Amigas e rivais

Carreiras paralelas de Bruna Marquezine e Marina Ruy Barbosa finalmente se cruzam

Montagem/Reprodução/Instagram

As atrizes Bruna Marquezine (à esq.) e Marina Ruy Barbosa trilharam caminhos semelhantes - Montagem/Reprodução/Instagram

As atrizes Bruna Marquezine (à esq.) e Marina Ruy Barbosa trilharam caminhos semelhantes

MARCELA BONAZZI - Publicado em 22/09/2017, às 06h03 - Atualizado em 23/09/2017, às 06h52

Próxima novela das sete da Globo, Deus Salve o Rei estreará em janeiro com um encontro explosivo: musas da nova geração de atrizes, Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine atuarão juntas pela primeira vez. Desde os primeiros anos da década passada, as duas trilham carreiras paralelas, repletas de coincidências. Finalmente, elas vão se cruzar.

Na novela de Daniel Adjafre, ambientada na Idade Média, elas formarão um triângulo amoroso com Renato Góes. A personagem de Bruna se envolverá com o príncipe de Góes, que por sua vez se apaixonará pela plebeia interpretada por Marina.

Precoces, Bruna e Marina, ambas com 22 anos, alimentam uma rivalidade clássica no mundo do entretenimento. Suas trajetórias profissionais só reforçam as lendas de bastidores. Confira:

montagem/divulgação/tv globo

Bruna na pele da Salete, de Mulheres Apaixonadas, e Marina como a Sabina, de Belíssima

Brilharam pela primeira vez em novelas das nove
Ambas as atrizes estouraram em novelas do horário nobre da Globo. Bruna deu show logo em seu primeiro papel, a Salete de Mulheres Apaixonadas (2003), enquanto Marina demorou um pouco mais para decolar: ela já tinha vivido a anja Aninha de Começar de Novo (2004) e feito uma participação em Sabor da Paixão (2002) quando ganhou o papel de Sabina em Belíssima (2005).

Em Mulheres Apaixonadas, Bruna ficou marcada pela menina que perde a mãe, Fernanda (Vanessa Gerbelli), logo no começo da novela. Salete chorava na maior parte das suas cenas. Virou até piada no Casseta & Planeta, Urgente! (1992-2010).

Já Marina se destacou como a graciosa Sabina. Neta da icônica Bia Falcão (Fernanda Montenegro) e filha de Vitória (Cláudia Abreu) e Pedro (Henri Castelli), a menina cheia de vida adorava guiar turistas na Grécia e sempre que podia tentava arrancar algum dinheiro dos incautos.

MoNTAGEM/DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Bruna participou do Dança e chegou à final; já Marina foi a primeira eliminada na versão kids

Mostraram gingado na Dança dos Famosos
Bruna e Marina também já tiveram que mostrar que têm o famoso gingado brasileiro no quadro Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão. Pouca gente lembra, mas a ruiva participou da versão kids da atração, o Dancinha dos Famosos, em 2007. Com apenas 12 anos, Marina dançou mal e foi eliminada logo na estreia.

Já Bruna brilhou na versão adulta, aos 18 anos, em 2013. Ela arrancou elogios principalmente no funk e acabou em segundo lugar. Perdeu para Carol Castro.

MONTAGEM/DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Marquezine sensualizava na laje em Salve Jorge e Marina só andava de lingerie em Império

Fizeram papéis sensuais
Uma década depois de estrearem na TV, as duas atrizes provaram que tinham crescido e, como prova de fogo, interpretaram personagens de novelas das nove nas quais esbanjavam sensualidade e vestiam figurinos mínimos.

A morena despontou como a sexy Lurdinha de Salve Jorge (2012). A periguete adorava tomar sol exibindo as curvas e vivia desfilando com roupas curtas e justas, sempre em meio a bate-bocas com Vanúbia (Roberta Rodrigues), com quem disputou o título de garota da laje.

Já Marina encantou como a sweet child Maria Isis do Comendador José Alfredo, de Império (2014). Quando não estava de lingerie, a personagem usava roupas mais românticas, dando aquele toque de inocência perdida à lolita.

MONTAGEM/DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Mari, de I Love Paraisópolis, e Eliza de Totalmente Demais: duas histórias de superação

Estrelas de novelas das sete
Outra coincidência nas carreiras das atrizes: Bruna e Marina foram protagonistas pela primeira vez de novelas das sete em 2015. A primeira estrelou I Love Paraisópolis; a segunda foi a principal personagem de Totalmente Demais, exibida logo em seguida.

Enquanto a ex-namorada de Neymar Jr. vivia uma mulher de origem simples que se apaixonava por um empresário rico e famoso, a ruiva passou por uma transformação digna de Cinderela: de moradora de rua, chegou ao status de supermodelo.

Nesse quesito, Marina levou vantagem. Sua novela deu mais ibope, com 27 pontos de média na Grande São Paulo; já a trama de Bruna não passou dos 23.

MONTAGEM/DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Bruna Marquezine em Nada Será Como Antes e Marina Ruy Barbosa em Amorteamo

Primeiros destaques em uma série
As carreiras de Bruna Marquezine e Marina Ruy Barbosa também se assemelham nas séries: as duas tiveram participações em produções quando mais novas, mas realmente se destacaram nesse tipo de produção já adultas.

Apesar de Bruna já ter atuado em Sítio do Pica-Pau Amarelo (2001-2007) e A Diarista (2004-2007), a primeira produção fora das novelas em que ela realmente teve um papel relevante e de maior duração foi Nada Será Como Antes (2016), no qual viveu a sensual Beatriz, jovem atriz que não tinha muitas papas na língua.

Já Marina se manteve fiel às novelas até 2009, quando entrou no ar como a adolescente revoltada Bia, da série Tudo Novo de Novo (2009). Mas foi mais adulta que ela começou a realmente chamar a atenção nas minisséries, ao participar de produções como Amorteamo (2015) e Justiça (2016).

MOINTAGEM/DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Negócio da China, com Bruna, foi encurtada; Amor Eterno Amor, com Marina, não agradou

Fracassos no horário das seis
As duas atrizes têm fracassos em seus currículos registrados em novelas do horário das seis. Bruna provavelmente prefere esquecer a Flor de Lys de Negócio da China (2008). Com uma média de 20 pontos, a novela precisou ser encurtada e até perdeu o protagonista Fábio Assunção, que foi para uma clínica de reabilitação.

Para Marina, não deve ter sido nada fácil ver Amor Eterno Amor (2012) ser cada vez mais detonada pela crítica e pelo público. A trama acabou com 23 pontos de média e deixou um gostinho amargo de decepção.

montagem/repodução/instagram/divulgação/globo

Bruna em Veneza, antes de começar a gravar Deus Salve o Rei; e Marina em Morde & Assopra

Primeira vilã em uma novela das sete
Por fim, a função de infernizar a vida dos mocinhos acontece pela primeira vez para as duas em uma novela das sete. Bruna se prepara para ser vilã pela primeira vez em Deus Salve o Rei, que substituirá Pega Pega.

Marina, a seu turno, teve a missão de fazer malvadezas na pele da patricinha mimada Alice, de Morde & Assopra (2011), em uma confusa trama que envolvia robôs e dinossauros e que não agradou muito.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Ficha técnica: Spider-Man: Homecoming. Aventura. EUA, 2017, 133 min. Direção: Jon Watts. Elenco: Tom Holland, Michael Keaton. Disponível para locação no Now.

Sinopse: Após ajudar o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) em uma importante missão dos Vingadores, Peter Parker (Tom Holland) tenta retornar à vida de um mero estudante colegial em Nova York. Mas se adaptar à rotina não é tarefa fácil para o jovem, que volta a vestir a roupa do Homem-Aranha para proteger sua cidade e as pessoas que ama.

Por que assistir: Terceiro ator a vestir a roupa do Homem-Aranha em uma década, Tom Holland traz frescor e jovialidade ao personagem. O longa consegue balancear momentos clássicos de super-herói, com perseguições a bandidos e lutas intensas, com outros que parecem saídos de produções adolescentes, no qual o grande drama é arranjar um par para o baile.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Troca no Dancing

Com saída de Naldo do Dancing Brasil, Sebá Arietti entra na competição de dança - Fotos: Divulgação O cantor Sebá Arietti, vocalista da banda de pagode Inimigos da HP, foi escalado às pressas para substituir o cantor Naldo Benny na terceira temporada do Dancing Brasil, reality show apresentado por Xuxa Meneghel que ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Quem você quer que ganhe a Dança dos Famosos?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook