Capa de revista

Ameaçada com chinelo, Ellen Rocche comprou casa com dinheiro de nudez

Reprodução/TV Globo

A atriz Ellen Rocche interpreta a enfermeira Suzy em O Outro Lado do Paraíso, da Globo  - Reprodução/TV Globo

A atriz Ellen Rocche interpreta a enfermeira Suzy em O Outro Lado do Paraíso, da Globo

MÁRCIA PEREIRA, no Rio de Janeiro - Publicado em 09/11/2017, às 06h19

No ar em O Outro Lado do Paraíso, Ellen Rocche chega ao horário nobre após trilhar carreira como símbolo sexual. Integrante de uma família humilde de São Paulo, ela conta que trabalhou em padaria e mercado até posar para um professor de fotografia na adolescência. Como modelo, a loira decolou. E teve até o apoio dos avós para posar nua.

"Comprei a casa dos meus pais. A casa em que a família vive até hoje, mas minha mãe morreu há quatro anos. Meu avô pegou o chinelo e perguntou o que eu faria com o dinheiro. Eu disse que queria comprar uma casa para os meus pais saírem do aluguel. Ele então falou que se eu não fizesse isso, ele encheria minha bunda de chineladas", lembra, aos risos.

Indecisa, ela ainda olhou para sua avó. "Ela falou que a minha dignidade não estava na capa de uma revista, que vai pro lixo, enquanto a casa ia ficar. Já tem 16 anos isso, lembro sempre das palavras dos meus avós, que já morreram. Foi tudo pela sobrevivência mesmo. Comecei a fazer foto para conseguir dinheiro, eu não tinha malícia ou maldade", conta.

Persistência como atriz
Ellen diz que começou a estudar interpretação porque sabia que viver da sua beleza tinha prazo de validade. Foi assim que fez os primeiros testes e insistiu em trabalhos como atriz.

"Fico até emocionada quando penso que estou em uma novela que tem Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg, Marieta Severo, Gloria Pires, Lima Duarte... 'Gente, olha onde eu estou?'. Eu queria ser médica, mas meu pai ficou desempregado e eu comecei a trabalhar muito cedo. Foi tudo acontecendo."

Doze quilos mais magra
No papel de uma mulher fogosa, a enfermeira Suzy, que se casará com um homossexual enrustido, o psiquiatra Samuel (Eriberto Leão), Ellen voltou à TV mais magra. Ela emagreceu 12 quilos após Haja Coração, no ano passado. Os quilos a mais foram adquiridos para ela fazer a trama das sete porque Leonora tinha o perfil de mulher fofa e "abrutalhada". "Mas também usei enchimento", revela.

Depois, a atriz fez reeducação alimentar. Em dois meses, conta que já tinha perdido oito quilos. "Não fiz nada radical, não tem segredo, é fechar a boca. Tinha até o dia de pé na jaca, mas não é o dia inteiro, é só uma refeição", fala. Além disso, ela faz exercícios todos os dias, pelo menos 30 minutos, e nada de carboidratos à noite. 

Sobre o romance de Suzy com um homem gay, Ellen sai em defesa da personagem. "Eu costumo dizer que a paixão é cega, né? Ela idealiza uma pessoa, o diretor do hospital, um homem superviril. E ele mente bem, afinal, ninguém desconfia."

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Vitória: A Vida de uma Rainha

Vitória: A Vida de uma Rainha

Ficha técnica: Drama, Inglaterra, 2016. Criação: Daisy Goodwin. Elenco: Jenna Coleman, Tom Hughes, Peter Bowles, Eve Myles, Rufus Sewell. Disponível no Now.

Sinopse: Monarca mais importante do Reino Unido, a rainha Vitória (Jenna Coleman) é tema de uma série que mostra seu reinado a partir da chegada ao trono, aos 18 anos, e seu relacionamento com o primeiro-ministro Lord Melbourne (Rufus Sewell) e o casamento com o príncipe Albert (Tom Hughes). Suas duas únicas temporadas (até agora) só estão disponíveis em vídeo sob demanda.

Por que assistir: Indicada a dois Emmys e eleita melhor drama no Festival de Monte-Carlo, a produção impressiona pela reconstituição primorosa da era vitoriana, com belos cenários e figurinos. Nos Estados Unidos e na Inglaterra, críticos classificaram a série como a sucessora natural da premiada Downton Abbey (2010-2015). A atriz Jenna Coleman, querida pelos fãs de Doctor Who, brilha na pele da monarca.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Fim da linha

A humorista Maria Bamford em cena da comédia surreal Lady Dynamite, da Netflix - Divulgação/Netflix A Netflix anunciou neste sábado o cancelamento da série Lady Dynamite, que teve duas temporadas produzidas pela plataforma de streaming. Baseada na vida real da comediante Maria Bamford (que também estrela a série), Lady Dynamite ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Mais um BBB vem por aí e...

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook