Mercado

Reformulação

Após seis anos, criador do CQC deixa o comando da área artística da Band

Divulgação/Band

O argentino Diego Guebel, ex-diretor artístico e comercial da Band, que deixou a emissora - Divulgação/Band

O argentino Diego Guebel, ex-diretor artístico e comercial da Band, que deixou a emissora

REDAÇÃO - Publicado em 06/12/2017, às 12h37 - Atualizado às 13h21

A Band anunciou nesta terça-feira (6) a saída do argentino Diego Guebel, que ocupava a vice-presidência de Televisão. Criador do CQC, Guebel trocou a produtora Cuatro Cabezas por um cargo fixo na emissora em 2011. Ele era responsável pelos departamentos artístico, comercial, de jornalismo e operações.

O argentino é a segunda baixa importante no grupo em menos de uma semana: na sexta passada, Marcelo Meira deixou a vice-presidência executiva e foi substituído por André Aguera. É um período de reestruturação na emissora, que passa por uma crise financeira: em junho, o vice-presidente comercial Marcelo Mainardi também saiu do canal.

Ao Notícias da TV, Guebel enviou comunicado em que se diz grato pela oportunidade que teve na Band, "principalmente ao presidente Johnny [Saad] por sua ousadia". Ele também afirma que aprendeu muito, e que espera ter deixado "um legado bom, uma marca na vida da empresa e das pessoas".

O argentino também anuncia uma etapa nova e de muitas mudanças na Band, mas informa que espera e deseja seguir ligado ao Brasil e à emissora. "Que o futuro nos encontre fazendo coisas juntos.

Confira o comunicado de Diego Guebel:
"Depois de 6 anos comandando o conteúdo na TV Bandeirantes, chegamos ao fim de uma etapa. Estarei sempre grato pela oportunidade que me foi dada pela empresa, principalmente ao presidente Johnny por sua ousadia, por me estimular a fazer o que parecia impossível e por me fazer sentir parte de seu time.

Passei por grandes e maravilhosos momentos nesta casa e fiquei encantado com as pessoas incríveis que conheci aqui. Todo mundo que me conhece sabe de minha admiração pelo modo como as pessoas se relacionam aqui. Desfrutei com muita intensidade cada momento, os bons, e também os não tão bons.

E isso acontece desde que a Band abriu suas portas, sua grade, para exibir os produtos que eu fazia; depois tive esta oportunidade de me envolver em novas tarefas já sendo um orgulhoso integrante deste grupo.

Do mesmo jeito que eu recebi tanto aqui, que eu aprendi tanto, espero ter deixado um legado bom, uma marca na vida da empresa e das pessoas. Sempre achei que as pessoas se definem mais pelo que fazem do que pelo que falam e acredito que deixo um legado de profissionalismo na execução dos conteúdos, de ousadia, uma cultura de organização e de resiliência que permite enfrentar as circunstâncias mais difíceis.

É a hora de sair, de deixar o caminho liberado para as mudanças que vêm nessa etapa nova na Band. Fica um time de pessoas muito competentes para seguir enfrentando os desafios de sempre e os novos tambem, em um cenário desafiador e em permanente mudança. Espero e desejo seguir ligado ao Brasil e à Band, e que o futuro nos encontre fazendo coisas juntos."

Confira o anúncio de André Aguera sobre a saída de Guebel:
"Comunico que, a partir desta data, Diego Guebel deixa a Vice-Presidência de Televisão em comum acordo com esta Vice-Presidência Executiva, após um longo e profícuo trabalho realizado por ele na Band nos últimos anos.

Diego será sempre lembrado pela casa por seu talento, profissionalismo e capacidade de trabalho, e a ele reafirmamos nossos melhores agradecimentos por todo este período.

Nenhuma dúvida resta que a Band deixa as portas abertas para que projetos comuns possam surgir no futuro. A ele nosso muito obrigado".

Curta no Facebook Curta no Facebook
Siga no Twitter Siga no Twitter

Notícias da TV Recomenda

This Is Us

Ficha técnica: Drama, EUA, 2016. Criação: Dan Fogelman. Elenco: Milo Ventimiglia, Mandy Moore, Sterling K. Brown, Chrissy Metz e Justin Hartley. Disponível no Fox Life e no Now.

This Is Us

Sinopse: This Is Us apresenta a história de três pessoas nascidas no mesmo dia, dois homens e uma mulher. A trama navega entre os anos 1980 e os dias atuais, mostrando a infância de cada uma delas em contraste com a vida adulta. No Now, o primeiro episódio está disponível gratuitamente.

Por que assistir: Com um roteiro surpreendente, ótimos diálogos e intepretações de alto nível, o drama familiar carrega na emoção e pode levar o telespectador às lágrimas. Discute temas como adoção, racismo e obesidade. É uma das maiores audiências dos Estados Unidos e grande sucesso de 2016. O drama reafirmou as carreiras de Sterlin K. Brown (vencedor do Emmy), Milo Ventimiglia e Justin Hartley, além de revelar Chrissy Metz.

Assista agora no NOW

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

ENQUETE

Enquete

Quem você gostaria que substituísse Cátia Fonseca no Mulheres?

Compartilhe: