RINGUE NA TV

No aniversário da morte de Muhammad Ali, cinco filmes para os fãs de boxe

Reprodução/WBC

Muhammad Ali em foto de arquivo: boxeador foi considerado o maior esportista do século 20 - Reprodução/WBC

Muhammad Ali em foto de arquivo: boxeador foi considerado o maior esportista do século 20

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 02/06/2017, às 04h56

Neste sábado (3), completa-se um ano da morte do boxeador Cassius Marcellus Clay Jr., mais conhecido como Muhammad Ali. Considerado o maior esportista do século 20 pela revista Sports Illustrated, o pugilista venceu 56 das suas 61 lutas, 37 delas por nocaute. Mas perdeu o embate que travou fora dos ringues contra a doença de Parkinson.

Para celebrar o atleta, o Notícias da TV escolheu cinco filmes sobre boxe para passar o fim de semana. De Rocky Balboa a Menina de Ouro, há opções para todos os gostos. Inclusive, é claro, a cinebiografia do lutador, que rendeu uma indicação ao Oscar para o ator Will Smith. Confira:

divulgação/sony pictures

Famoso por comédias, Will Smith mostrou um lado mais sério ao interpretar Muhammad Ali

Ali (2001)
Baseado na vida real do boxeador, o longa traz Will Smith na pele de Cassius Clay, desde a luta que lhe rendeu seu primeiro título mundial dos peso-pesados _ele se tornou o segundo lutador mais jovem a conquistar o principal título do esporte.

Mas o longa dirigido por Michael Mann vai além do ringue e mostra o contato de Clay com o ativista dos direitos humanos Malcolm X (Mario Van Peebles), o líder islâmico Elijah Muhammad (Albert Hall) e o amigo Drew Bundini Brown (Jamie Foxx). Também retrata a relação do boxeador com sua mulher, a coelhinha da Playboy Sonji Roi (Jada Pinkett Smith, casada com Will Smith na vida real).

Polêmico, Ali foi proibido de lutar após se recusar a combater na Guerra do Vietnã por motivos religiosos, o que lhe rendeu uma condenação de cinco anos na prisão. Atrás das grades, ele troca Sonji por Belinda Boyd (Nona Gaye), de apenas 17 anos, em outra união controversa para os fãs.

Por sua interpretação, Smith foi indicado ao Oscar de melhor ator pela primeira vez. Jon Voight também recebeu uma nomeação como ator coadjuvante por viver o jornalista esportivo Howard Cosell. Smith e Voight também concorreram ao Globo de Ouro pelo longa. Ali será exibido no Telecine Touch nesta sexta (2), às 14h50. O filme também está disponível no Now, da Net e Claro TV, e no Telecine Play.

Curiosos sobre a carreira do boxeador também podem conferir o documentário Encarando Ali (2016), disponível na Netflix e que reúne depoimentos de lutadores como Joe Frazier e George Foreman, que tiveram a oportunidade de enfrentar Muhammad Ali dentro dos ringues.

divulgação/hbo

Christopher Plummer (à esq.) e Benjamin Walker lutam com juízes da Suprema Corte por Ali

A Grande Luta de Muhammad Ali (2013)
Quem quiser entender melhor a disputa judicial que envolveu a negativa de Ali em ir para o Vietnã pode assistir ao telefilme A Grande Luta de Muhammad Ali, que mostra como a Suprema Corte norte-americana lidou com o caso.

Inicialmente optando por manter a condenação do boxeador, a Corte é desafiada por um assistente jurídico (Benjamin Walker) que acredita que eles devem mudar o julgamento e liberar Ali. Ele é apoiado pelo juiz John Harlan (Christopher Plummer), que passa a tentar convencer os seus colegas de que todos estão errados.

A produção conta com um elenco de peso, liderado por Plummer, Frank Langella e Danny Glover. Já as cenas de Ali são reais: o diretor Stephen Frears optou por usar vídeos de entrevistas e declarações do boxeador para compor seu filme. A HBO Signature exibe a produção na próxima sexta (9), às 5h45.

divulgação/mgm

Sylvester Stallone (à esq.) e Dolph Lundgren se enfrentam em embate decisivo do quarto filme

Rocky IV (1985)
O boxeador mais conhecido da ficção já apareceu em sete filmes, de Rocky, um Lutador (1976) a Creed: Nascido para Lutar (2015). O quarto capítulo da franquia, lançado em 1985, talvez seja um dos mais conhecidos, pois mostra a morte de Apollo Creed (Carl Weathers), ex-rival e amigo de Balboa (Sylvester Stallone).

Campeão mundial depois do terceiro longa, Rocky é desafiado pelo soviético Ivan Drago (Dolph Lundgren), que usa esteroides ilegais para lutar com uma força bruta nunca antes vista nos ringues. Mas é Creed, com instintos patriotas, quem decide enfrentar Drago e acaba morrendo na luta. Assim, Balboa precisa lutar não apenas para manter seu título, mas pela memória do amigo.

No Telecine Play, três dos seis longas da franquia estão disponíveis: Rocky IV (1985), Rocky V (1990) e Rocky Balboa (2006).

Fãs de Apollo Creed poderão saber mais sobre a história de sua família em Creed: Nascido para Lutar, que mostra seu filho Adonis (Michael B. Jordan) no início de sua carreira no boxe, tendo como técnico o próprio personagem de Stallone. O longa será exibido na quarta (7), às 22h05, no canal Maxprime, da HBO.

divulgação/warner bros.

Hilary Swank (à esq.) e Clint Eastwood em cena de Menina de Ouro: luta pela vida e pela morte

Menina de Ouro (2004)
Sem nenhuma motivação em sua vida, a garçonete Maggie Fitzgerald (Hilary Swank) chega à academia de Frankie Dunn (Clint Eastwood) e pede para o veterano treiná-la para lutar boxe. Ele recusa, dizendo que ela é velha demais para começar uma carreira, mas a determinação da moça faz Dunn ceder.

Como perdeu contato com a própria filha, o treinador cria uma relação paternal com Maggie e, com medo de vê-la machucada, recusa todas as grandes lutas que surgem para a boxeadora. Mas o talento dela é inegável e ela acumula diversas vitórias, até que recebe o convite para o embate de sua vida, uma luta de US$ 1 milhão.

Porém, no meio da batalha, Maggie quebra o pescoço e fica tetraplégica. É aí que ela enfrentará outra grande luta: a de tentar convencer Dunn a desligar os aparelhos que a mantêm viva. Menina de Ouro será exibido na quinta (8), às 7h30, na HBO Plus.

divulgação/the weinstein company

Jake Gyllenhall malhou pesado para ficar com forma de boxeador e poder atuar em Nocaute

Nocaute (2015)
Invicto em sua carreira, Billy Hope (Jake Gyllenhaal) é o atual campeão de sua categoria. Mas, em uma luta, ele é ferido no olho e acaba convencido pela mulher, Maureen (Rachel McAdams) a se aposentar. Pronto para pendurar as luvas, Hope é desafiado pelo novato Miguel Escobar (Miguel Gomez), que provoca o rival em um evento beneficente. Irritado, Billy ataca Miguel e, na confusão, Maureen acaba morta.

Deprimido, o lutador se vicia em drogas e álcool, é suspenso do esporte e perde a guarda da filha (Oona Laurence). No fundo do poço, ele consegue um emprego como faxineiro na academia do boxeador veterano Titus Willis (Forest Whitaker) e, com o treinamento do novo chefe, começa a reconstruir sua carreira _o que culmina, é claro, em um embate contra Escobar.

Nocaute está na grade dos canais HBO e será exibido na quinta (8), às 15h15, na HBO Plus, e na madrugada de sábado (10) para domingo (11), à 0h10, na HBO 2.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Premier League

O técnico Pep Guardiola em entrevista a João Castelo-Branco, da ESPN - Reprodução/ESPN A ESPN anunciou nesta quarta-feira (28) que renovou os direitos de transmissão da Premier League no Brasil até 2022. O Campeonato Inglês já faz parte da programação do canal há 15 temporadas. Assim como a ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem você torce para vencer o Show dos Famosos?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook