Relato de assédio

REDAÇÃO - Publicado em 20/04/2017, às 14h37

Reprodução/The View

A ex-funcionária da Fox News Perquita Burgess, que acusa Bill O'Reilly de assédio - Reprodução/The View

A ex-funcionária da Fox News Perquita Burgess, que acusa Bill O'Reilly de assédio

O grupo Fox decidiu na quarta (19) pela demissão do apresentador Bill O'Reilly após denúncias de assédio sexual que ele teria cometido contra funcionárias. Na quinta (20), uma delas deu seu depoimento em um programa da TV norte-americana. Perquita Burgess, ex-funcionária do canal Fox News, contou no The View que os assédios de O'Reilly consistiam em grunhidos, gemidos, cantadas inapropriadas e encaradas maliciosas. "Ele passava pela minha mesa e fazia um grunhido, [ou] me chamava de chocolate quente. Me deixava passar na frente e dizia: 'Está bonitona, garota'. É diferente de quando alguém te faz um elogio e te trata como colega", disse. Muito constrangida, Perquita explicou que ainda não tinha ido à público porque temia prejudicar sua relação com a Fox. Em nota oficial, a empresa disse que avaliou as acusações e entrou em um acordo de demissão com O'Reilly. Ele tinha a maior audiência e o maior salário entre os canais de notícia dos EUA.

Leia todas as Notas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

+ Lidas

Redes sociais

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook