TV PAGA

Injustiçada? Cinco vezes em que Meryl Streep mereceu levar o Oscar

NIKO TAVERNISE/TWENTIETH CENTURY FOX

Meryl Streep em cena do filme The Post, filme que lhe rendeu uma indicação ao Oscar; e já disponível no Now - NIKO TAVERNISE/TWENTIETH CENTURY FOX

Meryl Streep em cena do filme The Post, filme que lhe rendeu uma indicação ao Oscar; e já disponível no Now

GABRIEL PERLINE - Publicado em 11/05/2018, às 04h55

Indicada 21 vezes ao Oscar, Meryl Streep levou a estatueta em três ocasiões. Neste ano, ela concorreu por The Post, que acaba de chegar à TV paga. Assim como no longa que mostra um dos bastidores mais tensos da história do jornalismo norte-americano, ela mereceu ampliar sua coleção de troféus com as ótimas atuações em Florence - Quem É Essa Mulher? (2016), Álbum de Família (2013), Julie & Julia (2009) e Entre Dois Amores (1985).

Injustiçada? Talvez. Streep figurou por diversas vezes como favorita ao prêmio da academia de Hollywood, mas acabou superada por outras colegas de profissão, que também fizeram por merecer o Oscar.

É o caso da jovem Emma Stone, que desbancou a veterana em 2017 por sua atuação em La La Land, e de sua contemporânea Frances McDormand, que faturou neste ano o seu segundo troféu por Três Anúncios para um Crime.

De qualquer modo, Meryl é a atriz viva mais vezes premiada no Oscar. No geral, ela perde apenas para Katharine Hepburn (1907-2003), que concorreu em 12 cerimônias e acabou premiada quatro vezes.

Confira cinco filmes em que Meryl Streep teve uma atuação digna de Oscar. Os longas estão disponíveis no Now, serviço de vídeo sob demanda para clientes da Net e da Claro TV.

TWENTIETH CENTURY FOX

Meryl Streep e Tom Hanks em cena do filme The Post, dirigido por Steven Spielberg

The Post (2017)
Baseado em uma história real, The Post conta a história tensa dos jornalistas do Washington Post envolvidos no caso do Pentagon Papers, série de documentos ultrassecretos que expunham mentiras do governo norte-americano a respeito da Guerra do Vietnã.

No filme de Steven Spielberg, Meryl Streep é Kat Graham, dona do jornal, que busca fôlego financeiro e está prestes a lançar suas ações na Bolsa de Valores. Enquanto isso, o editor-chefe Ben Brandlee (Tom Hanks) busca um grande furo de reportagem para aumentar a credibilidade do jornal e transformá-lo em um veículo de relevância nacional.

Eis que o seu concorrente, o The New York Times, é processado pelo então presidente Richard Nixon com base na Lei de Espionagem após publicar uma série de reportagens denunciando que diversos governos dos Estados Unidos haviam mentido sobre a atuação das tropas do país no Vietnã. Bradlee recebe uma série de documentos que comprovam os fatos e tenta convencer Kat a publicar a história e, dessa maneira, garantir a liberdade de imprensa.

PARAMOUNT PICTURES

Meryl Streep interpretou a ricaça Florence Foster Jenkins em Florence: Quem É Essa Mulher?

Florence: Quem É Essa Mulher? (2016)
A deslumbrada e sem-noção Florence Foster Jenkins (1868-1944), popularmente chamada de "diva do grito", foi considerada uma das piores cantoras da história. E em Florence: Quem É Essa Mulher?, Meryl Streep faz uma interpretação brilhante dessa mulher mimada que sonhava ser uma cantora de ópera.

O problema de Florence é que ela era desafinada. Ela conseguiu fazer as piores interpretações líricas de Mozart, Verdi e Strauss, mas mesmo assim os ingressos de seus shows eram disputados a tapas. O público gostava de assistir a suas performances para rir do horror que era sua voz.

Meryl Streep conseguiu imprimir um olhar cínico e deslumbrado para a personagem, que só atingiu o sucesso por ter herdado muito dinheiro e investido bastante em seus espetáculos, considerados verdadeiros shows de humor.

CLAIRE FOLGER/THE WEINSTEIN COMPANY

Julia Roberts, Meryl Streep e Julianne Nicholson em cena do filme Álbum de Família

Álbum de Família (2013)
Dirigido por John Wells, Álbum de Família traz Meryl Streep como Violet Weston, mulher viciada em remédios que luta contra um câncer e tenta lidar com o luto da perda do marido e a distância dos filhos.

Embora tenha uma descrição dramática, o filme é considerado comédia. E Streep soube dosar perfeitamente a doçura, a sanidade e a loucura da personagem, mas sua bela atuação não foi suficiente para desbancar Cate Blanchett, que faturou o Oscar em 2014 por Blue Jasmine.

Em Álbum de Família, as irmãs Barbara (Julia Roberts), Ivy (Julianne Nicholson) e Karen (Juliette Lewis) voltam para a casa da mãe, mas esbarram em atritos mal resolvidos no passado. Nas tentativas de reconexão, muitos segredos são colocados à mesa, testando os limites e a paciência de cada personagem.

DIVULGAÇÃO

Meryl Streep interpretou a famosa culinarista Julia Child no filme Julie & Julia

Julie & Julia (2009)
A atuação de Meryl Streep não foi suficiente para desbancar o ótimo trabalho de Sandra Bullock em Um Sonho Possível, no Oscar de 2010, mas o filme Julie & Julia é uma produção deliciosa em muitos aspectos.

Primeiro por intercalar as histórias reais de duas mulheres, separadas por um período de 50 anos. Segundo, por mostrar centenas de receitas de dar água na boca. Terceiro, por nos dar a honra de ver duas grandes atrizes em cena.

Streep interpreta Julia Child (1912-2004), norte-americana que se mudou para Paris em 1948 por conta do trabalho de seu marido. Entediada com os afazeres domésticos, envolveu-se com a gastronomia e acabou virando apresentadora de TV, ensinando receitas para as donas de casa.

Cinquenta anos mais tarde, a jovem Julie Powell (Amy Adams) quer dar um novo rumo à sua vida e decide reproduzir as 524 receitas do livro de Julia Child, Dominando a Arte da Cozinha Francesa, em apenas um ano. O resultado de toda essa saga foi publicado em seu blog, e depois adaptado para um livro.

DIVULGAÇÃO

Meryl Streep interpretou a rica Karen Blixen no trágico romance Entre Dois Amores

Entre Dois Amores (1985)
Baseado no romance autobiográfico da dinamarquesa Karen Blixen (1885-1962), o filme Entre Dois Amores se passa no início do século 20 e traz Meryl Streep na pele da protagonista, dona de uma trágica história de amor.

Rica, ela se muda com o marido para o Quênia e juntos passam a administrar uma fazenda de café. Apaixonada pelo companheiro, que a trai com inúmeras mulheres, ela acaba contraindo sífilis e volta à Dinamarca para cuidar da saúde.

Curada, ela retorna ao Quênia, expulsa o marido de casa e se apaixona pelo aventureiro Denys Finch Hatton (Robert Redford), com quem vive uma história de amor cheia de expectativas e que termina tragicamente.

Notícias da TV Recomenda

The Post: A Guerra Secreta

The Post: A Guerra Secreta

Ficha técnica: The Post. Drama, EUA, 2017, 1h56min. Direção: Steven Spielberg. Elenco: Meryl Streep, Tom Hanks, Sarah Paulson, Bob Odenkirk. Disponível no Now.

Por que assistir: Indicado a dois Oscar (melhor filme e melhor atriz), o tenso The Post retrata um momento crucial na história da imprensa norte-americana, quando um jornal decide enfrentar a Presidência da República e correr riscos judiciais e financeiros para exercer seus papéis primordiais, que são informar e fiscalizar os poderes, em prol do interesse público. Versão de Steven Spielberg para uma história real.

Assista agora no NOW

 

 

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook