Dexter para presidente

REDAÇÃO - Publicado em 09/02/2017, às 17h59

Divulgação/Showtime

O ator Michael C. Hall em cena da série Dexter, em que interpretava um serial killer - Divulgação/Showtime

O ator Michael C. Hall em cena da série Dexter, em que interpretava um serial killer

O ator Michael C. Hall, protagonista da série Dexter (2006-2013), entrou para o elenco da série The Crown, ganhadora do Globo de Ouro deste ano. Ele vai viver John Fitzgerald Kennedy, presidente dos Estados Unidos entre 1961 e 1963. Hall estreou na TV na série A Sete Palmos (2001-2005), em que viveu o homossexual David Fisher. Para acompanhá-lo, a série também ganhará a atriz sul-africana Jodi Balfour, que interpretará a primeira-dama Jackie Kennedy. A terceira novidade será Matthew Goode, de Downton Abbey e The Good Wife. Ele foi escalado para viver Tony Armstrong-Jones, o marido fotógrafo da princesa Margaret (Vanessa Kirby). A segunda temporada de The Crown já está sendo gravada, mas ainda não tem previsão de estreia na Netflix.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Netflix renova

REDAÇÃO - Publicado em 08/02/2017, às 18h26

Divulgação/Netflix

Gillian Jacobs e Paul Rust estrelam a comédia Love, que terá terceira temporada - Divulgação/Netflix

Gillian Jacobs e Paul Rust estrelam a comédia Love, que terá terceira temporada

A Netflix anunciou nesta quarta-feira (8) a renovação de algumas de suas séries: o controverso drama The OA ganhou uma segunda temporada, assim como a ficção científica Travelers, estrelada por Eric McCormack (de Will & Grace); já a comédia sobre relacionamentos Love foi renovada para seu terceiro ano antes mesmo da estreia do segundo, marcada para o dia 10 de março. O serviço de streaming também confirmou que a aguardada quinta temporada da comédia dramática Orange Is the New Black será lançada em 9 de junho e que a novata Dear White People, sobre um grupo de negros em uma faculdade de elite, estreia em 28 de abril. Além disso, a plataforma lançará um talk show científico com Bill Nye (espécie de precursor de O Mundo de Beakman) em 21 de abril. E Girlboss, produzida por Charlize Theron, chega ao serviço em 21 de abril.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Mudança na Record

DANIEL CASTRO - Publicado em 08/02/2017, às 14h19

Divulgação/RecordTV

Alexandre Avancini orienta Guilherme Winter em Os Dez Mandamentos - Divulgação/RecordTV

Alexandre Avancini orienta Guilherme Winter em Os Dez Mandamentos

Principal diretor de novelas da Record, Alexandre Avancini não vai mais comandar Apocalipse, trama bíblica prevista para ir ao ar em 2018, após O Rico e Lázaro, substituta de A Terra Prometida. Avec, como é conhecido, foi escalado para dirigir a trilogia de filmes sobre o bispo Edir Macedo, dono da Record e líder da Igreja Universal. Com texto de Vivian de Oliveira, mesma autora de Os Dez Mandamentos, Apocalipse terá direção-geral de Edson Spinello, que volta à emissora após três anos. Na Record, Spinello dirigiu a minissérie bíblica Rei Davi (2012) e as novelas Bela, a Feia (2009) e Balacobaco (2013), entre outras produções. As gravações de Apocalipse começam no final do ano. A trama será baseada na Bíblia, mas ambientada em um futuro próximo.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Comédia nacional

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 07/02/2017, às 11h57

Divulgação/USA

Alice Braga, uma das fundadoras da produtora que vai realizar a série Samantha! - Divulgação/USA

Alice Braga, uma das fundadoras da produtora que vai realizar a série Samantha!

A Netflix anunciou nesta terça (7) a sua primeira comédia produzida no Brasil. Com o título de Samantha!, vai mostrar a vida de uma atriz mirim que cresce e enfrenta dificuldades na vida adulta _especialmente por ter se casado com um jogador de futebol que acabou de sair da cadeia depois de dez anos preso. A série será produzida pela Losbragas, produtora de São Paulo fundada pela atriz Alice Braga, pelo diretor Felipe Braga e pela produtora Rita Moraes. "É uma série que vai divulgar a cultura brasileira pelo mundo", anunciou o CEO da Netflix, Reed Hastings, em um evento para a imprensa. A produção terá início neste ano, mas ainda não há informações sobre atores ou diretores envolvidos no projeto. A Netflix ainda prepara no Brasil a segunda temporada de 3% e uma série sobre a Lava Jato, que será dirigida por José Padilha.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Super Bowl

REDAÇÃO - Publicado em 06/02/2017, às 16h58

Divulgação/NFL

Tom Brady, marido de Gisele Bündchen, celebra sua quinta vitória no Super Bowl - Divulgação/NFL

Tom Brady, marido de Gisele Bündchen, celebra sua quinta vitória no Super Bowl

A grande final do campeonato de futebol americano, realizada na noite de domingo (5), foi vista por 113,7 milhões de norte-americanos, segunda maior audiência da história da TV dos Estados Unidos. Desse total, 1,7 milhão optou por assistir à transmissão em streaming. Tradicionalmente o programa mais visto na TV anualmente, maior vitrine para a publicidade nos Estados Unidos, o Super Bowl foi sintonizado por 72% dos televisores ligados no país. Apesar dos números grandiosos, a partida não conseguiu superar os índices do Super Bowl de 2015, o programa mais assistido da história, com 114,5 milhões de teleespectadores. O jogo deste ano, entre o Atlanta Falcons e o New England Patriots (que levou o título), entrou para a história por ser a primeira decisão a ir para a prorrogação. 
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

No olho do furacão

REDAÇÃO - Publicado em 06/02/2017, às 16h28

Divulgação

Annette Bening em Mulheres do Século 20: ela fará seu primeiro papel fixo na TV - Divulgação

Annette Bening em Mulheres do Século 20: ela fará seu primeiro papel fixo na TV

A atriz Annette Bening entrou para o elenco da segunda temporada de American Crime Story, que mostrará a vida da população atingida pelo furacão Katrina, em 2005. Bening, indicada quatro vezes ao Oscar e que neste ano concorreu ao Globo de Ouro por sua atuação no filme Mulheres do Século 20, vai interpretar a governadora da Louisiana, Kathleen Blanco. Essa será a primeira vez em que Annette entra para o elenco fixo de uma série de TV _logo no início da carreira, ela participou de um episódio de Miami Vice (1980-1990) e de outro de O Homem da Máfia (1987-1990), mas nunca teve um personagem mais duradouro. Apesar de novata na televisão, a atriz tem uma carreira longa no cinema, estrelando filmes como Beleza Americana (1999) e Minhas Mães e Meu Pai (2010). Em 2006, fez Correndo com Tesouras, no qual foi dirigida por Ryan Murphy, criador de American Crime Story. A segunda temporada da série, que aborda um crime diferente a cada ano, tem estreia prevista para 2018.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Fox vs Sky S01E03

DANIEL CASTRO - Publicado em 04/02/2017, às 07h46

Divulgação/AMC

Norman Reedus, o Daryl Dixon, em cena de sétima temporada de The Walking Dead - Divulgação/AMC

Norman Reedus, o Daryl Dixon, em cena de sétima temporada de The Walking Dead

A programadora Fox decidiu ontem (3) à noite manter os sinais de seus canais na Sky pelo menos até segunda-feira, quando espera ter uma rodada final de negociações pela renovação de contrato com a segunda maior operadora do país. No último dia 24, a Fox emitiu comunicado em que, diante de impasses, ameaçava cortar seus sinais da Sky na terça-feira, 31. O corte, no entanto, foi prorrogado para sexta e novamente adiado. As negociações entre as duas empresas estão tensas porque a Fox, além de seus canais básicos (Fox, FX, Fox Sports, National Geographic), quer impor a distribuição de um pacote de canais premium, o que aumenta os custos para as operadoras e para os assinantes. Caso as negociações não cheguem a um "final feliz", cerca de 5,2 milhões de assinantes poderão ficar sem acesso a séries como The Walking Dead, a mais vista do país.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Tatá dramática

REDAÇÃO - Publicado em 03/02/2017, às 14h09

Divulgação/Telecine

Tatá Werneck no estúdio do programa Três Pipocas e a Conta, da rede Telecine - Divulgação/Telecine

Tatá Werneck no estúdio do programa Três Pipocas e a Conta, da rede Telecine

Longe da TV desde o fim de Haja Coração (2016), Tatá Werneck está divulgando seu primeiro filme dramático, TOC - Transtornada Obsessiva Compulsiva. Em entrevista ao programa Três Pipocas e a Conta, da Rede Telecine, ela conta que se esforçou para não tirar o foco da trama difícil da personagem. "Quem faz comédia se prostitui muito fácil pelo riso. E eu sabia que podia tornar tudo mais engraçado se colocasse o DNA da 'Tatazisse' ali, mas não queria fugir da história da personagem que estava sofrendo. A gente priorizou contar essa história de amor", afirma. Tatá interpreta uma estrela de novelas cujo transtorno obsessivo compulsivo atrapalha sua vida profissional e pessoal. A atriz procurou não improvisar tanto nesse filme e brinca: é para [o diretor da Globo] Luiz Fernando Carvalho olhar e pensar: 'Quero essa menina no sertão'. A entrevista está disponível no canal de Youtube Dá um Play.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Novos recordes

REDAÇÃO - Publicado em 02/02/2017, às 15h28

Reprodução/Globo

Os atores Nicolas Prattes e Marina Moschen em cena de Rock Story ontem (1º) - Reprodução/Globo

Os atores Nicolas Prattes e Marina Moschen em cena de Rock Story ontem (1º)

O fim das férias de janeiro e as tramas mais movimentadas têm beneficiado as audiências das novelas. Na Globo, Sol Nascente e Rock Story tiveram ontem (1º) os maiores ibopes desde suas estreias, em 29 de agosto e 9 de novembro, respectivamente. A trama das sete marcou 27,8 pontos, e a das seis registrou média de 24,6 na Grande São Paulo. O SPTV 2ª edição, exibido entre as duas novelas, também teve sua melhor audiência no ano: 28,0 pontos, apenas três décimos atrás de A Lei do Amor. Já no SBT, as novelas infantis tiveram recuperação no Ibope após o mês de férias escolares. Com 12,1 pontos, Carinha de Anjo apresentou crescimento de 12% em relação às quatro últimas quartas-feiras. Chiquititas cravou 13,5 pontos, maior audiência desde 28 de novembro.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Estreia de Powerless

REDAÇÃO - Publicado em 02/02/2017, às 15h26

Divulgação

Vanessa Hudgens e Alan Tudyk em Powerless; série estreia no Brasil em março - Divulgação

Vanessa Hudgens e Alan Tudyk em Powerless; série estreia no Brasil em março

Primeira comédia do universo de super-heróis da DC Comics, a série Powerless começa a ser exibida hoje (2) nos Estados Unidos e também já tem data de estreia no Brasil. A atração irá ao ar pela Warner a partir do dia 12 de março, um domingo, às 23h. Powerless é ambientada em um mundo que sofre com danos colaterais e destruições causados por heróis e vilões. A protagonista Emily (Vanessa Hudgens) assume o comando de uma empresa especializada em desenvolver produtos de segurança para cidadãos comuns e sofre com as trapalhadas de seus colegas. Este é o primeiro trabalho de Hudgens como atriz na TV desde a trilogia High School Musical (2006-2008), do Disney Channel. O elenco conta também com Danny Pudi (Community), Alan Tudyk (Suburgatory) e Ron Funches (Undateable).
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

+ Lidas

Redes sociais

Últimas notícias