Bibi em alta

REDAÇÃO - Publicado em 18/07/2017, às 16h09

Anderson Barros/Gshow

Bibi (Juliana Paes) em baile funk no capítulo de segunda (17) de A Força do Querer - Anderson Barros/Gshow

Bibi (Juliana Paes) em baile funk no capítulo de segunda (17) de A Força do Querer

A transformação de Bibi (Juliana Paes) de estudante de direito em uma perigosa baronesa do tráfico tem repercutido bem na audiência de A Força do Querer. O capítulo de segunda-feira (17) da novela, que mostrou a mulher de Rubinho (Emilio Dantas) curtindo um baile funk e indo até o chão com o batidão, registrou 35,9 pontos na Grande São Paulo, a maior audiência da TV em todo o dia _quase cinco pontos à frente do Jornal Nacional, que marcou 31,0. Em ótima fase, a trama de Gloria Perez também tem crescido nas médias semanais: os capítulos da semana passada marcaram 35,8 pontos, a melhor média de toda a novela até o momento. Superou o recorde da semana anterior, quando teve 34,9 pontos.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Audiência recorde

REDAÇÃO - Publicado em 17/07/2017, às 17h33

Divulgação/HBO

A atriz Emilia Clarke em cena do primeiro episódio da sétima temporada de GoT - Divulgação/HBO

A atriz Emilia Clarke em cena do primeiro episódio da sétima temporada de GoT

O primeiro episódio da sétima temporada de Game of Thrones teve 10,1 milhões de telespectadores nos Estados Unidos, um recorde para o drama da HBO. A maior marca até então era do último episódio da sexta temporada, que registrou 8,89 milhões. Se forem levadas em consideração apenas as estreias de temporada, o início da sétima teve 2,1 milhões a mais de telespectadores do que o da quinta, que era o mais assistido até ontem. Computados os números de quem assistiu as reprises na TV ou na plataforma online da HBO, há um ganho de 6 milhões de pessoas. Esse número aumentará substancialmente assim que for acrescentado o público que assistir o episódio gravado durante esta semana. Segundo a HBO, a sexta temporada teve média de 25,7 milhões de telespectadores por capítulo, contando todas as formas possíveis de ver a série. 
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Globais em 3%

REDAÇÃO - Publicado em 17/07/2017, às 13h20

Pedro Saad/Netflix

As atrizes Cynthia Seneck (à esq.) e Fernanda Vasconcellos em imagem de 3% - Pedro Saad/Netflix

As atrizes Cynthia Seneck (à esq.) e Fernanda Vasconcellos em imagem de 3%

O elenco de 3% ganhou reforços de peso para a segunda temporada, que começou a ser filmada em São Paulo. Atrizes famosas por novelas da Globo entraram para o primeiro drama brasileiro produzido pela Netflix: Fernanda Vasconcellos (Haja Coração), Cynthia Seneck (Malhação), Maria Flor (A Lei do Amor) e Laila Garin (Rock Story). Bruno Fagundes (Meu Pedacinho de Chão), filho de Antonio Fagundes, também estará na série. A segunda temporada, ainda sem data de estreia, será lançada no ano que vem, com dez episódios. A trama mostrará um novo Processo para chegar ao Maralto, lugar onde estão Rafael (Rodolfo Velente) e Michele (Bianca Comparato). Eles fazem parte de 3% da população do Brasil que desfruta do bom e do melhor, separados da parte pobre e devastada do país, chamada de Continente.  
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Narcos em setembro

REDAÇÃO - Publicado em 14/07/2017, às 10h48

Divulgação/Netflix

O agente Peña (Pedro Pascal) mostra hierarquia do Cartel de Cali em Narcos - Divulgação/Netflix

O agente Peña (Pedro Pascal) mostra hierarquia do Cartel de Cali em Narcos

A Netflix anunciou que a terceira temporada de Narcos será lançada no dia 1º de setembro. A série continua sem Pablo Escobar (o brasileiro Wagner Moura), morto no fim do segundo ano. Sem o chefe do narcotráfico, a produção agora acompanha o Cartel de Cali, na Colômbia. A organização, uma das mais ricas do tráfico de drogas mundial, é liderada por quatro "reis": Gilberto Rodriguez Orejuela (Damian Alcazar), Miguel Rodriguez Orejuela (Francisco Denis), Pacho Herrera (Alberto Ammann) e Chepe Santacruz Londono (Pepe Rapazote). Narcos ganhará outros cinco personagens: o chefe de segurança do cartel, Jorge Salcedo (Matias Varela); os agentes Chris Feistl (Michael Stahl-David) e Daniel Van Ness (Matt Whelan), que vão ajudar Javier Peña (Pedro Pascal) na caçada dos traficantes; o lavador de dinheiro Franklin Jurado (Miguel Angel Silvestre, de Sense8); e David Rodriguez (Arturo Castro), filho mais velho de Miguel Orejuela que reluta em assumir uma posição no cartel. 
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Do Oscar para o Philos

REDAÇÃO - Publicado em 13/07/2017, às 18h33

Divulgação/Philos

James Baldwin (ao centro) é foco do documentário Eu Não Sou Seu Negro - Divulgação/Philos

James Baldwin (ao centro) é foco do documentário Eu Não Sou Seu Negro

Indicado ao Oscar de melhor documentário neste ano, o aclamado Eu Não Sou Seu Negro chega neste sábado (15) ao catálogo do canal on demand Philos. Com narração de Samuel L. Jackson, o longa promove uma reflexão sobre o racismo ao abordar a falta de representatividade das minorias até os dias atuais, tendo como mote o extermínio de grandes líderes do movimento negro nos Estados Unidos: Malcolm X (1925-1965), Martin Luther King (1929-1968) e Medgar Evers (1925-1963). O documentário também trata da política de segregação ainda hoje presente na sociedade norte-americana, por meio de manuscritos do escritor e crítico social James Baldwin (1924-1987). O Philos está disponível on demand por R$ 21,90 mensais, com o primeiro mês grátis. A assinatura confere acesso irrestrito à coleção de documentários e programas sobre arte e ciência na TV, computador, tablet e smartphone.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Fangio no Sportv

REDAÇÃO - Publicado em 12/07/2017, às 18h28

Divulgação

O piloto argentino Juan Manuel Fangio em preparação para corrida em 1956 - Divulgação

O piloto argentino Juan Manuel Fangio em preparação para corrida em 1956

Um dos maiores campeões da Fórmula 1, com cinco títulos conquistados, o argentino Juan Manuel Fangio (1911-1995) será lembrado na edição desta quinta-feira (13) do Planeta Sportv. A reportagem homenageia o piloto, que morreu há quase 22 anos, em 17 de julho de 1995. Vai lembrar, entre outros fatos, o momento em que Fangio foi sequestrado pelas forças guerrilheiras de Fidel Castro, em 1958. Às vésperas de uma corrida organizada pelo então presidente Fulgêncio Batista, Fangio foi levado para um cativeiro _porém, ao contrário do que pensavam durante os três dias em que ficou desparecido, foi muito bem tratado e acabou amigo dos sequestradores. Fãs do automobilismo também terão outro motivo para assistir ao Planeta: o comentarista Reginaldo Leme fará um perfil do ícone inglês Nigel Mansell, em preparação para o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, que acontece no domingo (16).
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Recorde dos Brau

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 12/07/2017, às 15h24

Reprodução/TV Globo

Michele (Taís Araújo) e Brau (Lázaro Ramos) em cena do episódio de ontem (11) - Reprodução/TV Globo

Michele (Taís Araújo) e Brau (Lázaro Ramos) em cena do episódio de ontem (11)

A série Mister Brau cravou na noite de terça-feira (11) sua melhor audiência desde que estreou na Globo, em 2015. O programa registrou 25,5 pontos de média no Ibope na Grande São Paulo e 29 pontos (arredondados) no Rio de Janeiro. Com esses números, teve recordes de suas três temporadas nas duas metrópoles. Mister Brau também marcou a melhor audiência obtida pela emissora na faixa da linha de shows, exibida às 22h30, desde 2014. O episódio começou com o Michele (Taís Araújo) e Brau (Lázaro Ramos) na cama reclamando te terem caído na rotina. Eles acabaram se envolvendo em um conflito porque o filho mais velho do casal, Egídio (Leonardo Lima), foi vítima de preconceito racial. 
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

L Word de volta

REDAÇÃO - Publicado em 12/07/2017, às 13h47

Divulgação/Showtime

A atriz Katherine Moennig em cena de The L Word; série lésbica terá continuação - Divulgação/Showtime

A atriz Katherine Moennig em cena de The L Word; série lésbica terá continuação

O canal Showtime prepara uma continuação de The L Word, popular série sobre um grupo de amigas lésbicas e bissexuais em Los Angeles, exibida entre 2004 e 2009. De acordo com a mídia norte-americana, o projeto deverá contar com a participação das atrizes Jennifer Beals, Katherine Moennig e Leisha Hailey, que reviverão as personagens Bette, Shane e Alice, respectivamente. Há 13 anos, o Showtime ousou ao apostar em uma série que, pela primeira vez, trazia lésbicas como protagonistas, retratando abertamente suas relações amorosas e sexuais. A notícia chega em boa hora, pois existe uma tendência nas séries da TV norte-americana em matar personagens lésbicas. A produtora Ilene Chaiken, cocriadora da série, que atualmente trabalha Empire, deve conduzir a nova L Word.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Sinal aberto para GoT

REDAÇÃO - Publicado em 12/07/2017, às 13h15

Helen Sloan/HBO

Lena Headey e Nikolaj Coster-Waldau na sétima temporada de Game of Thrones - Helen Sloan/HBO

Lena Headey e Nikolaj Coster-Waldau na sétima temporada de Game of Thrones

A estreia da sétima temporada de Game of Thrones, domingo (16), poderá ser vista por todos os assinantes da Net e da Claro TV _mesmo aqueles que não têm a HBO. É que, a partir de sexta (14), as operadoras vão abrir o sinal dos canais para que todos acompanhem o primeiro episódio da série, que vai ao ar a partir das 22h. Já os assinantes que contam com a HBO e por acaso perderem a estreia na televisão poderão acompanhar a produção premiada pela internet: todos os episódios serão disponibilizados no Now e na HBO Go no dia seguinte à exibição no canal. Os 60 capítulos das temporadas anteriores também podem ser conferidos na plataforma, para quem quiser lembrar tudo o que já aconteceu nos Sete Reinos antes da estreia da nova fase.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Stranger Things retorna

REDAÇÃO - Publicado em 11/07/2017, às 11h52

Divulgação/Netflix

O ator Noah Schnapp, o Will, em cena da segunda temporada de Stranger Things - Divulgação/Netflix

O ator Noah Schnapp, o Will, em cena da segunda temporada de Stranger Things

A Netflix marcou para 27 de outubro o retorno de Stranger Things. De acordo com a sinopse divulgada pela plataforma de streaming, a segunda temporada se passará em 1984 e mostrará "os cidadãos de Hawkins, Indiana, ainda se recuperando dos horrores do Demogorgon e dos segredos do Laboratório de Hawkins. Will Byers (Noah Schnapp) foi resgatado do Mundo Invertido, mas uma entidade maior e sinistra ameaça aqueles que sobreviveram". Para situar melhor o telespectador, a Netflix também divulgou uma linha do tempo da trama: o Projeto MKUltra chegou em Hawkins e deu início aos seus experimentos em 1953; o policial Jim Hopper (David Harbour) retornou para a cidade em 1979; Will Byers desapareceu em 6 de novembro de 1983; e, dois dias depois, Barb Holland (Shannon Purser) sumiu. 
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

+ Lidas

Redes sociais

Últimas notícias

Click Click