Luto

Xuxa se despede da mãe, que morreu aos 81 anos: 'Meu passarinho voou'

Reprodução/RecordTV

Alda ao lado da filha na estreia do Programa Xuxa Meneghel, na Record, em agosto de 2015 - Reprodução/RecordTV

Alda ao lado da filha na estreia do Programa Xuxa Meneghel, na Record, em agosto de 2015

REDAÇÃO - Publicado em 08/05/2018, às 11h35 - Atualizado às 13h04

Morreu na manhã desta terça-feira (8), aos 81 anos, Alda Meneghel, mãe de Xuxa, em decorrência de insuficiência respiratória. Dona Alda estava na casa da filha, no Rio de Janeiro, e há cerca de 17 anos lutava contra a Doença de Parkinson. No início da tarde, Xuxa publicou uma foto em seu perfil no Instagram com uma mensagem de despedida: "Meu passarinho voou... E vai pintar um lindo pôr do sol para nós".

Filha caçula dos quatro que Alda teve, a apresentadora era muito ligada à mãe e sempre pedia em suas redes sociais que os fãs torcessem e rezassem pela recuperação de dona Alda.

Na semana passada, Xuxa publicou duas fotos em seu perfil no Instagram em que falava sobre o complicado estado de saúde da mãe. "Por favor... Peço a vocês que têm muita fé que rezem por minha guerreira, minha Aldinha", escreveu no dia 4. Horas depois, informou que a mãe estava um pouco melhor.

"Tem alguns anos que minha Aldinha não pode mais nos beijar ou abraçar… Minha guerreira tá fazendo de tudo pra ficar aqui com a gente… Eu me pergunto por que ela sofre tanto, já que só deu amor pra quem a conheceu…. Me pergunto o que eu fiz pra merecer a melhor mãe do mundo? Tem alguns anos que eu peço um milagre. Te amo e se pudesse daria alguns anos da minha vida pra vê-la sem dor, falando, abraçando", escreveu Xuxa em janeiro deste ano.

"A Record TV lamenta profundamente o falecimento de dona Alda Meneghel, mãe de nossa apresentadora Xuxa. A direção e os funcionários da emissora externam o mais sincero pesar à Xuxa e à família Meneghel", disse a emissora em nota.

A Doença de Parkinson é um distúrbio do sistema nervoso central que afeta os movimentos e a coordenação motora do corpo. É muito caracterizada por tremores. Os pacientes perdem a capacidade de fazer movimentos simples, como abotoar uma camisa. É mais frequente em pessoas acima dos 60 anos.

Além da doença, dona Alda também sofreu dois AVCs (Acidente Vascular Cerebral) no ano passado, que a deixaram ainda mais debilitada. A mãe de Xuxa também teve infecção urinária e pneumonia nos últimos anos.

O velório de dona Alda ocorrerá na manhã desta quarta-feira (9), na capela VIP do cemitério Jardim da Saudade e Paciência, no Rio de Janeiro, com entrada restrita a parentes e amigos. 

 

 

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook