoridades turcas pararam para assistir.

Amor Proibido foi ao ar na Turquia de junho de 2008 a setembro de 2010 em formato de série: teve duas temporadas e 79 episódios no total. A história gira em torno de Bihter (Beren), que se casa com um homem mais velho, por quem sua mãe estava interessada, mas se apaixona pelo sobrinho dele.

Amor Proibido é considerada uma das produções mais bem-sucedidas da Turquia, país que levou o Emmy Internacional de melhor novela deste ano com Endless Love. A nova atração da Band bateu recorde de audiência em seu país e ganhou até uma versão em espanhol: Pasión Proibida, exibida na Telemundo, rede norte-americana voltada ao público latino.

Confira mais detalhes sobre a nova novela:

Os personagens Adnam (Selçuk Yöntem) e Bihter (Beren Saat) se casam em Amor Proibido

Laços de família
As relações familiares em Amor Proibido são tensas, cheias de traição e vingança. Bihter é uma jovem rica que guarda muita mágoa da mãe, flagrada traindo seu pai no passado. Quando percebe os planos da mãe para conquistar um viúvo e se aproveitar de seu dinheiro, Bihter "fisga" o pretendente antes e se casa com ele.

Na nova família, ela se empenha em conquistar o afeto de dois enteados, mas se distrai com as investidas de Behlül (Kivanç Tatlitug), sobrinho de seu marido e ex-namorado de sua irmã. Os dois começam um namoro quente às escondidas, o que leva a muitas mentiras, brigas e acontecimentos trágicos na família.

Cenas quentes e longas demais em Amor Proibido geraram críticas e censura à novela

Cenas quentes
Com trama tão intricada, não faltam cenas de muita paixão em Amor Proibido. Os encontros românticos entre Bihter e Behlül tinham beijos longos e uma cena de sexo (não explícito) que durou cinco minutos e meio.

Por esse motivo, o governo da Turquia autorizou o Tribunal Supremo de Rádio e Televisão do país a limitar a duração de cenas românticas na televisão e multou o canal em que a novela foi exibida, com a alegação de que as sequências eram muito longas, imorais e prejudiciais à estrutura da família turca.

Amor Proibido também chegou a ter cenas censuradas em países muçulmanos, mas já foi reprisada três vezes no Paquistão.

Os personagens Behlül e Bihter formaram o par romântico principal da trama da Turquia

Repercussão
O último episódio de Amor Proibido parou a Turquia em 24 de junho de 2010. Até o parlamento de Ancara, capital do país, paralisou suas atividades oficiais para assistir ao programa, que conseguiu ter a sintonia de 73,7% do total de televisores ligados no horário.

Beren Saat, protagonista de Amor Proibido, é famosa por seu trabalho de ativista social

Protagonista engajada
A protagonista de Amor Proibido já é conhecida do público de novelas turcas: Beren Saat fez também a personagem principal de Fatmagül, exibida no Brasil de agosto de 2015 a abril de 2016. Formada em administração de empresas, ela tem 13 anos de carreira como atriz de TV e também é ativista e defensora de direitos humanos.

Beren participa de campanhas e manifestações para pedir o fim da violência contra a mulher e também trabalha em causas sociais, com apoio a institutos que promovem educação a crianças e jovens e luta contra doenças.

Além das novelas, Beren também atua em filmes e é dubladora. São dela as vozes da Barbie de Toy Story 3 e da princesa Mérida do filme Valente nas versões da Turquia.

 

 

Enquete

Qual protagonista de Deus Salve o Rei você mataria?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook