PROGRAME-SE

Filmes derivados de séries dominam a TV; qual é melhor: o original ou o 'filhote'?

Imagens: Divulgação

Audrey Peeples como Jem no filme Jem e as Hologramas e sua versão animada de 1985 - Imagens: Divulgação

Audrey Peeples como Jem no filme Jem e as Hologramas e sua versão animada de 1985

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 17/03/2017, às 06h11

Adaptar para o cinema séries de sucesso não é novidade. Em 1979, Jornada nas Estrelas: O Filme já levava para a telona as aventuras espaciais de Kirk (William Shatner) e Spock (Leonard Nimoy). Na semana que vem, um filme de Power Rangers chega às salas de exibição para mostrar a vida de cinco adolescentes que lutam contra uma bruxa intergaláctica.

São tantos longas baseados em séries que a programação da TV paga parece dominada por filmes desse tipo. De animações tradicionais que ganharam versão 3D a produções que continuam a história da série encerrada, há opções para todos os gostos.

Mas será que as adaptações cinematográficas são melhores que sua versão televisiva? O Notícias da TV selecionou dez longas na grade do fim de semana para você avaliar. Confira:

Tom Cruise escala arranha-céu em cena do quinto filme Missão Impossível: sem dublês

Missão: Impossível - Nação Secreta (2015)
A franquia que traz Tom Cruise na pele do agente Ethan Hunt chegou ao quinto filme com muito sucesso (os longas somam mais de US$ 2,7 bilhões na bilheteria mundial). Boa parte do público sequer imagina que as aventuras são inspiradas em uma série de TV exibida entre 1966 e 1973, que chegou a ganhar um remake de 1988 a 1990.

Com um elenco estelar liderado por Cruise, os filmes de Missão: Impossível chamam a atenção pelas cenas de ação impressionantes (nas quais o ator dispensa dublês) e pelo orçamento milionário. Assim, Nação Secreta conseguiu superar a série em que foi baseado. O longa vai ao ar no Telecine Pipoca nesta sexta (17), às 17h25.

Jack Black, Odeya Rush e Dylan Minnette enfrentam zumbis e monstros no filme Goosebumps

Goosebumps: Monstros e Arrepios (2015)
O autor R. L. Stine iniciou em 1992 uma série de livros infantis de terror que mostra crianças em situações assustadoras. Três anos depois, o canal norte-americano Fox Kids e o canadense YTV se uniram para adaptar os livros para a TV: a cada episódio, uma história diferente era contada, sem elenco fixo e tendo em comum apenas as tramas assustadoras.

Em 2015, Goosebumps chegou ao cinema com Jack Black interpretando Stine, que precisa lidar com o fato de suas histórias estarem ganhando vida própria. Os efeitos especiais de última geração, porém, não impressionaram o público saudosista da série. Quem quiser dar uma chance ao longa poderá conferi-lo na HBO Plus, hoje (17), às 21h15.

Hayley Kiyoko (à esq.), Audrey Peeples e Stefanie Scott vivem as roqueiras Aja, Jem e Kimber

Jem e as Hologramas (2015)
Criado em 1985 com o intuito de vender uma linha de bonecas, o desenho Jem e as Hologramas fez muito sucesso com o público da época ao mostrar uma banda de garotas lideradas por Jem, que fora dos palcos era Jerrica Benton, dona de uma gravadora.

A animação ganhou uma versão com atores 30 anos depois. Porém, o charme oitentista havia ficado no passado. A tentativa de atualizar a história para um público que nunca tinha ouvido falar de Jem e sua banda fracassou, e o filme sequer recuperou seu orçamento de US$ 5 milhões. Será exibido pelo Telecine Premium no sábado (18), às 7h55.

Owen Wilson (ao centro) e Ben Stiller revivem visual da década de 1970 em Starsky & Hutch

Starsky & Hutch - Justiça em Dobro (2004)
Amigos na vida real, os atores Ben Stiller e Owen Wilson decidiram levar para o cinema uma das amizades mais famosas da televisão: a dos policiais parceiros David Starsky e Ken Hutch, mostrada na série exibida pela ABC de 1975 a 1979.

Mas, enquanto o programa de TV era uma série policial, o filme optou por uma abordagem mais cômica, inclusive mantendo o visual da década de 1970 e abusando dos clichês da época para divertir. Os puristas não vão gostar da adaptação, mas o longa rende boas risadas. No ar no sábado (18), às 8h50, no Telecine Pipoca.

O pássaro Woodstock, o cão Snoopy e Charlie Brown em cena do filme: visual mais moderno

Snoopy e Charlie Brown: Peanuts, O Filme (2015)
O cão Snoopy e seu dono, Charlie Brown, surgiram nas histórias em quadrinhos em 1950. Em 1965, ganharam a televisão com episódios especiais sobre o Natal, o Dia de Ação de Graças e o Halloween, entre outros _os programas são reprisados anualmente na TV americana até hoje. Brown e Snoopy só viraram série mesmo em 1983, com 18 episódios divididos em duas temporadas.

Em 2015, a turma do Minduim foi adaptada para as telonas e, pela primeira vez, os personagens foram representados em três dimensões. Apesar do visual diferente, o filme conquistou os fãs por respeitar as características de cada membro da turma e até mostrar personagens obscuras, como a Garotinha Ruiva, interesse amoroso de Charlie Brown. A animação vai ao ar no Telecine Pipoca neste sábado (18), às 12h35.

Kevin Connolly (à esq.), Jerry Ferrara, Adrian Grenier e Kevin Dillon estrelam filme de Entourage

Entourage: Fama e Amizade (2015)
Inspirada na vida pessoal do ator Mark Wahlberg (produtor-executivo da atração), a série Entourage (2004-2011) teve oito temporadas na HBO para mostrar a ascensão do jovem Vincent Chase (Adrian Grenier) a astro de Hollywood _com direito à escalação dele para interpretar o herói Aquaman no cinema. Mas o foco mesmo era a amizade de Chase com os quatro integrantes de sua "entourage" (grupo que anda sempre junto).

Depois de 96 episódios e seis prêmios Emmy (com três vitórias para Jeremy Piven, que interpretava o agente de Chase), Entourage ganhou um longa-metragem que mostra Vincent Chase tentando reinventar sua carreira. O elenco da série voltou para o filme, assim como o criador Doug Ellin, que dirige e assina o roteiro. Ou seja: é mais do mesmo, mas com uma duração maior. A HBO 2 exibe o longa no sábado (18), às 15h50.

Fábio Porchat (ao fundo), Miá Mello e Ricardo Pereira em cena do filme: rodado em Portugal

Meu Passado me Condena 2 (2015)
Exibida pelo Multishow entre 2012 e 2013, a série Meu Passado me Condena é um caso raro de integração de mídias: virou dois filmes e peça de teatro, todos roteirizados por Tati Bernardi e estrelados por Fábio Porchat e Miá Mello.

Os atores interpretam Fábio e Miá, um casal que corre para o altar depois de apenas um mês de namoro e começa a se conhecer de verdade depois do casamento. No segundo filme, que o Telecine Touch exibe neste sábado (18), às 19h55, os dois estão à beira do divórcio, e Fábio decide forçar uma viagem a Portugal para tentar salvar o casamento.

O longa tem bons momentos, apoiados principalmente na capacidade de Porchat de tirar graça de situações cotidianas. As locações no interior de Portugal também impressionam pela beleza e o ator Ricardo Pereira (sem disfarçar seu sotaque português) se sai bem em um raro personagem cômico que é apaixonado por Miá.

Bob Esponja (em versão super-herói) e Antonio Banderas brigam em adaptação do desenho

Bob Esponja: Um Herói Fora d'Água (2015)
Se Snoopy & Charlie Brown conseguiu adaptar bem a transformação de seus personagens para o 3D, os visuais de Bob Esponja, Patrick e companhia deixam a desejar nesse longa que mistura animação com atores reais (Antonio Banderas vive o vilão, um pirata que deseja a receita secreta do hambúrguer de siri). Para piorar, além de animados por computador, os personagens viram super-heróis.

Quem conseguir superar a estranheza visual vai se deparar com uma história interessante, que brinca com Mad Max, Laranja Mecânica e Indiana Jones. Difícil é se envolver com esse mundo submarino sem ter acompanhado nada do desenho, que estreou em 1999 e é exibido até hoje pela Nickelodeon. O filme está na grade do Telecine Fun: neste sábado (18), às 22h.

Bradley Cooper (à esq.), Quinton Jackson, Sharlto Copley e Liam Neeson são os heróis da vez

Esquadrão Classe A (2010)
Quatro integrantes das Forças Armadas norte-americanas são acusados de um crime que não cometeram, escapam da prisão militar e começam a trabalhar como mercenários. A sinopse rendeu cinco temporadas da série Esquadrão Classe A (1983-1987), um dos maiores sucessos da NBC na década de 1980 e que alçou à fama o ator Mr. T, intérprete do brutalhão B. A. Baracus.

A série foi tão marcante para o público que ganhou uma adaptação para as telonas em 2010, com Liam Neeson e Bradley Cooper nos papéis principais. O lutador de MMA Quinton "Rampage" Jackson ficou com o papel de Baracus, mas não repetiu o carisma de Mr. T _todo o filme, aliás, fica devendo para a série original. O Megapix exibe o longa no domingo (19), às 15h25.

Johnny Depp vive Tonto e Armie Hammer interpreta o Cavaleiro Solitário no longa fracassado

O Cavaleiro Solitário (2013)
Exibida nos Estados Unidos entre 1949 e 1957, a série The Lone Ranger chegou ao Brasil como As Aventuras de Zorro, apesar de mostrar um personagem completamente diferente de Don Diego de la Vega. Em comum entre os dois, apenas o fato de usarem máscara. Em 2013, a Disney decidiu levar o Cavaleiro Solitário para o cinema. Colocou o astro Johnny Depp como o índio Tonto, parceiro do protagonista.

Porém, a trama confusa e pouco inspirada rendeu um dos maiores fracassos do estúdio nos últimos anos _o filme teve bilheteria de US$ 260 milhões no mundo todo, abaixo dos US$ 375 milhões investidos em sua produção e divulgação. Depp também foi criticado por interpretar um índio _o ator se defendeu dizendo que acredita ter antepassados indígenas.

Destruído pela crítica e rejeitado pelo público, o filme ainda recebeu cinco indicações ao Framboesa de Ouro, que "premia" os piores longas do ano. Ganhou um, de pior sequência ou remake. Mesmo assim, concorreu a dois Oscars: melhor maquiagem e efeitos visuais. Quem quiser conferir se o filme está mais para Oscar ou Framboesa pode assisti-lo na TNT no domingo (19), às 21h30.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Fim de Mindy Project

A atriz Mindy Kaling em The Mindy Project; comédia acabará na sexta temporada  - Divulgação/Hulu A comédia The Mindy Project, protagonizada por Mindy Kaling (ex-The Office), terminará após a sexta temporada, que estreará em setembro. A atriz norte-americana anunciou o fim em entrevista publicada nesta quarta (29), no site Entertainment ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem foi o grande destaque de A Lei do Amor?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook