RIP, Eduardo Carneiro

REDAÇÃO - Publicado em 09/02/2018, às 22h20

Reprodução/Facebook

O ator Eduardo Carneiro, que estava no elenco da novela O Outro Lado do Paraíso - Reprodução/Facebook

O ator Eduardo Carneiro, que estava no elenco da novela O Outro Lado do Paraíso

Eduardo Carneiro, que interpretava um dos garimpeiros da novela O Outro Lado do Paraíso, morreu na quinta-feira (8). A notícia foi divulgada pelo ator Juliano Cazarré, que contracenava com Carneiro na trama das nove. "Cearense, Dudu veio para o Rio batalhar pelo sonho de ser artista e viver da arte. Conseguiu. Era um guerreiro. Sempre com uma conversa boa, sempre gentil. Essa vida é mesmo um sopro. E a gente perde tanto tempo e energia reclamando e sofrendo por besteiras. Eu faço tanto isso, reclamo de barriga cheia e fico infeliz mesmo tendo apenas motivos para agradecer. Dudu, essa é minha singela homenagem a você. Brasileiro, artista, amigo. Voa, Ceará! Vai fazer teatro com os anjos. A gente se vê", escreveu Cazarré em seu perfil no Instagram. A causa da morte não foi divulgada.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Jennifer volta à TV

REDAÇÃO - Publicado em 09/02/2018, às 16h23

Reprodução/NBC

A atriz Jennifer Garner voltará à televisão como protagonista da série Camping, na HBO - Reprodução/NBC

A atriz Jennifer Garner voltará à televisão como protagonista da série Camping, na HBO

Doze anos após o fim de Alias (2001-2006), Jennifer Garner voltará à TV. Ela será a protagonista de Camping, série da HBO com produção-executiva de Lena Dunham e Jenni Konner, de Girls (2012-2017). A atração será baseada em uma série britânica homônima, e Jennifer interpretará Kathryn, uma mãe controladora e neurótica. Em oito episódios, a série se passará durante uma viagem às montanhas para o aniversário de 45 anos do marido dela, mas o casal encontrará pessoas desagradáveis, como a ex-melhor amiga de Kathryn, e até ursos. "Nós adoramos o timing para comédia de Jennifer e mal podemos esperar pela inteligência que ela trará para a nossa personagem", disseram Lena e Jenni em entrevista à Variery. Camping ainda não tem previsão de estreia na HBO. 
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Will & Grace na Fox

REDAÇÃO - Publicado em 08/02/2018, às 16h29

Divulgação/NBC

Eric McCormack, Debra Messing, Megan Mullally e Sean Hayes: quarteto de ouro - Divulgação/NBC

Eric McCormack, Debra Messing, Megan Mullally e Sean Hayes: quarteto de ouro

A série Will & Grace, que voltou à TV norte-americana no ano passado após um hiato de 11 anos, chegará ao Brasil no dia 28 de março, na Fox. Os novos episódios terão nova casa: as oito primeiras temporadas, produzidas entre 1998 e 2006, eram exibidas pelo Canal Sony. Na Fox, a estreia acontecerá com um episódio duplo, a partir das 21h45. Nas quartas-feiras seguintes, serão mostrados um capítulo por semana, no mesmo horário. Sucesso de audiência, a série já foi renovada para uma décima temporada. Will & Grace conta a história de dois amigos, o advogado gay Will (Eric McCormack) e a arquiteta heterossexual Grace (Debra Messing), que dividem um apartamento e boa parte de suas vidas um com o outro. Completam o quarteto principal a ricaça bêbada Karen (Megan Mullally) e o multiuso Jack (Sean Hayes), um dos poucos contatos de Will com o mundo gay. A série já ganhou 16 prêmios Emmy, com 83 indicações. Todos os atores do elenco já receberam pelo menos uma estatueta.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

American Idol no Sony

REDAÇÃO - Publicado em 08/02/2018, às 13h12

Divulgação/ABC

Lionel Richie, Katy Perry, Ryan Seacrest e Luke Bryan: nova formação do Idol - Divulgação/ABC

Lionel Richie, Katy Perry, Ryan Seacrest e Luke Bryan: nova formação do Idol

A nova versão do American Idol, que estreia em 11 de março nos Estados Unidos, também será exibida no Brasil pelo Canal Sony, que já transmitiu as temporadas anteriores do reality show musical. No Idol repaginado, só o apresentador Ryan Seacrest estará de volta _a bancada de jurados contará com a cantora pop Katy Perry, o cantor country Luke Bryan e o ícone do soul Lionel Richie. A exibição no Canal Sony acontecerá graças a um acordo com a FremantleMedia, distribuidora do formato. O American Idol é considerado um dos poucos realities norte-americanos que conseguiu lançar cantores de sucesso: saíram de lá nomes como Kelly Clarkson, Jennifer Hudson, Adam Lambert e Carrie Underwood. Principal rival do Idol nos Estados Unidos, o The Voice também é transmitido pelo Sony, que ainda conta em sua programação com os shows de talento The X Factor UK e America's Got Talent. 
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Super Bowl recorde

REDAÇÃO - Publicado em 07/02/2018, às 15h30

Reprodução/ESPN

Os repórteres José Renato Ambrosio e Rafael Bellatini durante o 52º Super Bowl - Reprodução/ESPN

Os repórteres José Renato Ambrosio e Rafael Bellatini durante o 52º Super Bowl

A transmissão do 52º Super Bowl na ESPN, no domingo (4), foi líder entre todos os canais de TV paga. O evento, que é a final da NFL, liga de futebol americano, teve sua maior audiência da história no país e apresentou um crescimento de 14% em relação à transmissão do ano passado. Os repórteres José Renato Ambrosio e Rafael Bellatini foram escalados para cobrir o evento em Minneapolis, Estado de Minnesota, para o canal. Pelo quinto ano consecutivo, o jogo também foi exibido em 110 salas de cinema e teve a maior bilheteria até então. "Os fãs entendem e valorizam cada vez mais a modalidade, fato que explica a audiência crescente", afirma German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil, em nota oficial. De acordo com dados do Ibope, o Brasil é o segundo maior mercado de NFL fora dos Estados Unidos, atrás apenas do México.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Tatá internacional

REDAÇÃO - Publicado em 07/02/2018, às 14h32

Divulgação

A atriz Tatá Werneck em cena do filme TOC – Transtornada Obsessiva Compulsiva - Divulgação

A atriz Tatá Werneck em cena do filme TOC – Transtornada Obsessiva Compulsiva

Além de ser a rainha de Montemor, em Deus Salve o Rei, Tatá Werneck aparecerá também em Austin, cidade do Estado do Texas, nos Estados Unidos. O filme TOC – Transtornada Obsessiva Compulsiva, protagonizado pela atriz, foi selecionado para ser exibido no festival South by Southwest (SXSW), que mistura cinema, música, inovação e tecnologia. No filme, que ganhou o título em inglês de Neurotic Quest for Serenity (em português, "busca neurótica por serenidade"), Tatá interpreta Kika, uma atriz bem-sucedida que tem que lidar com suas crises pessoais e seu transtorno obsessivo compulsivo. "Quase um ano depois do lançamento no Brasil, TOC foi selecionado para o festival mais legal do momento, encerrando a carreira desse filme de um jeito divertido e com uma galera jovem, que é o nosso público", disse Paulinho Caruso, diretror do longa, em nota oficial.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Schwarzenegger na TV

REDAÇÃO - Publicado em 06/02/2018, às 17h39

Divulgação

Astro de ação dos anos 1980, Arnold Schwarzenegger vai estrear nas séries - Divulgação

Astro de ação dos anos 1980, Arnold Schwarzenegger vai estrear nas séries

O ator Arnold Schwarzenegger fechou contrato com a Amazon para produzir e estrelar a série de faroeste Outrider. A produção se passará no fim do século 19 e mostrará um xerife nos territórios indígenas do Oklahoma que se alia a um agente federal para capturar um fora da lei bastante procurado. Schwarzenegger interpretará o agente. Outrider, até o momento, é apenas um projeto; se for aprovado, marcará o primeiro papel do ex-governador e astro do cinema em uma produção fictícia de TV. No ano passado, ele comandou a versão norte-americana do reality Aprendiz Celebridade, no lugar de Donald Trump. Conhecido por filmes da franquia O Exterminador do Futuro, ele já participou de um episódio de Two and a Half Men em 2015 e, antes da fama, fez pontas em séries de pouca expressão no Brasil, como The Streets of San Francisco (1972-1977).
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Super Bowl em queda

REDAÇÃO - Publicado em 06/02/2018, às 11h03

Divulgação/NFL

O quarterback do Eagles, Nick Foles, em lance da vitória sobre o Patriots - Divulgação/NFL

O quarterback do Eagles, Nick Foles, em lance da vitória sobre o Patriots

A transmissão do Super Bowl, a final da liga de futebol americano, foi acompanhada por 103,4 milhões de telespectadores nos Estados Unidos. O número representa uma queda de 7% em relação aos 111,3 milhões da partida no ano passado. A vitória do Philadelphia Eagles sobre o New England Patriots teve a pior audiência de um Super Bowl desde 2009, quando o público foi de "apenas" 98,3 milhões. Ainda assim, o jogo entrou no top 10 das maiores audiências da TV norte-americana, atrás das oito edições anteriores do Super Bowl e do último episódio da série MASH (1972-1983). Exibido na sequência, um capítulo especial de This Is Us teve 26,9 milhões de espectadores, superando de longe o recorde do drama familiar. A série também teve a maior audiência de um programa pós-Super Bowl desde 2012, quando a NBC exibiu uma nova temporada do reality The Voice. Os dados consolidados são do Nielsen, instituto que mede a audiência nos Estados Unidos.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

Que tiro foi esse?

REDAÇÃO - Publicado em 05/02/2018, às 12h07

Reprodução/RecordTV

Rodrigo Faro e Jojo Todynho no Hora do Faro de domingo (4): sucesso no Ibope - Reprodução/RecordTV

Rodrigo Faro e Jojo Todynho no Hora do Faro de domingo (4): sucesso no Ibope

Com a participação especial da funkeira Jojo Maronttinni, mais conhecida como Jojo Todynho, o Hora do Faro marcou 11,1 pontos na Grande São Paulo no domingo (4). Além de ser a maior audiência do programa de Rodrigo Faro desde 29 de outubro do ano passado, a atração da Record ainda humilhou a da concorrente: o programa de Eliana Michaelichen registrou apenas 5,5 pontos em sua exibição no SBT. O Domingo Show, de Geraldo Luis, também foi bem na audiência: marcou 7,4 pontos com uma vovó dançarina e a história da atriz e apresentadora Leila Cravo, que foi encontrada nua na frente de um motel badalado do Rio de Janeiro em 1975 e caiu em desgraça. Na faixa do Domingo Show, o SBT marcou 5,7 pontos com os programas Mundo Disney, Domingo Legal e o início do Eliana.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

R.I.P. Loureiro

REDAÇÃO - Publicado em 03/02/2018, às 14h36

Reprodução/Globo

Oswaldo Loureiro em cena de Uga Uga (2000); ator participou de vinte novelas - Reprodução/Globo

Oswaldo Loureiro em cena de Uga Uga (2000); ator participou de vinte novelas

Morreu neste sábado (3), aos 85 anos, o ator e diretor Oswaldo Loureiro. Ele estava internado no Hospital São Luiz, em São Paulo, e a causa da morte não foi informada pela família. Loureiro sofria de Alzheimer e estava afastado das atividades profissionais desde 2011. Com 62 anos de carreira, ele fez mais de vinte novelas na Globo, como Véu de Noiva (1969), Roque Santeiro (1985), Que Rei Sou Eu? (1989) e Pecado Capital (1998). Também atuou em 30 filmes e mais de 140 peças de teatro. Como diretor, trabalhou na novela Cuca Legal (1974), na série O Bem-Amado (1980-1985), em Os Trapalhões (1982-1988) e no programa de variedades Batalha dos Astros (1983). Sua última novela foi A Lua Me Disse, em 2005. O corpo de Loureiro será velado e cremado em um cemitério em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Link direto:

+ Lidas

Redes sociais

Últimas notícias