Comcast

Operadora de TV paga desafia Disney e quer comprar Fox com dinheiro vivo

Divulgação/Fox

Homer e Marge Simpsons na 29ª temporada da animação; Comcast pretende pagar US$ 60 bi pela Fox - Divulgação/Fox

Homer e Marge Simpsons na 29ª temporada da animação; Comcast pretende pagar US$ 60 bi pela Fox

REDAÇÃO - Publicado em 23/05/2018, às 13h44

A Comcast, maior operadora de TV a cabo dos Estados Unidos, confirmou nesta quarta (22) que prepara uma oferta para comprar a área de entretenimento do grupo 21st Century Fox, que já estava sendo negociada com a Disney. O trunfo da Comcast para bater a adversária é uma oferta maior: US$ 60 bilhões (R$ 218 bilhões) em dinheiro vivo.

No fim do ano passado, a Fox concordou em fechar negócio com a Disney por US$ 52,4 bilhões (R$ 189 bilhões) em ações. A empresa do Mickey Mouse ficaria com as divisões de entretenimento da Fox: filmes, estúdios de cinema e televisão, além de canais pagos, como FX e National Geographic.

"Está avançada a preparação para apresentar uma oferta para comprar os ativos que a Fox aceitou vender à Disney", disse a Comcast em um comunicado. A operadora se refere à conversa que atualmente faz com bancos, com o objetivo de juntar US$ 60 bilhões e formalizar a proposta. A Comcast é controladora da rede norte-americana NBC e dos estúdios Universal Pictures.

Um mês antes de a Fox aceitar proposta da Disney, a Comcast fez uma oferta, em ações, de US$ 64 bilhões (R$ 232 bilhões). A Disney ofereceu menos Fox, argumentando que órgãos regulatórios dos Estados Unidos poderiam rejeitar o negócio com a Comcast.

O Departamento de Justiça norte-americano está de olho em grandes fusões desse tipo, preocupada com o controle excessivo de mercado. O órgão é contrário à compra da Time Warner pela AT&T, por exemplo.

Executivos da Fox e da Disney se reunirão no próximo trimestre para discutir o negócio. Especialistas dizem que acionistas da Disney irão aceitar a fusão.

Para a Disney, comprar a parte de entretenimento da Fox é crucial ao seu novo plano de desafiar a Netflix no streaming. Ela pretende lançar uma plataforma online no ano que vem e teria um catálogo mais robusto se contasse com filmes e séries da Fox.

O grupo 21st Century Fox quer se livrar do entretenimento e focar na TV aberta (rede Fox), em canais de esporte (Fox Sports 1) e de notícias (Fox News).

Leia também

 

 

Enquete

Você pretende assistir Lia, minissérie da Record?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook