Novelas

Vem aí

Castelos, faroeste, axé e girl power: o que esperar das novelas em 2018?

Estevam Avellar/TV Globo

Marco Pigossi e Alice Wegmann interpretarão irmãos na supersérie Onde Nascem os Fortes - Estevam Avellar/TV Globo

Marco Pigossi e Alice Wegmann interpretarão irmãos na supersérie Onde Nascem os Fortes

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 03/01/2018, às 06h19 - Atualizado às 06h20

Principais produtos da TV brasileira, as novelas terão um 2018 promissor: apesar de nenhuma ter pretensão de revolucionar o gênero, as tramas anunciadas chamam a atenção por explorarem temas pouco trabalhados ou mesmo inéditos na telinha. De castelos medievais a faroeste no meio do sertão nordestino, haverá de tudo um pouco neste ano.

A primeira estreia acontece já na próxima terça (9), com Deus Salve o Rei. Escrita pelo novato Daniel Adjafre, a novela das sete retomará uma época que a dramaturgia da Globo nunca explorou: a Idade Média.

Princesas, plebeias, cavaleiros de armadura e feiticeiros habitarão os castelos cenográficos montados nos Estúdios Globo. As comparações com Belaventura, que tem temática similar e estreou em julho na Record, serão inevitáveis, mas as inspirações para Deus Salve o Rei vieram de séries como Game of Thrones e Vikings.

No elenco, as jovens estrelas Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine (com sua primeira vilã) dividem espaço com Rômulo Estrela, que estreia como protagonista porque o ator originalmente escalado, Renato Góes, brigou com o diretor no primeiro dia de trabalho e foi afastado. Tatá Werneck também deve roubar a cena.

Na faixa das seis, a sofrida Tempo de Amar dará lugar a outra novela de época que explorará romances proibidos e difíceis. Orgulho e Paixão será baseada em livros da autora inglesa Jane Austen (1775-1817), conhecida por construir personagens femininas fortes em uma época extremamente machista.

Nathalia Dill tem feito aulas de montaria para atuar em Orgulho e Paixão (Reprodução: Instagram)

Assim, a trama das seis injetará um pouco de empoderamento feminino, uma expressão tão contemporânea, em um período histórico. Contará a história de cinco irmãs de personalidades bem diferentes que precisarão desafiar as convenções vigentes na época para que se imponham na sociedade.

Nathalia Dill será a mais velha das cinco, Elizabeta, a protagonista da história, que terá um affair entre tapas e beijos com Darcy (Thiago Lacerda). As outras irmãs ficarão a cargo de Chandelly Braz, Pâmela Tomé, Anajú Dorigon e Bruna Griphao. Alessandra Negrini voltará às novelas depois de três anos para interpretar a vilã.

Orgulho e Paixão é escrita por Marcos Bernstein, que dividiu com João Emanuel Carneiro o roteiro do premiado Central do Brasil (1998), mas não conseguiu repetir o sucesso do colega como autor de novelas: sua única tentativa na área foi com a criticada Além do Horizonte (2013), um dos maiores fracassos da história da Globo.

Axé, morte falsa e nova Carminha
No horário mais nobre das novelas, O Outro Lado do Paraíso dará lugar a Segundo Sol, que marca a volta de João Emanuel Carneiro após a fracassada A Regra do Jogo (2015). Para não repetir os erros de sua última obra, Carneiro fará uma novela solar, alegre e situada em uma Bahia repleta de alto-astral.

raquel cunha/tv globo

Após sucesso em A Força do Querer, Emilio Dantas estreia como protagonista de Segundo Sol

A história girará em torno de um cantor de axé (Emilio Dantas) que atravessa uma fase ruim na carreira. Depois de um acidente, ele é dado como morto e as vendas de seus discos disparam. Assim, o músico prefere se esconder e iniciar uma nova vida em uma cidadezinha para lucrar com a farsa.

O par romântico de Dantas será vivido por Giovanna Antonelli, mas quem promete chamar a atenção mesmo é Adriana Esteves, que interpretará a grande vilã da trama. Em 2012, Adriana roubou a cena como a marcante Carminha, de Avenida Brasil, e a nova parceria com João Emanuel Carneiro tem tudo para repetir o sucesso.

Ainda no Nordeste, mas no meio do sertão, Onde Nascem os Fortes é a próxima novela (ou supersérie, como define a Globo) das onze. Contará a história do amor proibido entre Maria (Alice Wegmann) e Hermano (Gabriel Leone), em uma releitura de Romeu e Julieta com pitadas de faroeste à brasileira.

estevam avellar/tv Globo

Maria (Alice Wegmann) e Hermano (Gabriel Leone) formarão um casal na novela das onze

No elenco, nomes como Alexandre Nero, Marco Pigossi, Débora Bloch, Patricia Pillar e Fábio Assunção. O texto está a cargo George Moura e Sergio Goldenberg, que já assinaram juntos a novela O Rebu (2014) e as minisséries O Canto da Sereia (2013) e Amores Roubados (2014).

Histórias mais curtas e Adão e Eva
Depois do sucesso da temporada Viva a Diferença, Malhação apostará na adaptação de um formato canadense, 30 Vies, quatro vezes indicada ao Emmy Internacional. Ao contrário de tudo o que foi feito até hoje, a novelinha apresentará histórias mais curtas, que se encerram em até duas semanas.

No eixo principal, a professora vivida por Camila Morgado, que precisará ajudar seus alunos com os problemas que vivem na escola ou na vida familiar. Os estudantes revezarão importância de acordo com a história da semana.

Sophia Valverde já incorporou Poliana, sua primeira protagonista no SBT (Reprodução/Instagram)

Já o SBT mantém sua aposta no público infantil com As Aventuras de Poliana, assinada por Iris Abravanel e com elenco liderado por Sophia Valverde (ex-Chiquititas e Cúmplices de um Resgate). No núcleo adulto, Milena Toscano e Dalton Vigh serão os protagonistas. Grande estrela do canal, Larissa Manoela também terá um papel de destaque na trama.

Por fim, o clima é de mistério na Record. A substituta de Belaventura, Topíssima, teve sua produção cancelada. Nos bastidores da emissora, já se fala no possível fim do segundo horário de novelas. Na faixa bíblica, Apocalipse deve ter como substituta uma obra escrita por Paula Richard, que abordará Adão, Eva e a criação do mundo.

Curta no Facebook Curta no Facebook
Siga no Twitter Siga no Twitter

Notícias da TV Recomenda

Vitória: A Vida de uma Rainha

Ficha técnica: Drama, Inglaterra, 2016. Criação: Daisy Goodwin. Elenco: Jenna Coleman, Tom Hughes, Peter Bowles, Eve Myles, Rufus Sewell. Disponível no Now.

Vitória: A Vida de uma Rainha

Sinopse: Monarca mais importante do Reino Unido, a rainha Vitória (Jenna Coleman) é tema de uma série que mostra seu reinado a partir da chegada ao trono, aos 18 anos, e seu relacionamento com o primeiro-ministro Lord Melbourne (Rufus Sewell) e o casamento com o príncipe Albert (Tom Hughes). Suas duas únicas temporadas (até agora) só estão disponíveis em vídeo sob demanda.

Por que assistir: Indicada a dois Emmys e eleita melhor drama no Festival de Monte-Carlo, a produção impressiona pela reconstituição primorosa da era vitoriana, com belos cenários e figurinos. Nos Estados Unidos e na Inglaterra, críticos classificaram a série como a sucessora natural da premiada Downton Abbey (2010-2015). A atriz Jenna Coleman, querida pelos fãs de Doctor Who, brilha na pele da monarca.

Assista agora no NOW

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

ENQUETE

Enquete

Mais um BBB vem por aí e...

Compartilhe: