DE VOLTA NO VALE A PENA

Celeiro de talentos, Belíssima lançou Marina, Cauã e Paolla na Globo

Fotos: Divulgação/TV Globo

Marina Ruy Barbosa, Cauã Reymond e Paolla Oliveira nos tempos de Belíssima: primeiros passos - Fotos: Divulgação/TV Globo

Marina Ruy Barbosa, Cauã Reymond e Paolla Oliveira nos tempos de Belíssima: primeiros passos

LUCIANO GUARALDO, no Rio de Janeiro - Publicado em 03/06/2018, às 07h17

De volta à TV nesta segunda-feira (4), Belíssima fará o público do Vale a Pena Ver de Novo voltar 13 anos no tempo e rever nomes como Marina Ruy Barbosa, Cauã Reymond e Paolla Oliveira, hoje grandes estrelas da Globo, ainda em início de carreira. Além de acompanhar as maldades de Bia Falcão (Fernanda Montenegro) e das trapalhadas de Pascoal (Reynaldo Gianecchini) e Safira (Claudia Raia) na oficina mecânica, claro.

A novela de 2005, que Fernanda Montenegro avaliou como mais contemporânea do que as tramas exibidas atualmente, marcou a estreia de Paolla na Globo _ela já tinha atuado no fracasso Metamorphoses (2004), da Record, e sido assistente de palco de Celso Portiolli no Passa ou Repassa, exibido pelo SBT na década de 1990.

"Eu realmente não sabia o que ia acontecer com minha carreira. Lembro que o Silvio [de Abreu, autor] um dia passou por mim e disse: 'Vou dar mais coisa para você, está indo bem'. Minha perna tremeu nessa hora, achei que nem ia voltar mais, que ia passar mal", disse a atriz em evento que reuniu parte do elenco de Belíssima.

"Teve outro momento que também me marcou muito. A dona Fernanda, essa deusa, entrou no camarim e me falou: 'Você fez uma cena muito linda ontem, parabéns'. E eu fiquei paralisada mais uma vez, não sei nem como estou aqui hoje", lembrou.

Já Marina, que atualmente é protagonista de Deus Salve o Rei, foi às lágrimas ao rever o primeiro capítulo da novela. "Foi o meu segundo trabalho na TV. Eu já tinha feito Começar de Novo [2004], mas era uma personagem que não falava. E logo depois veio Belíssima. Na época eu tinha 10 anos, mas já sabia que era aquilo que eu queria fazer da minha vida. E que isso é que ia me fazer feliz", disse.

Cauã, principal galã da emissora no momento, preferiu recordar momentos difíceis no início da novela. "Teve um ator que me sacaneou. Chegou em mim e falou: 'Você veio de Malhação, né? Consegue andar e falar ao mesmo tempo?'", contou ele, aos risos. Reymond, no entanto, se recusou a dar o nome do algoz: "Hoje é meu amigo".

Confira cinco atores que tiveram em Belíssima um pontapé para suas carreiras:

zé paulo cardeal/tv globo

Cauã Reymond com Vera Holtz em cena no Parque do Ibirapuera: quedinha pelas mais velhas

Cauã Reymond
Cauã já tinha feito Malhação (2002), Da Cor do Pecado (2004) e Como Uma Onda (2004), mas só foi estrear no horário das nove com Belíssima, na qual viveu o garoto de programa Mateus, que se relacionava com mulheres mais velhas. Sua carreira deslanchou.

Dedicado, ele ia ao estúdio mesmo nos dias em que não precisava gravar para assistir a cenas de nomes como Fernanda Montenegro, Gloria Pires, Lima Duarte e Irene Ravache. "Eu morria de medo de a Denise [Saraceni, diretora] descobrir onde eu estava escondido e me expulsar de lá", contou, aos risos.

joão miguel júnior/tv globo

Marina Ruy Barbosa tinha apenas 10 anos e contracenou com figurões como Claudia Abreu

Marina Ruy Barbosa
Marina superou cerca de 200 atrizes para ganhar o papel da grega Sabina e passou um mês gravando cenas da novela na Grécia _uma experiência única para uma criança de apenas 10 anos. Agora alçada ao posto de protagonista, ela não esconde o aprendizado que teve na novela de Silvio de Abreu.

"Foi muito marcante na minha vida, uma novela inesquecível e na qual eu pude aprender muito. Aliás, sigo aprendendo, estou sempre estudando. Cada trabalho a gente melhora um pouco mais, tem mais bagagem", diz.

márcio de souza/tv globo

Paolla Oliveira com o italiano Nicola Siri: ela diz que não tem medo de rever cenas antigas

Paolla Oliveira
A atriz de 36 anos estreou na Globo aos 23, como a aprendiz de modelo Giovana. Coadjuvante, roubou a cena e caiu nas graças da emissora, sendo promovida a protagonista já no trabalho seguinte, O Profeta (2006). Não parou mais e, no ano passado, ganhou o prêmio Melhores do Ano pela Jeiza de A Força do Querer.

Paolla reconhece que evoluiu muito profissionalmente desde sua estreia, mas não tem medo de assistir à reprise de Belíssima. "Eu fiquei pensando se ia me criticar muito. Mas o Cauã falou uma frase ótima: 'Acho que 13 anos é um tempo considerável, a gente já pode se perdoar'. E é verdade. Tenho muito orgulho de tudo o que aprendi e sei que ainda tenho tanta coisa para aprender", filosofa.

zé paulo cardeal/tv globo

Belíssima foi o primeiro papel fixo de Bianca Comparato; atualmente, ela é estrela da série 3%

Bianca Comparato
Depois de uma participação rápida em Senhora do Destino (2004), Bianca ganhou um papel de destaque em Belíssima: ela era Maria João, filha de Safira (Claudia Raia) que tinha problemas de autoestima e se considerava feia, mas que passava a se produzir mais depois que conhecia Tadeu (Thiago Martins).

Sem contrato de longa duração com a Globo, Bianca brilhou em A Menina Sem Qualidades (2013), da MTV, Sessão de Terapia (2013), do GNT, e atualmente interpreta Michele, a protagonista de 3%, primeira série brasileira da Netflix.

joão miguel júnior/tv globo

Gianecchini não era novato, mas valoriza a chance de poder fazer humor com Claudia Raia

Reynaldo Gianecchini
Giane já tinha interpretado protagonistas em Laços de Família (2000), Esperança (2002) e Da Cor do Pecado (2004), mas considera que o mecânico Pascoal, de Belíssima, também foi uma estreia em sua carreira.

"Eu só fazia papel de galã, ninguém me dava oportunidade de fazer outro tipo. E aí o Silvio e a Denise, dois loucos, decidiram apostar em mim para interpretar um personagem cômico. E foi um sucesso, depois começaram a me chamar mais para a comédia. No cinema, no teatro... Belíssima me abriu muitas portas", valoriza.

Leia também

 

 

Enquete

Quem deve ter o pior final em Deus Salve o Rei?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook