MUDBOUND

Brasileiros não podem ver primeiro filme da Netflix indicado ao Oscar

Divulgação/Netflix

A cantora e atriz Mary J. Blige foi indicada ao Oscar por seu papel no filme Mudbound - Divulgação/Netflix

A cantora e atriz Mary J. Blige foi indicada ao Oscar por seu papel no filme Mudbound

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 24/01/2018, às 06h07

A Netflix finalmente emplacou um filme de ficção na lista dos indicados ao Oscar, divulgada na manhã de ontem (23). O longa Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi vai concorrer em quatro categorias. Para os assinantes brasileiros da plataforma, porém, a notícia é outra: a produção não está disponível para streaming por aqui.

Mudbound, na verdade, não é uma produção original Netflix, mas um longa independente que teve seus direitos de distribuição em alguns mercados comprados pela empresa. Assim, ele está disponível na Netflix dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Espanha, Austrália, Alemanha, França e até em Cingapura.

No Brasil, no entanto, a exibição foi comprada pela distribuidora Diamond Films, que estreará o filme nos cinemas em 15 de fevereiro. Só depois que essa primeira janela de exibição for concluída o longa chegará à Netflix.

Escrito e dirigido por Dee Rees, Mudbound conta a história de dois soldados, um negro (Jason Mitchell) e um branco (Garrett Hedlund), que voltam da Segunda Guerra (1939-1945) para uma pequena cidade rural no Mississippi. Lá, precisam lidar com a nova vida após o combate e com o racismo que permeia a população local.

O longa rendeu uma indicação de melhor atriz coadjuvante para Mary J. Blige, além de nomeações a roteiro adaptado, roteiro adaptado e canção original para a música Mighty River, interpretada por Mary, que também é cantora.

Trata-se da primeira obra de ficção distribuída pela Netflix a conseguir uma vaga no Oscar: antes, a plataforma de streaming tinha concorrido apenas com documentários, levando a estatueta de melhor curta documental em 2017 (pelo Oscar de 2016).

Uma de suas principais concorrentes, a Amazon, largou na frente nessa disputa: no ano passado, Casey Affleck venceu o Oscar de melhor ator por Manchester à Beira-Mar, que também levou a estatueta de roteiro original. O iraniano O Apartamento, distribuído pela plataforma, também foi coroado o melhor filme estrangeiro.

A cerimônia de premiação do Oscar acontece em 4 de março.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Ficha técnica: War for the Planet of the Apes. EUA/Canadá/Nova Zelândia, 2017, 140 min. Direção: Matt Reeves. Elenco: Andy Serkis, Woody Harrelson, Steve Zahn, Karin Konoval, Toby Kebbell. Disponível no Now.

Sinopse: Os macacos liderados por Caesar (Serkis) enfrentam os humanos do sanguinário Coronel (Harrelson) em uma batalha mortal. Depois de sofrer várias perdas, Caesar precisa lutar contra seus instintos mais sombrios para vingar sua espécie. Tem início uma nova guerra que vai redefinir o futuro do planeta.

Por que assistir: Indicado ao Oscar de efeitos visuais, o longa rendeu protestos contra a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que optou por não indicar Serkis como melhor ator, já que a performance dele se deu por meio da captura de movimentos. Um dos mais badalados atores nesse segmento, Serkis dá show como Caesar, passando emoção na voz e nas expressões faciais do macaco com personalidade humana e muitos conflitos.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Novo The Voice

As cantoras Hailee Steinfeld e Kelly Clarkson estão na 14ª temporada do The Voice - Divulgação/Sony A partir do dia 28, o canal Sony transmitirá a 14ª temporada do The Voice, em sua versão norte-americana. Os episódios inéditos contam com uma nova técnica: a cantora Kelly Clarkson. Vencedora primeira temporada do ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Com quem Maria Vitória deve ficar em Tempo de Amar?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook